SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seLogin
Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. ” Gálatas 2:20
ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
33 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 33 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
»  Fiquei sobremodo alegre pela vinda de irmãos e pelo seu testemunho da tua verdade... DEVOCIONAL
Hoje à(s) 09:43 por Henrique

» 30 LOUVORES QUE EDIFICAM PARA OUVIR EM 2017 - As Melhores Músicas Gospel
Ontem à(s) 20:28 por Paulo Cezar

» Musicas Gospel para ouvir , Orar e Meditar.
Ontem à(s) 20:27 por Paulo Cezar

» VERSICULO DO DIA
Ontem à(s) 16:27 por Paulo Cezar

» Minuto com Deus!!!
Ontem à(s) 09:52 por Paulo Cezar

» Deus é quem criou o diabo ?(mas sobre predestinação)
Qua 30 Nov 2016, 22:47 por B.V.

» FILHOS NUMA TERRA DISTANTE Lc. 15.11-16
Qua 30 Nov 2016, 12:29 por guganic

» Pastora Sarah Sheeva “zera” as redes sociais com post sobre seus “10 anos sem ver aquilo maravilhoso
Qua 30 Nov 2016, 08:23 por Henrique

» Frase do dia.
Ter 29 Nov 2016, 20:32 por M.Rogério

» O mal uso da internet
Ter 29 Nov 2016, 20:27 por M.Rogério

» O Evangelho não é algo a ser pregado somente aos escolhidos, mas a TODOS os homens.
Ter 29 Nov 2016, 19:59 por M.Rogério

» Dom de línguas
Ter 29 Nov 2016, 10:37 por salomão

» ESCOLA BÍBLICA, PRIMEIRA PARTE, NOVEMBRO A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO.
Ter 29 Nov 2016, 07:53 por Henrique

» Escola Bíblica, Novembro. Segunda parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:51 por Henrique

» A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO. Comentários
Ter 29 Nov 2016, 07:40 por Henrique

»  Escola Bíblica, Novembro. Terceira parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:34 por Henrique

» A origem do dia de sábado
Sex 25 Nov 2016, 20:35 por salomão

» A VERDADEIRA LIBERDADE - Para proclamar libertação aos cativos. (Lucas 4.18) DEVOCIONAL
Sex 25 Nov 2016, 10:22 por Henrique

» O ÚNICO MANDAMENTO (Jo. 2.1-11) ... DE MARIA.
Qui 24 Nov 2016, 15:53 por guganic

» SIMEÃO E A PROFUNDA AFLIÇÃO DE MARIA Lc. 2.25-35
Qui 24 Nov 2016, 15:42 por guganic

» Evangelista Mauro Ferreira , Mensagens aos jovens
Qui 24 Nov 2016, 15:10 por elizeu crepaldi

» Que a Biblia diz sobre batismo pelos mortos.
Qua 23 Nov 2016, 21:20 por Henrique

» Papa estende a todos os padres poder de perdoar aborto
Qua 23 Nov 2016, 21:09 por Henrique

»  O ALFA E ÔMEGA: O PRINCÍPIO E O FIM. Ap.1.8.
Qua 23 Nov 2016, 11:28 por jairo nuness

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

  A CONTRADIÇÃO E O CAMINHO DE CORÉ. Nm.16.(Uma palavra pastoral)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
guganic



Mensagens : 2017
inscrito em : 08/08/2011

MensagemAssunto: A CONTRADIÇÃO E O CAMINHO DE CORÉ. Nm.16.(Uma palavra pastoral)   Sab 05 Out 2013, 03:02

 A CONTRADIÇÃO E O CAMINHO DE CORÉ
        Uma palavra pastoral
 
Nm. 16.1
Coré, filho de Jizar, filho de coate, filho de Levi, tomou consigo a Datã e a Abirão, filhos de Eliabe, e a Om, filho de Pelete, filhos de Rúben.
Vs.2
Levantaram-se perante Moisés com duzentos e cinqüenta homens dos filhos de Israel, príncipes da congregação, eleitos por ela, varões de renome,
Vs.3
E se juntaram contra Moisés e contra Arão, e lhes disseram: Basta! Pois que toda congregação é santa, cada um deles é santo, e o Senhor está no meio deles: por que, pois, vos exaltais sobre a congregação do Senhor.
 
O apóstolo Judas, na sua Epistola Universal nos diz que os ímpios dizem mal do que não sabem (Jd.10,11) e naquilo que naturalmente conhecem como animais irracionais se corrompe.
 
Como exemplo disto, veio á mente do nosso irmão Judas, a pessoa de Caim, Coré e Balaão.
Diz ele concernente aos ímpios e falsos mestres de sua época: ai deles! Porque entraram pelo caminho de Caim e pereceram na contradição de Coré.
 
Coré e seus seguidores estavam a acusar Moisés e Arão de abuso de autoridade, ou abuso de poder.
 
Figuras como Coré andam infestando as igrejas e ministérios nos dias em que estamos vivendo.
 
Muitos caem na contradição de se acharem chamados por Deus para uma obra e a todo custo querem ser notados, lisonjeados e bajulados por isto; e se assim não for? Rebela-se contra a liderança da igreja.
Coré, Datã e Abirão e seus seguidores ignoraram o fato de que Moisés e Arão eram líderes escolhidos por Deus.
 
Disse o Senhor a Moisés: Vem agora e eu te enviarei a Faraó.
 
Vai, pois agora e eu serei coma tua boca; (Ex.3.10-15) Não é Arão, o levita teu irmão? Vendo-te se alegrará em seu coração. Eu serei coma tua boca e com a dele.
 
O caminho de Coré é o caminho da rejeição à autoridade espiritual devidamente constituída por Deus.
 
Coré é o protótipo do obreiro ou do crente que tem tudo para dar certo na obra de Deus. – Mas não dá!
 
É o tipo do obreiro ou do crente que atropela o tempo de Deus em sua vida.
 
Coré é o tipo do crente pretensioso, pensa ser mais que o pastor só porque ás vezes tem um dom ou um “diploma qualquer”.
 

Os que não falta nas igrejas e ministérios hoje são imitadores ou seguidores de Coré e Balaão.
 
Quando cooperadores querem ser diáconos; e, quando diáconos querem ser presbíteros; quando presbíteros querem ser pastores.
 
E quando pastores, não servem para nada! Não consolam, não ensinam não pastoreiam. Só querem mesmo é ficar ricos.
 
Estes elementos caíram em contradição quando começaram a desejar o episcopado, (I Tm. 3.1) pensando ser fonte de lucros.
 
Eles não sabem que um pastor é um homem procurado por Deus, é um homem a serviço de Deus.
 
Pastor é um ministro de Deus, uma dádiva de Cristo (Ef. 4.11) para a Sua Igreja.
Não importa o grau de instrução de um pastor, pois só o Espírito Santo é que forma pastores e mestres para sua obra.
 
Muita gente porque fez uma faculdade ou curso de teologia é classificado de: pastor!

E muitas vezes estar pastor, mas não é um pastor formado pelo Espírito Santo de Deus.
 
Esta tem sido a contradição de muita gente mundo a fora e em muitas igrejas
 
A chamada e o exercício da chamada dependem de Deus, mas os imitadores e seguidores de Coré, não entendem assim.
 
Há pessoas chamadas diretamente por Deus, ou pelo Espírito Santo; há pessoas que são chamadas pelo homem.
 
Há outros que são chamados pela necessidade da obra de Deus, pois os trabalhadores são poucos (Mt. 9.37,38.) a seara é grande.
 
Outros são chamados pelas circunstâncias.

Uma coisa é certa: qualquer chamada que não seja diretamente de Deus ou do Seu Espírito Santo? É paralela; não é original. É bronze não é ouro.
 
Está escrito que Sisaque rei do Egito subiu contra Jerusalém e tomou os tesouros da casa do Senhor (II Cr. 12.9-11) e da casa do rei. Tomaram tudo inclusive os escudos de ouro.
 
Em lugar destes o rei Roboão mandou fazer escudos de bronze e entregou nas mãos dos capitães da guarda que guardavam a porta do rei.
 
Todas as vezes que o rei entrava na casa do Senhor, os da guarda vinham e usava os escudos de bronze e depois tornavam a levá-los para a câmara da guarda. Sabe para quê?
 
Para poli-los! Pois o brilho do bronze só durava três dias e o povo só podia vê-los de longe, pois de perto eles iam perceber que estavam sendo enganados.
 
Não eram os escudos originais, feitos de ouro por Salomão.
 
Todo e qualquer pastor que não foi chamado diretamente por Deus ou pelo Seu Espírito Santo independente do seu grau de instrução?
 
É bronze e só brilha na mídia, diante dos holofotes e bem de longe e assim o povo é enganado.


Insurgir-se contra o pastor da igreja e seu ministério, é rebeldia.



Tem gente que diz assim: eu sigo a Cristo, só obedeço a Bíblia. Não obedeço a homens. Graças a Deus por isto. Mas...
 
Na cabeça destes elementos (cabeça de Coré) o pastor é apenas uma peça figurativa na Igreja; enquanto isto a Bíblia afirma:
 
Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil. (Hb.13.17).

Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, (I Sm.15.23) e o porfiar é como iniqüidade e idolatria.
 
Disse Moisés a Coré: amanhã pela manhã (Nm.16.5) o Senhor fará saber quem é dele e quem é o santo que ele fará chegar a si.
 
Quando Moisés terminou de falar (Nm. 16.31,32) na hora que Deus agiu, a terra se fendeu debaixo dos pés de Coré e os tragou com todos os seus bens.
 
Que Deus tenha misericórdia de ti e a mim não desampare.
 
Que Deus tenha misericórdia de nós.
  
Guganic
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A CONTRADIÇÃO E O CAMINHO DE CORÉ. Nm.16.(Uma palavra pastoral)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» CAMINHO DO GÓLGOTA
» Contradição bíblica? O filho não levará a iniquidade do pai,nem o pai levará a iniquidade do filho
» Menor caminho a percorrer
» a biblia diz;salmos 37-5. Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e o mais ele fará.
» O caminho de DEUS (estreito) o caminho da perdição ( muito largo)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM ESTUDOS BÍBLICOS-
Ir para: