SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seConectar-se

“Tu és o meu Deus; graças te darei! Ó meu Deus, eu te exaltarei! Dêem graças ao Senhor, porque ele é bom; o seu amor dura para sempre”. (Salmos 118:28,29)

ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
27 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 27 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» A BATALHA PARA LEMBRAR
Ontem à(s) 16:40 por Henrique

» EVOLUÇÃO vs DEUS
Sab 19 Jan 2019, 21:38 por M.Rogério

» Como ler a Bíblia e fazer seu devocional em 2019
Seg 14 Jan 2019, 23:22 por M.Rogério

» Deus, o rouxinol e os espinhos
Ter 08 Jan 2019, 22:15 por Henrique

» Identificando a voz do diabo
Dom 06 Jan 2019, 15:01 por M.Rogério

» Pq Deus não responde minhas orações ?
Dom 06 Jan 2019, 14:55 por M.Rogério

» Em 2019 de uma chance a Deus
Dom 06 Jan 2019, 14:54 por M.Rogério

» Feliz ano novo a todos .
Qua 02 Jan 2019, 18:34 por jairo nuness

» Boa tarde! Uma saudação.
Qui 27 Dez 2018, 20:22 por Henrique

» Para quem comemora o natal um feliz natal.
Ter 25 Dez 2018, 11:55 por jairo nuness

» ENTÃO É NATAL...
Seg 24 Dez 2018, 10:25 por Henrique

» Agradecidos Pela Vitória em 2018
Qua 19 Dez 2018, 22:39 por Henrique

» Prova da eleição e da predestinação! os crentes que nunca foram ....
Qua 19 Dez 2018, 17:19 por Xnessax15

» O inimigo sempre se levanta quando Deus tem algo grande pra igreja
Dom 16 Dez 2018, 10:02 por M.Rogério

» Beber bebida alcoolica é pecado?
Dom 16 Dez 2018, 09:59 por M.Rogério

» Hospitalidade: O mandamento negligenciado
Qua 12 Dez 2018, 21:31 por Henrique

» Estudo constata que teologia da prosperidade é uma distorção do Evangelho
Dom 09 Dez 2018, 16:36 por M.Rogério

» Como convencer católicos do pecado da idolatria ?
Dom 02 Dez 2018, 16:13 por M.Rogério

» A arvore de natal me deixa vulnerável ?A melhor explicação que ja ouvi ate hoje!
Sex 30 Nov 2018, 07:36 por M.Rogério

» Onde na Biblia diz que reencarnação não existe?
Sex 30 Nov 2018, 07:29 por M.Rogério

» PT vai buscar influenciar igrejas evangélicas
Qui 29 Nov 2018, 20:58 por Henrique

» O Estado é laico graças a Deus
Ter 27 Nov 2018, 22:04 por Henrique

» Qual origem do homossexualismo?
Ter 27 Nov 2018, 07:18 por M.Rogério

» Dilma e PT fazem aliança com diabo.
Dom 25 Nov 2018, 15:58 por Henrique

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

 Por que o Redentor tem de ser verdadeiramente humano?

Ir em baixo 
AutorMensagem
Henrique

avatar

RELIGIAO : Cristão, denominação: Batista
Masculino Mensagens : 5562
nascido em : 27/01/1961
inscrito em : 09/09/2011
Idade : 57
Localização : São Paulo, capital

MensagemAssunto: Por que o Redentor tem de ser verdadeiramente humano?   Qui 31 Maio 2018, 17:56

.

Por que o Redentor tem de ser verdadeiramente humano?


Para que, em sua natureza humana, pudesse, em nosso lugar, obedecer perfeitamente a toda a lei e sofrer o castigo pelo pecado humano; e também condoer-se de nossas fraquezas.


 HEBREUS 2.17


Por isso convinha que em tudo fosse semelhante aos irmãos, para ser misericordioso e fiel sumo sacerdote naquilo que é de Deus, para expiar os pecados do povo.


COMENTÁRIOS


ATANÁSIO DE ALEXANDRIA
Pois o Verbo, ao perceber que, de outro modo, não seria possível desfazer a corrupção dos homens, exceto pela morte como condição necessária; e, como era impossível ao Verbo sofrer a morte, por ser imortal e Filho do Pai; com esse fim, tomou para si um corpo capaz de morrer, ou seja, ao participar do Verbo, que está acima de tudo, ser capaz de morrer no lugar de todos, e, devido ao Verbo que nele habitava, permanecer incorruptível – assim, a corrupção poderia ser cessada para todos mediante a graça da ressurreição. E, ao oferecer à morte o corpo que ele mesmo tomou, como oferta e sacrifício, livre de qualquer mácula, tirou a morte de todos os seus irmãos pela oferta de um equivalente. Por estar sobre tudo, o Verbo de Deus naturalmente, ao ofertar seu próprio templo e instrumento corpóreo pela vida de todos, satisfez a dívida com sua morte. Assim, ele, o incorruptível Filho de Deus, estando unido a todos pela natureza semelhante, revestiu a todos com sua incorrupção, pela promessa da ressurreição.

THABITI ANYABWILE
Nós, seres humanos, somos de tal modo caídos, e estamos caídos há tanto tempo, que, na verdade, achamos que somos a medida do que significa ser humano. É surpreendente. Dizemos coisas como “errar é humano”. Sem pensar, começamos a definir humanidade em termos desse erro, dessa condição caída, quebrada, incompleta. Mas, se definirmos a humanidade dessa forma, o que dizer em relação a Jesus? O que fazer com Jesus, que toma sobre si nossa humanidade e, mesmo assim, conforme diz a Bíblia, não tem pecado e não erra?

O que vemos em Jesus é a verdadeira humanidade. O que vemos é sua encarnação, sua vida e o ministério terreno, é o que deveria ser a humanidade, aquilo que Adão foi criado para ser, mas que arruinou com seu pecado e sua queda. Conforme Romanos 5 ensina, o primeiro homem, Adão, peca e, por seu pecado, a morte entra no mundo. Mas agora veio o segundo Adão, um verdadeiro Adão, Cristo, que é o verdadeiro homem. O que Cristo faz em sua humanidade é nada menos que surpreendente. Em sua humanidade, ele oferece a Deus tudo que nós devemos a Deus. Em sua humanidade, em sua perfeita obediência aos mandamentos de Deus, ele oferece a Deus a obediência que nós recusamos dar (e não conseguiríamos dar), devido à nossa natureza caída e pecaminosa.

É absolutamente essencial que o que vemos em Cristo seja perfeita justiça, porque ele supre essa justiça em nosso favor. Toda a justiça de que porventura necessitamos está no Filho de Deus, que tomou sobre si nossa carne, nossa semelhança, nossa natureza humana. Ele não apenas supre positivamente essa justiça, como também, sobre a cruz, nosso Salvador morre e paga a pena devida por essa humanidade. Morre em nosso lugar. Mas nós devemos a Deus não somente a justiça; como, agora, não suprimos essa justiça, também devemos a Deus nossas vidas, nossa morte, nosso sangue. Cristo assume nosso lugar e supre, para Deus, o sacrifício em nosso favor que satisfaz as exigências de justiça de Deus, bem como sua justa determinação de punir o pecado.

Assim, a fim de ser para nós o sumo sacerdote perfeito, a fim de ser oferta perfeita, Jesus tinha de ser um de nós. Teve de tomar sobre si nossa natureza e, nela, demonstrar o que é a humanidade, o que ela foi criada para ser — justa diante de Deus, obediente a Deus, adoradora de Deus em todas as coisas, amando-o plenamente. Ele também demonstra o que a humanidade deve ao pagar a pena de nosso pecado sobre a cruz do Calvário. Assim, por ser esse sumo sacerdote, um sumo sacerdote perfeito, que também se condói de nós, conhece nossos sofrimentos, nossas falhas e nossas provações, e os conhece intimamente, pois os experimentou em nossa carne, ele pode olhar a humanidade com simpatia e representar com perfeição a humanidade diante de Deus.

Assim, foi necessário que em tudo ele fosse como nós, mas sem pecar.

-







-
Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho.
Salmos 119:105



Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Por que o Redentor tem de ser verdadeiramente humano?
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» O que é ser verdadeiramente um discípulo e igreja - EXCELENTE!!!
» A morte humana sempre fez parte do plano de Deus?
» Calorimetria
» Fisica moderna
» efeito fooeletrico

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM DOS AMIGOS E ASSUNTOS GERAIS.-
Ir para: