SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seConectar-se

Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 6:23

ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
28 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 27 Visitantes :: 1 Motor de busca

goime

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» Lazaro: Eu Te Amo Tanto [DVD Completo / Qualidade original]
Ontem à(s) 12:37 por jairo nuness

» Escola biblica novembro Aprendendo a viver em tempos difíceis
Ontem à(s) 12:30 por jairo nuness

» UM MONUMENTO À DESOBEDIÊNCIA -Lc.17.32-
Sex 09 Nov 2018, 10:28 por guganic

» O céu é ganhado a força?
Ter 06 Nov 2018, 18:41 por M.Rogério

» Discurso emocionante
Dom 04 Nov 2018, 13:50 por guganic

»  A perseverança na fé nos tempos difíceis.
Dom 04 Nov 2018, 13:12 por jairo nuness

» E.B. Tema: DISSE JESUS: EU SOU A PORTA! II Semestre outubro de 2018 Pt IV
Sab 27 Out 2018, 22:33 por guganic

» “Sou cristão”, diz Haddad; Em entrevista ao Roda Viva, candidato citou versículo fake
Sab 27 Out 2018, 15:04 por Henrique

» Evangélico morre após ser espancado por eleitores de Haddad em Fortaleza
Qui 25 Out 2018, 17:56 por Henrique

» 6 princípios para votar como um cristão
Qua 24 Out 2018, 21:41 por Henrique

» E.B. Tema: DISSE JESUS: EU SOU A VIDA! II Semestre outubro de 2018 Pt III
Sab 20 Out 2018, 20:19 por guganic

» Islâmicos pedem o enforcamento de cristã que questionou a crença em Maomé, no Paquistão
Ter 16 Out 2018, 21:04 por M.Rogério

» O que devemos orar?
Ter 16 Out 2018, 20:56 por M.Rogério

» A Crescente Crise por trás da História Evangélica de Sucesso no Brasil
Ter 16 Out 2018, 20:46 por M.Rogério

» O Papel da Lei na Evangelização
Ter 16 Out 2018, 20:39 por M.Rogério

» E.B. Tema: DISSE JESUS: EU SOU A VERDADE! II Semestre outubro de 2018 Pt II
Sab 13 Out 2018, 12:03 por guganic

» O que é a Oração do Senhor?
Seg 08 Out 2018, 21:00 por Henrique

» E.B. Tema: DISSE JESUS: EU SOU O CAMINHO! II Semestre outubro de 2018 Pt I
Sab 06 Out 2018, 07:25 por guganic

» 13 razões porque não vou votar no PT
Ter 02 Out 2018, 08:19 por Henrique

» ESCOLA BÍBLICA - AS VIAGENS MISSIONÁRIAS DE PAULO! A Terceira e a Quarta! (Aula 4 - Setembro/2018)
Dom 30 Set 2018, 19:57 por B.V.

» Líderes evangélicos lançam manifesto pedindo que fiéis apoiem candidatos conservadores
Sex 28 Set 2018, 21:17 por Henrique

» Columa50 Seja bem vindo.
Qui 27 Set 2018, 23:51 por guganic

»  A CONTRADIÇÃO E O CAMINHO DE CORÉ. Nm.16.(Uma palavra pastoral)
Qui 27 Set 2018, 23:43 por guganic

» ESCOLA BÍBLICA - AS VIAGENS MISSIONÁRIAS DE PAULO! A Segunda! (Aula 3 - Setembro/2018)
Qua 26 Set 2018, 21:20 por B.V.

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

 O PROGRESSO ESPIRITUAL DO JUSTO - Fp. 3.13,14 -

Ir em baixo 
AutorMensagem
guganic

avatar

Mensagens : 2159
inscrito em : 08/08/2011

MensagemAssunto: O PROGRESSO ESPIRITUAL DO JUSTO - Fp. 3.13,14 -   Ter 15 Ago 2017, 13:06

                     
               O PROGRESSO ESPIRITUAL DO JUSTO
                                       Fp. 3.13,14




Fp.3.13
Irmãos, quanto a mim, não julgo tê-lo alcançado; mas uma coisa eu faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão,
Vs.14
Prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo.
 
Por mais santo ou mais consagrado alguém se intitule ser, esse alguém não poderá prosperarar na fé, vivendo de recordações; sejam elas boas ou más recordações.
 
Quem anda voltando sempre ao passado (olhando para trás) sempre acaba azedando o presente. – Esquecendo-me das coisas que para trás ficam –
 
O inimigo de nossas almas é especialista em afetar a mente humana, pois ele sabe que ela é fundamental para vivermos um bom relacionamento com Deus.
 
Saulo consentiu com a morte de Estevão, ou seja, tinha poderes para livrar Estevão da morte mais não o livrou. (At.8.1,3) Saulo era um perseguidor contumaz e inveterado da Igreja de Cristo.
 
Imagine agora, o conflito que Paulo ia viver se depois de transformado pelo Evangelho de Cristo ficasse se culpando da morte de Estevão e até de outros que ele encarcerou e quem sabe até, não consentiu ou os matou?
 
Nunca ele ia prosperar na fé e nem na graça com lembranças agora tão amargas e dolorosas; se Saulo, agora Paulo se tornasse um refém da sua própria mente o Diabo ia tirar partido dele para o resto da vida.
 
Provavelmente Paulo se tornaria um imprestável para a obra de Deus.
 
Se o inimigo tem soprado mentiras na tua mente, ou na mente de teus filhos dizendo que essa situação não tem mais jeito? Não acredite não; tem jeito sim! Pois está escrito na Bíblia que tudo é possível ao que crê. (Mc.9.23)
 
“Esquecendo-me das coisas que para trás ficam” – Não importa se foi uma bênção ou uma maldição, o que passou, passou; pois o nosso Deus é um Deus de coisas novas.

Se tivermos de visitar o nosso passado, que seja uma visita a uma situação que nos sirva de edificação para o nosso presente; caso contrário nós nunca prosperaremos na fé na graça e na confiança.
 
Nos dias dos reis de Judá, vinda lá de um passado distante, a serpente de bronze levantada no deserto (Nm. 21.6/9) que foi uma bênção naquela época, agora estava azedando o presente de toda uma nação.
 
Mas nos dias em que o Senhor levantou o rei Ezequias, este percebeu que Judá só prosperaria na presença do Senhor se si livrasse da serpente de bronze (Neustã) e a colocou a baixo. (II Rs.18.3,4)
 
O que setecentos anos antes fora um meio de cura havia se tornado um ídolo adorado pelo povo. 
 
Querendo perpetuar na memória do povo a vitória de Deus sobre os midianitas, Gideão achou de confeccionar um manto sacerdotal todo ele feito em ouro; a famosa “Capa de Gideão”. (Jz.8.27)
 
Está escrito que todo o Israel prostitui-se, fazendo da capa um objeto de adoração; e veio a ser uma armadilha um laço para Gideão e sua família.
 
A capa ou éfode sacerdotal que Moisés confeccionara, nos dias de Gideão já estava muito surrada, envelhecido pelo tempo.
 
E como na época dos juízes cada qual fazia o que queria, pois não havia rei e a palavra de Deus era mui rara, Gideão, com a intenção de tirar os sacerdotes da hibernação espiritual, confeccionou tal aparato.
 
Gideão deu com os burros n’água; os sacerdotes continuaram hibernando na fé e a capa virou um apetrecho de adoração um objeto idólatra.

É evidente que agindo assim, fica impossível prosperar na graça na fé e na confiança que há em Deus
 
Particularmente falando o apóstolo Paulo sabia que era um homem de grandes realizações espirituais e de fé.
 
Pelas mãos de Paulo, (At.19.11,12) Deus fazia milagres extraordinários, a ponto de levarem aos enfermos lenços e aventais do seu uso pessoal, diante dos quais as enfermidades fugiam das suas vítimas.
 
Assim como nós, Paulo sabia que precisava viver em novidade de vida.

Nada melhor do que esquecer o passado de derrotas e desventuras vivendo com Deus no presente, e de olhos num futuro glorioso na Pessoa de Cristo.
 
O apóstolo Paulo nos deixou bem claro que o progresso espiritual é uma característica dos justos. -A Bíblia afirma que o justo segue o seu caminho (Jó 17.9) e o puro de mãos vai crescendo mais e mais em força.
 
 – O nome disto é progresso espiritual.
 
Também está escrito que os justos (Sl. 84.7) vão indo de força em força, até cada um deles aparecer em Sião perante Deus. – Sião é um símbolo agudo da Sala do Trono ou Santo dos Santos.
 
A Bíblia diz (Pv.4.18) que a vereda dos justos é como o caminho da aurora que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito, ou seja dia claro.
 
-Quem caminha deste jeito não tem tempo, não pode, e nem deve olhar para trás- Quer olhar para algum lugar?  Faça como Estevão olhe para o céu (At.7.55) e verás a gloria de Deus.
 
A profecia bíblica diz que o justo (Sl. 92.12) florescerá como a palmeira, crescerá como o cedro do Líbano.
 
– A palmeira é uma árvore bela, poderosa, frutífera e útil; fica firme em lugares mais difíceis; lugares em que outras árvores não resistiram tanto.
 
O cedro do Líbano também é outra árvore poderosa, tão resistente que pode durara até dois mil anos.
 
O Cedro do Líbano cresce nos picos perigosos das montanhas desafiando as tempestades que outras árvores certamente não resistiriam tanto.
 
A que conclusão nós chegamos? Que o justo realmente é a prova de fogo e tempestades. – Depois de tão gloriosas promessas cabe ao justo meditar nelas, ocupar-se nelas como disse Paulo a Timóteo:
 
Medita estas coisas, ocupa-te nelas, (I Tm 4.15) para que o teu progresso seja manifesto a todos.
 
Antes da morte de Cristo, (Mq.7.18,19) o Senhor Deus perdoava o seu povo e fazia questão de esquecera a iniqüidade de cada um deles; e ainda lançava todos os pecados deles no mar do esquecimento.
 
Isto era para que ninguém vivesse prezo a um passado de derrota.

Hoje Deus perdoa os nossos pecados e com base no sangue de Jesus todos os nossos pecados são removidos e não mais encobertos como dantes.
 
Nosso passado triste de pecados e de derrotas não são para serem varridos de nossas vidas e colocados embaixo do tapete; agora não.
 
Hoje os nossos pecados são varridos e lançados fora; daí é só correr para o abraço e ser feliz com Jesus
 
 
 
Guganic
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O PROGRESSO ESPIRITUAL DO JUSTO - Fp. 3.13,14 -
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Depressão: Um problema de ordem espiritual e/ou psíquico?
» sobre a morte espiritual do crente
» A SAÚDE ESPIRITUAL (Jo.10.10) VIDA ABUNDANTE (Lição 1)
» > CEIA: O pão e o vinho da ceia são uma espécie de alimento espiritual?
» UM ESTUDO SOBRE UM SERVO FIEL E JUSTO,JÓ (liçao 2)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM ESTUDOS BÍBLICOS-
Ir para: