SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seConectar-se

“Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem” Hebreus 11.1

ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
31 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 31 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» Minuto com Deus!!!
Hoje à(s) 02:26 por Paulo Cezar

»  POR QUE DEVO IR A IGREJA?
Ontem à(s) 14:54 por Henrique

» Crislamismo: como a mídia vem tentando convencer que muçulmanos e cristãos adoram o mesmo deus
Dom 23 Abr 2017, 19:55 por Henrique

» CONFIE NO SENHOR, E ORE
Sab 22 Abr 2017, 16:13 por Paulo Cezar

»  Refugiados muçulmanos estão agredindo cristãos nas ruas da Austrália, denuncia pastor.
Sab 22 Abr 2017, 10:19 por Henrique

» Frase do dia.
Sex 21 Abr 2017, 16:41 por Henrique

»  SABE QUEM FOI TIRADENTES?
Sex 21 Abr 2017, 13:59 por Henrique

» O QUE FOI A REFORMA PROTESTANTE? 500 anos da reforma.
Qui 20 Abr 2017, 21:57 por Henrique

»  O QUE FOI A REFORMA PROTESTANTE? 500 anos da reforma. Parte 2
Qui 20 Abr 2017, 21:52 por Henrique

» FALE ÁS SUAS LÁGRIMAS
Qui 20 Abr 2017, 19:56 por Henrique

» Paul Washer pregou para todos no hospital, revela pastor que o visitou
Qua 19 Abr 2017, 21:12 por Henrique

» NÃO VOS ASSEMELHEIS A ELES. Mt.23.
Ter 18 Abr 2017, 23:37 por guganic

» 10 princípios bíblicos para honrarmos a Deus nas finanças
Seg 17 Abr 2017, 20:09 por Henrique

» A Bíblia não é contra as mulheres (Quadrinho)
Seg 17 Abr 2017, 17:40 por Henrique

» Estratégia de evangelizar crianças tem levado famílias muçulmanas inteiras a Cristo, diz missionário
Seg 17 Abr 2017, 12:58 por Henrique

» ESCOLA BÍBLICA - FÉ !!! Definição e exemplos !!! (Aula 2 - Abril/2017)
Sab 15 Abr 2017, 11:41 por B.V.

» Sexta-feira da Paixão: “A morte de Jesus não o torna mártir, e sim o Salvador”, diz Billy Graham
Sex 14 Abr 2017, 23:41 por Henrique

»  A PÁSCOA
Qui 13 Abr 2017, 23:12 por Henrique

» O vinho do grande Rei DEVOCIONAL
Ter 11 Abr 2017, 23:16 por Henrique

» Testemunho Forte e Impactante do Ex Bandido Caveirinha
Ter 11 Abr 2017, 17:05 por Paulo Cezar

» Julgamento da jornalista que acusou Feliciano de estupro
Ter 11 Abr 2017, 07:35 por M.Rogério

» PREDISPOSIÇÕES DA NATUREZA HUMANA. Ex.21.28.-31
Dom 09 Abr 2017, 09:18 por guganic

» Perdendo a fé (Muito bom)
Dom 09 Abr 2017, 01:15 por guganic

» ESCOLA BÍBLICA - FÉ !!! Considerações iniciais !!! (Aula 1 - Abril/2017)
Sab 08 Abr 2017, 22:30 por B.V.

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

 MÚSICA NA IGREJA: É GOSPEL OU SACRA? Hb.13.15.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
guganic

avatar

Mensagens : 2063
inscrito em : 08/08/2011

MensagemAssunto: MÚSICA NA IGREJA: É GOSPEL OU SACRA? Hb.13.15.   Sex 31 Out 2014, 02:46

            MÚSICA NA IGREJA: É GOSPEL OU SACRA?


Hb. 13.15
Portanto, ofereçamos sempre por meio dele a Deus sacrifício de louvor, que o fruto de lábios que confessam o seu nome.
 
É através de Cristo que continuamente devemos oferecer a Deus nossos sacrifícios de louvores que são o fruto de nossos lábios.
 
Este louvor aqui é o cantado, a composição musical com o intuito da adoração a Deus.
 
A música é a arte de se manifestar os diversos afetos da nossa alma, mediante o som. Com a composição musical (melodia e letra) manifestamos através do som o nosso afeto por Deus.
 
Isto posto vejamos agora um pouco dos “louvores” cantados na atualidade em algumas igrejas, o que realmente eles são.
 
A etimologia do vocábulo “gospel” é derivada do inglês antigo “God-spell” que significa “good-news” ou “boas novas”.
 
Estas “boas novas” ou “good-news” é apenas uma alusão ao evangelho de Cristo que realmente é: “Boas Novas de Salvação”.
 
Porque na realidade a “música gospel” traduzida e tida como “música evangélica” é apenas um gênero musical composto compilado e produzido para expressar a crença individual.
 
E a crença individual nem sempre é dirigida a Deus e sim aos próprios anseios do cantor ou compositor.
 
Música gospel ou música evangélica não é sinônima ou garantia de boas novas de salvação; pois tudo depende da letra a ser musicada e cantada.
 
Há composições “gospel” que de boas novas nem o titulo é.
Não vou aqui colocar letras famosas ou até declinar nomes de cantores “gospel” por uma questão de ética.
 
Infelizmente alguém pode até estar fazendo sucesso e ganhando muito dinheiro neste seguimento musical. Como plin-plin apregoa e encara.
 
Mas certamente algumas composições soam como estrépitos de cânticos aos ouvidos de Deus.
 
Afasta de mim o estrépito dos teus cânticos; (Am.5.23)porque não ouvirei as melodias das tuas violas. – Das violas, das guitarras, das parafernálias eletrônicas...
 
A origem da música é divina, pois Deus é o autor da música e repartiu parte da Sua inspiração musical com os anjos e alguns reles mortais.
 
Louvar a Deus é mandamento! E Deus requer sempre o melhor louvor e uma melhor composição musical e não qualquer lixo que sempre é sem conteúdo e cheio de efeitos visuais e só eletrônicos.
 
Boing-boing-boing... Tuf-tuf-tuf… Boing-boing!
 
Louvar ao Senhor é mandamento com registro bíblico para que ninguém tenha dúvidas sobre isto. (Sl.9.11) Cantai louvores ao Senhor.(Sl.32.2) Louvai ao Senhor. (Sl.67.3) Louvem-te ó Deus.
 
A Bíblia nos dá pelo menos quatro razões só em I Pd.2.9 para louvarmos a Deus: somos a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, e povo adquirido por Deus.
 
Só aqui podemos fazer quatro composições musicais e inspiradas anunciando as grandezas daquele que nos chamou das trevas para Sua maravilhosa luz.
 
Há algumas músicas “gospel” que a letra é totalmente profana e há outras que a letra é sacra e a melodia profana. É porcaria do mesmo jeito é estrépito.
É evidente que quem não tem uma audição musical não percebe porque às vezes o ritmo é tão contagiante que te leva a crer que você está ouvido um louvor justamente daquilo que não é.
 
A música sacra é a música que se presta para a adoração a Deus; esta qualidade de música só é sacra se a letra e a melodia o forem.
 
A música sacra tem conteúdo espiritual; a música “gospel’ tem conteúdo comercial, pois ela expressa a crença individual que sempre não é em Deus.
 
Certa ocasião um famoso jogador de futebol de um badalado time do Estado de São Paulo, se fantasiou de evangélico e gravou alguns louvores da nossa Harpa Cristã.
 
Assassinou os hinos da harpa; pois mexeu nas letras, feriu a métrica musical e fez grande sucesso nas mentes vazias de quem não sabe o que um verdadeiro louvor a Deus.
 
O efeito da música sacra nos ouvidos de Deus gera em nós um ambiente de profunda adoração.
 
O próprio Deus cria uma atmosfera de gozo e paz para nossas almas como resposta da Sua aprovação.
 
Há registros bíblicos que provam que quando há a aprovação de Deus pelo cântico entoado em louvor a Ele, Ele reage e age em favor dos seus que o louvam.
 
Está escrito que todo o Judá (II Cr.20.13) estava em pé diante do Senhor, como também as mulheres e crianças, pois moabitas e amonitas os ameaçavam.
 
Na congregação mesmo o Espírito do Senhor veio sobre Jaaziel que os avisou: Não temais nem vos assusteis por causa desta grande multidão (II Cr 20.14,15); a peleja não é vossa.
 
Sabe de quem era a peleja? De Deus.
 
Em vez de Josafá ordenar os soldados ordenou foi os cantores para o Senhor (II Cr.20.21,22) que marchando á frente do exército rendiam graças ao Senhor pela Sua misericórdia.
 
O lugar que eles se reuniram para louvar ao Senhor (II Cr.20.26) recebeu o nome de Vale da Bênção.
 
Tivessem eles cantado música “gospel” com a qualidade e também a espiritualidade que temos visto neste segmento hoje e Deus não realizaria nada como não tem realizado neste meio.
 
Um grupo musical uma dessas “bandas” da atualidade foi cantar em nossa igreja lá pelos idos de 94 e com educação pedi a eles que mudassem o repertório e voltassem no outro dia.
 
Voltaram no outro dia e louvaram ao Senhor e foi uma bênção.
 
O louvor a Deus trás libertação, trás consolação, trás esperança, trás edificação, e curas divinas.
 
O louvor à própria voz, a exibição pura e simples desprovida da graça de Deus só tem sentido no ramo comercial e não espiritual.
 
Cl. 3.16
A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando ao Senhor com graça em vosso coração.
Vs.17
E, quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.
 
Compor, cantar, tudo deve ser feito a Deus em nome do Senhor e movidos pelo Espírito Santo e não pelo dinheiro que a música gospel dá como retorno de quem a canta.
 
Guganic
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
MÚSICA NA IGREJA: É GOSPEL OU SACRA? Hb.13.15.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» MÚSICA NA IGREJA: É GOSPEL OU SACRA? Hb.13.15.
» Vantagens da Igreja Aberta Gospel Brasil
» A Igreja e a Política - pregação muito boa
» Sem Parar Gospel - 95 Minutos de Música (Assista os Vídeos)
» Lei da Dinamarca Obriga a Igreja a Celebrar Casamento gay

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM ESTUDOS BÍBLICOS-
Ir para: