SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seConectar-se

O Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns se desviarão da fé e darão ouvidos a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios; 1 Timóteo 4:1

ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
28 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 27 Visitantes :: 2 Motores de busca

M.Rogério

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» Frase do dia.
Ontem à(s) 09:27 por Henrique

» Minuto com Deus!!!
Ontem à(s) 00:59 por Paulo Cezar

» Escola biblica mes de Junho. Tema a volta de Jesus Cristo.
Dom 17 Jun 2018, 10:54 por jairo nuness

» Novo estudo favorece o criacionismo ao dizer que 90% das espécies surgiram ao mesmo tempo
Qui 14 Jun 2018, 20:58 por Henrique

» SERÁ ASSIM QUE O IMPÉRIO ROMANO VAI RESSURGIR?
Qua 13 Jun 2018, 22:07 por Henrique

» DIA DOS NAMORADOS. Então, o que é o namoro, o que a Bíblia diz sobre isso?
Ter 12 Jun 2018, 20:11 por Henrique

» SALA ESPECIAL DOS LOUVORES
Seg 11 Jun 2018, 20:28 por M.Rogério

» Por que foi necessário que Cristo, o Redentor, morresse?
Seg 11 Jun 2018, 18:45 por Henrique

»  URGENTE! O TERCEIRO TEMPLO VAI SER RECONSTRUÍDO EM BREVE!
Dom 10 Jun 2018, 14:02 por jairo nuness

» Escola biblica referência mês de junho. Tema apostasia.
Dom 10 Jun 2018, 13:57 por jairo nuness

» O Perigo da Apostasia - Paul Washer
Sab 09 Jun 2018, 23:20 por Henrique

» "A Doutrina da Reencarnação em Hebreus 11:35."
Qua 06 Jun 2018, 21:37 por M.Rogério

» Tópico Exclusivo Pregações
Qua 06 Jun 2018, 21:30 por M.Rogério

» Como Jesus Pode Ser Deus e Homem?
Qua 06 Jun 2018, 21:02 por M.Rogério

» Levantando os abatidos
Seg 04 Jun 2018, 20:57 por M.Rogério

» O CASO DOS PORCOS POSSUÍDOS
Seg 04 Jun 2018, 18:26 por Henrique

» Escola biblica referência mês de junho. Lição 1 - Heresias.
Dom 03 Jun 2018, 11:16 por jairo nuness

» Existência da Embaixada Palestina no Brasil é questionada por Feliciano:“Não possui status de Estado
Sab 02 Jun 2018, 21:45 por Henrique

» Alerta Brasil.
Sab 02 Jun 2018, 21:22 por Henrique

» Aviso para Marcelo Almoedo
Sab 02 Jun 2018, 21:09 por Henrique

» Por que o Redentor tem de ser verdadeiramente humano?
Qui 31 Maio 2018, 17:56 por Henrique

» HOJE ANIVERSÁRIO DE NOSSO IRMÃO JAIRO!
Ter 29 Maio 2018, 18:25 por guganic

» Sendo Cristão vc é a favor ou contra a paralisação dos caminhoneiros?
Seg 28 Maio 2018, 02:45 por guganic

» Ela teve uma visão foi arrebatada e viu o paraiso e o inferno e foi curada.
Dom 27 Maio 2018, 12:35 por jairo nuness

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

 A CASA DESFEITA. II Co.5.1 (A DECOMPOSIÇÃO DO CORPO)

Ir em baixo 
AutorMensagem
guganic

avatar

Mensagens : 2146
inscrito em : 08/08/2011

MensagemAssunto: A CASA DESFEITA. II Co.5.1 (A DECOMPOSIÇÃO DO CORPO)   Qua 30 Jan 2013, 01:25

A CASA DESFEITA

II Co. 5.1
Sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos da parte de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus.

Fica claro por este versículo que o nosso corpo físico é apenas o invólucro da alma e do nosso espírito e templo do Espírito Santo.

Há uma grande possibilidade desta habitação, (nosso corpo) perder sua validade, o desenlace da alma com o nosso corpo.

E em havendo o desenlace o que resta de nós, sobre a terra, materialmente falando? Apenas um corpo inerte, porém ainda não desfeito.

Por ter perdido a validade o nosso corpo inerte não serve mais para ser santuário de Deus nem templo do Espírito Santo.

Está escrito (I Co. 3.16) que somos santuário de Deus e nosso corpo (I Co. 6.19) Santuário do Espírito Santo.

Depois de nos ser apresentado este maravilhoso quadro de nossas vidas (santuário de Deus e do Espírito Santo) nos vem à pergunta do salmista:

Sl. 144.3
Senhor, que é o homem para que dele tomes conhecimento? E o filho do homem para que o estimes?

E o salmista chega a uma conclusão lógica:
Vs.4
O homem é como um sopro; os seus dias, como a sombra que passa.

Um sopro geralmente é de curta duração e assim como uma sombra, passa rapidamente.

Um sopro e uma sombra não têm memória e não serve para prender a atenção de ninguém por muito tempo.

Is. 40.6
Uma voz (Deus) diz: clama; e alguém (Isaias) pergunta: Que hei de clamar? (E a resposta é: clama que:) Toda a carne é erva, e toda sua glória como a flor da erva.
Vs.7
Seca-se a erva e caem as flores, soprando nelas o hálito do Senhor. (O vento). Na verdade o povo é erva.
Vs.8.
Seca-se a erva, e cai a sua flor, mas a palavra de nosso Deus permanece eternamente. (I Pd. 1.24).

Mesmo com o nosso desenlace a palavra do Senhor que nos foi dada em vida continua tendo validade e se cumprirá, assim como nos foi dito.

Está escrito (I Co. 15.53) que: convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade.

Jo. 5.25
Em verdade, em verdade vos digo que vem a hora, e já chegou a que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus; e os que a ouvirem, viverão.
Vs.28.
Não vos maravilheis disto, porque vêm à hora em que todos os que se acham nos túmulos, ouvirão a sua voz e sairão.

Esta palavra foi nos dada em vida e terá que se cumprir em nossas vidas mesmo que estejamos nos túmulos.

Cumprir-se-á para o bem (Jo. 5.29) a ressurreição da vida; ou para o mal, a ressurreição do juízo final.

I Ts. 4.16
Porquanto, o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro.

Como a palavra de nosso Deus permanece eternamente, ela se cumprirá na erva murcha, à erva seca o corpo inerte e desaparecido sob a terra, a sepultura.

Mesmo após a nossa morte, o nosso corpo passa por várias mudanças radicais.

Quando o coração para de bater, as células do corpo e os tecidos param de receber oxigênio.

As células cerebrais entre três e sete minutos já estão todas mortas... São as primeiras a morrer.

O cérebro se dissolve, vira uma pasta grudenta e começa a ser expelido pelas narinas.

Ossos e células da pele sobrevivem ainda por diversos dias.

O sangue começa a ser drenado dos vasos sanguíneos para as partes inferiores do corpo, criando assim uma aparência pálida em alguns lugares e uma aparência mais escura em outros.

Três horas após a morte, começa o rigor mortis, que é o endurecimento dos músculos.

Após 12 horas, o corpo esfria e dentro de 24 horas (dependendo da gordura corporal e das temperaturas externas) perde todo o calor interno em um processo chamado algor mortis.

Depois de 36 horas, o tecido corporal começa a perder sua rigidez e, dentro de 72 horas, a rigidez cadavérica diminui.

Conforme as células morrem, as bactérias dentro do corpo começam a desintegrá-lo.

Enzimas no pâncreas fazem com que o órgão se dissolva sozinho.

O corpo logo assume uma aparência horrível e começa a cheirar mal.

Tecidos em decomposição liberam uma substância esverdeada e gases como metano e sulfeto de hidrogênio.

Os pulmões expelem um fluído pela boca e pelo nariz.

Insetos e animais certamente percebem tais sinais. O corpo humano oferece alimento e é um ótimo lugar para depositarem seus ovos.

Uma mosca pode se alimentar bem com um cadáver e depois liberar até 300 ovos sobre ele, gerando crias em um dia.

Os gusanos - larvas que nascem destes ovos - são extremamente eficientes e carnívoros.

Começando pela parte externa do corpo onde nascem às larvas, as mesmas usam ganchos na boca para sugar os fluídos que escorrem do cadáver.

Depois de um dia, as larvas entram no segundo estágio de suas vidas, cavando para dentro do cadáver.

Em menos de sete dias bilhões de larvas já comeram 60% do corpo e em mais alguns dias só sobra cabelos dentes e ossos limpos.

Esta é a casa desfeita a casa terrestre deste tabernáculo que foi desfeita. Não importa a idade de quem morreu.

Como pode então diante deste quadro estarrecedor, um morto ouvir a voz de Cristo e sair do túmulo?

Só pelo poder do Espírito Santo de Deus e pela Palavra do próprio Deus que nos foi dada através de Jesus Cristo.

Rm. 8.11
E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita.

Isto já aconteceu uma vez e voltará a acontecer. Quando o véu do santuário se rasgou em duas partes, (Mt. 27.51-53) federam-se as rochas, os sepulcros se abriram e muitos corpos de santos que dormiam ressuscitaram.

Para Deus mesmo que haja decomposição do corpo físico, a casa tenha sido desfeita por completo, ainda assim a morte do salvo é só um sono.

Isto significa dizer que os que dormem terão de acordar e este acordar se dará quando a trombeta de Deus ressoar. (I Co. 15.52).

E os que morrem sem Cristo? Perdidos para todo sempre.

Guganic
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A CASA DESFEITA. II Co.5.1 (A DECOMPOSIÇÃO DO CORPO)
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» A CASA DESFEITA. II Co.5.1 (A DECOMPOSIÇÃO DO CORPO)
» Na casa do meu Pai há muitas moradas.
» O ensino em casa seria melhor para criança?
» Casa quadrada - (área exterior)
» MENSAGEM ; Põe em ordem a tua casa porque morrerás, e não viverás.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM ESTUDOS BÍBLICOS-
Ir para: