SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seLogin
Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. ” Gálatas 2:20
ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
10 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 10 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» Minuto com Deus!!!
Ontem à(s) 02:13 por Paulo Cezar

» AFINAL COMEMOREMOS O NATAL OU NÃO?
Ter 06 Dez 2016, 12:54 por Henrique

» Eu não posso viver sem ti adorar!
Seg 05 Dez 2016, 19:35 por M.Rogério

» NEEMIAS, O HOMEM MAIS IMPORTANTE DO REINO - Ne. 2.1-8. -
Seg 05 Dez 2016, 12:10 por jairo nuness

» Pedi, e dar-se-vos-á. (Mateus 7.7) DEVOCIONAL
Seg 05 Dez 2016, 09:34 por Henrique

» Deus é quem criou o diabo ?(mas sobre predestinação)
Dom 04 Dez 2016, 18:27 por B.V.

»  MOVIDOS PELA GRAÇA At.4.32-35
Dom 04 Dez 2016, 15:21 por guganic

»  Fiquei sobremodo alegre pela vinda de irmãos e pelo seu testemunho da tua verdade... DEVOCIONAL
Sex 02 Dez 2016, 09:43 por Henrique

» 30 LOUVORES QUE EDIFICAM PARA OUVIR EM 2017 - As Melhores Músicas Gospel
Qui 01 Dez 2016, 20:28 por Paulo Cezar

» Musicas Gospel para ouvir , Orar e Meditar.
Qui 01 Dez 2016, 20:27 por Paulo Cezar

» VERSICULO DO DIA
Qui 01 Dez 2016, 16:27 por Paulo Cezar

» FILHOS NUMA TERRA DISTANTE Lc. 15.11-16
Qua 30 Nov 2016, 12:29 por guganic

» Pastora Sarah Sheeva “zera” as redes sociais com post sobre seus “10 anos sem ver aquilo maravilhoso
Qua 30 Nov 2016, 08:23 por Henrique

» Frase do dia.
Ter 29 Nov 2016, 20:32 por M.Rogério

» O mal uso da internet
Ter 29 Nov 2016, 20:27 por M.Rogério

» O Evangelho não é algo a ser pregado somente aos escolhidos, mas a TODOS os homens.
Ter 29 Nov 2016, 19:59 por M.Rogério

» Dom de línguas
Ter 29 Nov 2016, 10:37 por salomão

» ESCOLA BÍBLICA, PRIMEIRA PARTE, NOVEMBRO A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO.
Ter 29 Nov 2016, 07:53 por Henrique

» Escola Bíblica, Novembro. Segunda parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:51 por Henrique

» A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO. Comentários
Ter 29 Nov 2016, 07:40 por Henrique

»  Escola Bíblica, Novembro. Terceira parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:34 por Henrique

» A origem do dia de sábado
Sex 25 Nov 2016, 20:35 por salomão

» A VERDADEIRA LIBERDADE - Para proclamar libertação aos cativos. (Lucas 4.18) DEVOCIONAL
Sex 25 Nov 2016, 10:22 por Henrique

» O ÚNICO MANDAMENTO (Jo. 2.1-11) ... DE MARIA.
Qui 24 Nov 2016, 15:53 por guganic

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

 O QUÊ É PREGAR Á TODA CRIATURA? Mc.16.15-18.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
guganic



Mensagens : 2018
inscrito em : 08/08/2011

MensagemAssunto: O QUÊ É PREGAR Á TODA CRIATURA? Mc.16.15-18.   Qui 19 Fev 2015, 13:34

O QUÊ É PREGAR A TODA CRIATURA?
                             Mc. 16.15-18.


Mc. 16.15
Enquanto estiverdes indo pelo mundo inteiro proclamai o Evangelho a toda criatura.
 
Não fiz nenhuma pesquisa ou enquete a respeito, mais creio que depois de João três dezesseis e o salmo vinte e três, a porção bíblica mais citada na terra deva ser esta: Ide e pregai o evangelho a toda criatura.
 
Segundo a Bíblia (Gn. 1.21) Deus criou os grandes animais aquáticos e os demais seres vivos. Logo, todos é criação de Deus também denominada e reconhecida: criatura de Deus.
 
Às vezes me debato com certos comentários bíblicos que leio e outras vezes, escuto também, comentários de pessoas tidas e também havidas como “teólogos” renomados, “pais” da igreja, professor, cientista bíblico...
 
Que me deixa de cabelos arrepiados. Não sei se tais comentários são feitos de ma fé, ou por conveniência, ou até mesmo por falta de competência em entender o que está escrito.
 
Por outro lado também entendo que devido à multiplicidade de traduções bíblicas bastante distanciadas dos textos originais e que por muitas vezes isto também é por conveniência ou ma fé ou incompetência também.
 
Muitos cometem alguns absurdos em suas interpretações “cognominadas” de “bíblicas” e irretocáveis.
 
Marcos dezesseis do verso quinze ao verso dezoito, por exemplo, consta na minha relação de “interpretações absurdas” por parte de alguns que eu não sei se é por ma fé, conveniência ou incompetência.
 
Ide por todo mundo” é bem diferente de: “enquanto estiverdes indo pelo mundo”. Concordas?
 
Ide por todo mundo é uma obrigação. Enquanto estiverdes indo? É uma condição.
 
Enquanto estou indo pelo mundo devo pregar a toda criatura certo? Certo.
Pois é isto que está escrito.
Numa interpretação de ma fé vou te perguntar: Devo pregar a um elefante já que estou fazendo um safári na África e o elefante é uma criatura?
 
Devo pregar para o meu cavalo já que ele é uma criatura?Ou para um bando de galinhas?Já que são minhas?
 
Certamente se você não me tachar de inconsequente ou uma coisa pior, vai querer sair pela tangente alegando que criatura é gente, e não um ser diferente: um animal irracional.
 
Interpretação ou tradução de conveniência é aquela que é feita por conta do partidarismo ou religioso ou denominacional ou pessoal.
 
 A “Tradução do Novo Mundo das Sagradas Escrituras” de uma determinada organização religiosa ou denominacional é uma prova disto.
 
“Indo pelo mundo inteiro proclamai o Evangelho a toda criatura”.
 
Creio que você já percebeu que não dá para se ir ao mundo inteiro e nem se pregar à toda criatura.
 
Mas dá para onde você estiver indo aqui neste mundo, independente do meio de transporte, pregar a algumas criaturas que obrigatoriamente devem ser seres humanos. – Sei que isto não é uma grande descoberta –
 
Geralmente a interpretação de conveniência ou a interpretação de ma fé ou pessoal, busca interpretar ao “pé da letra”; ainda que saibam que a mesma (a letra) mata.
 
 
Mc. 16.16.
Aquele que crer e for batizado será salvo. Todavia quem não crer será condenado.
 
Conheço um pastor (Há vinte anos não o vejo) que assim que as crianças completavam doze anos eram logo batizadas nas águas.
 
Algumas crianças eram obrigadas forçadas; outras os pais não permitiam e o referido pastor com toda pompa de “ungido de Deus” afirmava: sem batismo não há salvação.
 
Isto é mais um exemplo de interpretação por conveniência ou de cunho pessoal; para constar nas estatísticas de “igrejas” que mais cresce. 
Há uns dez anos atrás um jovem morreu afogado, uma semana depois de descer ás águas.
O pastor todo prosa na hora das considerações finais da reunião fúnebre declarou: graças a Deus que deu tempo de se batizar.
 
Quer dizer que: se o batismo nas águas ou o batismo no Espírito Santo é que é a garantia da nossa salvação eu posso declarar sem medo de errar que Jesus fez a maior besteira do mudo: morreu de bobeira.
 
Tudo porque está escrito: Aquele que crer e for batizado será salvo.
 
Tem tanta gente que se batiza por conveniência; outros são convencidos a isto. Jesus disse a um dos ladrões: Hoje mesmo estarás comigo no paraíso.
 
Jesus não exigiu que o ladrão descesse da cruz procurasse um apóstolo para batizá-lo e depois o levar para o paraíso.
 
Ensinar e afirmar que alguém só é salvo se for batizado nas águas ou no Espírito Santo é anular a morte vicária de Cristo e o Seu sangue.
 
“Todavia quem não crer será condenado”.
 
Batizado nas águas ou não? Quem não crê na Pessoa Bendita de nosso Senhor Jesus Cristo como Senhor e Salvador e Mestre? Será condenado.
 
Alguém poderá se batizar quantas vezes quiser que isto não fará diferença: Será condenado. Aí tem tradução que diz: Já está condenado.
 
Este “já está condenado” É o trunfo na manga, o carro chefe dos muitos interprete da conveniência ou má fé.
 
O batismo nas águas é diferente do batismo com o Espírito Santo; não há como alguém, ser batizado com o Espírito Santo se não crer em Jesus como diz as Escrituras.
 
Alguém também pode crer em Jesus como diz as Escrituras e nem por isto ser batizado com o Espírito Santo.
 
Isto é uma questão de foro íntimo; porém se crê em Jesus e não crer no batismo com o Espírito Santo não será condenado por isto, pois o Espírito Santo não morreu por ninguém em lugar algum; mais Jesus morreu.
 
Alguém pode se batizar nas águas e não ter salvação porque o tal batismo foi só uma formalidade e não um ato de arrependimento de seus pecados.
Mc.16.17
E estes sinais acompanharão aos que crerem: em meu nome expulsarão demônios; em línguas novas falarão.
 
“Estes sinais acompanharão aos que crerem”.
 
Crerem em quem? Crerem em quê? No batismo nas águas? Ou crer no batismo com o Espírito Santo? - Resposta: em nenhum dos dois.
 
Acompanharão aos que crerem no nome daquele que morreu na cruz do Calvário: Jesus o Filho de Deus.
 
Só o nome Dele o nome de Cristo é que é sobre todos os nomes. (At.4.12) Nome dado entre os homens pelo qual devamos ser salvos
 
Crerem que os sinais os acompanharão porque foram batizados nas águas e no Espírito Santo? Não.
 
Crerem que os sinais os acompanharão por crerem na Pessoa do Filho.
 
“Em meu nome expulsarão demônios; em línguas novas falarão”.
 
A lista dos sinais e obras que podem ser realizados por aqueles que creem na Pessoa Bendita de Jesus é extensa; porem aqui foi listado apenas cinco que são possibilidades e não imposição.
 
Mais os interpretes de conveniência, ou de ma fé ou de acordo com a sua política partidária denominacional faz como lhes convém.
 
Primeiro: a ordem das parcelas não altera o produto, ou seja, a ordem da lista de sinais que deve acompanhar aos que creem não depende de uma ordem cronológica. Esta lista é só a título de informação.
 
Porque se assim fosse o primeiro item deveria ser: falar em novas línguas.
 
Porém quem interpreta esta lista por razões não simplesmente espirituais, ver na mesma, uma imposição e uma obrigação, sendo que quando se trata do falar novas línguas?
 
Eles não creem em tal possibilidade por razões claras, denominacional e também pessoal.
 
“Em meu nome expulsarão demônios”.
Ninguém tem obrigação de expulsar demônios; mas se expulsar só conseguirá se for em nome de Jesus (Mt.10.8.) ou por força de Belzebu o maioral dos demônios. (Mt.12.24).
 
Como Satanás não tem o seu reino dividido (Lc.11.18.),aqueles que  creem em Jesus só expulsará em nome de Jesus.
 
Se você o expulsar é uma prova que o referido sinal o acompanha porque você crer na Pessoa e no nome de Jesus.
 
Falarão novas línguas – Falar novas línguas não é doutrina normativa mais é fundamental para quem crer em Jesus como diz as Escrituras.
 
Também não está escrito que se deve viver falando línguas como sinal que alguém (ou você) crê em Jesus.
 
Mas o falar em línguas ou novas línguas é uma prova que aquele que fala este sinal o acompanha porque ele crer em Cristo.
 
“Pegarão em serpentes com a mão”.
 
Ainda bem que é com as mãos e não com os pés ou os dentes. Pegar serpentes não é dever, obrigação ou imposição e sim uma possibilidade.
 
Mesmo que o crente trabalhe no Butantã seria loucura pegar serpentes com as mãos limpas.
 
Mas para os interpretes da conveniência, aqui eles têm um prato cheio para destilar ou derramar suas palavras e ideias venenosas.
 
Jesus não mandou e nem manda ninguém pegar em serpentes; também não obriga nem obrigou pessoa alguma falar novas línguas.
 
Falar novas línguas, expulsar demônios e também pegar serpentes não são mandamentos para salvação nem regra de fé para senhor ninguém.
 
Mas para os observadores da obra você será um perfeito alvo às criticas de fundo carnal se não os realizar.
 
Por outro lado se você falar novas línguas continuará sendo um alvo perfeito tanto quanto não pegar serpentes.
 
Porque falar novas línguas segundo estes foi só no dia de pentecostes.
“Se algo mortífero beberes”.
 
Gente isto não é uma ordem para alguém beber algo mortífero mais é uma possibilidade não deliberada e sim por acidente. O mesmo principio se aplica ao termo: Pegarão serpente.
 
Em 1974 o irmão Alfredo de saudosa memória carregando um molho de capim sobre os ombros sentiu uma picada no polegar e algo enrolado no seu pulso.
 
Ao jogar o capim no chão viu um urutu cruzeiro que estava com as presas cravadas no polegar esquerdo; ele  com a maior tranquilidade sacudiu a bicha de um lado para o outro e ela já caiu morta.
 
Eu sei que para você esta não vale; então leia (At.28.3,4) o que aconteceu com Paulo na Ilha de Malta.
 
Não há nenhuma ordem dada por Jesus por Deus ou por Moisés para alguém sair pegando serpentes.
 
Sejamos honestos com Deus com Seu Filho e com Sua palavra. Não é justo dá interpretações facciosas ou de conveniências.
 
“Se algo mortífero beber” e não “Quando algo mortífero beber”.
 
“Se” é uma possibilidade. “Quando” é uma certeza: é só uma questão de tempo; mais certo ou mais tarde vai beber.
 
“Sobre os enfermos imporão as mãos”.  Assim como expulsar os demônios, curar os enfermos também é mandamento; mas não para salvação.
 
Mt.10.8.
Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai.
 
 
“Sobre os enfermos imporão as mãos”.  
 
Sobre quais enfermos devemos impor as mãos?

Sobre os que pegaram serpentes com a mãos e foram mordidos; sobre os que beberam algo mortífero por acidente e ficaram doentes.
 
Orar e impor as mãos somente sobre estes? Não. Sobre enfermos.

“E eles serão curados” – Nem sempre.
 
 O que é pregar o evangelho a toda criatura?

É pregar sem o partidarismo religioso, sem interpretações de particular elucidação.
 
É pregar o que está escrito na Bíblia e não nos livros que alguém com a força das letras e das teorias humanas costumam pregar.
 
O evangelho de Cristo é como Cristo era na terra; fácil e bem simples de entender.
 
Os homens é que complicam com suas complicadas teorias a fim de dar um ar de intelectualidade ao que é simples e inteligível: o evangelho de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
 
Pregar para todas as criaturas; é pregar para quem está mais perto de você se a oportunidade surgir.
 
Deus que nos abençoe.
 
 
Guganic
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O QUÊ É PREGAR Á TODA CRIATURA? Mc.16.15-18.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» O pregar a toda criatura é para todos os cristaos?
» O QUÊ É PREGAR Á TODA CRIATURA? Mc.16.15-18.
» O evangelho já foi pregado em todo o mundo ??
» Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura.
» O QUE TODA IGREJA DEVERIA PREGAR?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM ESTUDOS BÍBLICOS-
Ir para: