SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seConectar-se

Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 6:23

ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
30 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 30 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» E.B. Tema: DISSE JESUS: EU SOU A VIDA! II Semestre outubro de 2018 Pt III
Sab 20 Out 2018, 20:19 por guganic

» Islâmicos pedem o enforcamento de cristã que questionou a crença em Maomé, no Paquistão
Ter 16 Out 2018, 21:04 por M.Rogério

» O que devemos orar?
Ter 16 Out 2018, 20:56 por M.Rogério

» A Crescente Crise por trás da História Evangélica de Sucesso no Brasil
Ter 16 Out 2018, 20:46 por M.Rogério

» O Papel da Lei na Evangelização
Ter 16 Out 2018, 20:39 por M.Rogério

» E.B. Tema: DISSE JESUS: EU SOU A VERDADE! II Semestre outubro de 2018 Pt II
Sab 13 Out 2018, 12:03 por guganic

» O que é a Oração do Senhor?
Seg 08 Out 2018, 21:00 por Henrique

» E.B. Tema: DISSE JESUS: EU SOU O CAMINHO! II Semestre outubro de 2018 Pt I
Sab 06 Out 2018, 07:25 por guganic

» 13 razões porque não vou votar no PT
Ter 02 Out 2018, 08:19 por Henrique

» ESCOLA BÍBLICA - AS VIAGENS MISSIONÁRIAS DE PAULO! A Terceira e a Quarta! (Aula 4 - Setembro/2018)
Dom 30 Set 2018, 19:57 por B.V.

» Líderes evangélicos lançam manifesto pedindo que fiéis apoiem candidatos conservadores
Sex 28 Set 2018, 21:17 por Henrique

» Columa50 Seja bem vindo.
Qui 27 Set 2018, 23:51 por guganic

»  A CONTRADIÇÃO E O CAMINHO DE CORÉ. Nm.16.(Uma palavra pastoral)
Qui 27 Set 2018, 23:43 por guganic

» ESCOLA BÍBLICA - AS VIAGENS MISSIONÁRIAS DE PAULO! A Segunda! (Aula 3 - Setembro/2018)
Qua 26 Set 2018, 21:20 por B.V.

» “Tô vivo por uma obra de Deus”, diz Jair Bolsonaro
Ter 25 Set 2018, 19:35 por M.Rogério

» Com que atitude devemos orar?
Seg 24 Set 2018, 21:55 por Henrique

» Dizimos a vergonha no meio da graça
Dom 23 Set 2018, 13:06 por Henrique

» O Lutador !!
Dom 23 Set 2018, 12:11 por jairo nuness

» O que produz um sermão poderoso?
Sab 22 Set 2018, 17:44 por Henrique

» Mostrando aquilo que a Igreja não prega
Sex 21 Set 2018, 22:34 por M.Rogério

» “Espelho da Vida”: Nova novela da Globo ensinará espiritismo
Sex 21 Set 2018, 22:30 por M.Rogério

» SALA ESPECIAL DOS LOUVORES
Sex 21 Set 2018, 21:23 por M.Rogério

» ESCOLA BÍBLICA - AS VIAGENS MISSIONÁRIAS DE PAULO! A Primeira! (Aula 2 - Setembro/2018)
Ter 18 Set 2018, 21:57 por B.V.

» O que é a oração?
Seg 17 Set 2018, 21:21 por Henrique

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

 AS ARMADILHAS DA FAMA. Jo.3.27-31

Ir em baixo 
AutorMensagem
guganic

avatar

Mensagens : 2156
inscrito em : 08/08/2011

MensagemAssunto: AS ARMADILHAS DA FAMA. Jo.3.27-31   Seg 09 Dez 2013, 21:59

            AS ARMADILHAS DA FAMA


Jo. 3.27
O homem não pode receber coisa alguma, se não lhe for dada do céu.
Vs.30
É necessário que ele cresça e que eu diminua.
Vs.31
Aquele que vem de cima é sobre todos; aquele que vem da terra é da terra e fala da terra. Aquele que vem do céu é sobre todos.
 
O homem não pode receber coisa alguma, se não lhe for dada do céu. - Esta foi à última resposta e também o último testemunho de João Batista sobre si mesmo e sobre Jesus.
 
Quando temos consciência que não merecemos nada, Deus por sua vez nos dá todas as coisas de que dizem respeito à vida e a bondade nesta e na outra vida.
 
João Batista estava mais próximo agora de sua morte do que Jesus mais perto da crucificação.
 
João Batista aproximava-se do seu fim sabendo que havia cumprido o seu ministério em prol daquele que haveria de morrer na cruz por toda a humanidade.
 
E do jeito humilde que começou a sua jornada, agora humilde se aproxima do seu fim: a morte pela decapitação. Mt. 14.1-12.
 
Em nenhum momento vemos João Batista querendo brilhar mais do que Jesus, ou buscando para si mesmo a glória só devida a Cristo como Filho de Deus.
 
Quando olhamos para os passos de João Batista enquanto cumpria o seu ministério e olhamos para os passos de outros que si dizem mensageiros de Deus, vemos o abismo que há entre eles.
 
João nunca atraiu para si o direito de ser grande diante de Deus.


João não era atraído pelas multidões; as multidões é que eram atraídas por João Batista. O quê? João tinha para atrair tanta gente a ele no deserto da Judéia? (Mt. 3.1. Mc. 1.4,5).
 
João tinha o Espírito Santo de Deus desde o ventre de sua mãe.
Lc. 1.15
Pois ele será grande diante do Senhor, não beberá vinho nem bebida forte, será cheio do Espírito Santo, já do ventre materno.
 
João nunca se declarou grande, mas o próprio anjo declarou ao seu pai, Zacarias, que ele seria (e foi) grande diante do Senhor.
 
Jesus Cristo disse que João Batista era muito mais do que profeta (Lc. 7.26) e que entre os nascidos de mulheres (Lc. 7.28.) não houve maior profeta do que ele, João Batista.
 
Veja como João adquiriu sua fama: fazendo justamente o que Deus lhe mandou fazer: clamar no deserto.
 
Muitos hoje até clamam até cumprem seus ministérios, mas não justamente onde nem como Deus mandou.
 
Hoje quase todos querem ser famosos, e atraídos pelas multidões; e fascinados pelos altos índices de audiência vivem a fazer o que não devia: Marketing Pessoal.
 
Enquanto trabalham a imagem pessoal o que menos importa para eles são as almas, mais o maior “ibope” que têm, enquanto fingem que pregam a palavra de Deus.
 
O maior “ibope” é a meta a ser alcançada sempre.
 
Fama ou renome, reputação, glória, ser celebridade à custa do evangelho de Cristo tem sido o objetivo de quem é atraído pelas multidões.
 
E por incrível que nos possa parecer o Brasil está infestado de evangélico famoso com nome e renome na mídia.


Mas toda fama tem um preço; e geralmente o resultado é a queda precedida pela soberba que a “fama” concebe em quem faz do evangelho um meio para se promover.


Em qualquer área da vida de um ser humano a “fama”, o coloca em evidência e isto atrai dinheiro, novos negócios (ilícitos ou não) e oportunidades inimagináveis, além de oportunidades libidinosas.


Em se tratando de um evangélico ou de uma pessoa honrada se o mesmo não souber administrar a “fama”, a armadilha se fecha e o resultado sempre é catastrófico.
 
Se o famoso não tiver domínio próprio e deixar se dominar pela “fama” logo entra no estágio da soberba e todo soberbo sempre é resistido e abatido por Deus.
 
Geralmente os famosos (salve-se raras exceções) são famosos porque lutaram para isto, e lutaram por ter sede de “glória” ou “fama”, coisa que não encontramos na biografia de João Batista.
 
E geralmente os menos inteligentes, ou até mesmo os medíocres são mais esforçados neste mister.
 
Estes os desinteligentes e medíocres não perdem oportunidade de por qualquer meio seja leal ou desleal, sobrepujar todos os obstáculos possíveis a fim de serem “famosos”.
 
Uns fazem pactos estranhos, outros o fazem até com o “deus deste século”, e alguns outros através de favores sexuais.
 
Quem tem sede de “fama” faz qualquer negócio desde que o resultado seja: a “fama”, e  tudo estará bem, (por um tempo).
 
Mais quando o laço ou a armadilha se fecha, o final é sempre triste se não houver tempo do Senhor ter misericórdia dos tais. (Em se tratando de evangélicos).
 
A sede de glória (fama) e pela glória (pela fama) tem levado muitos a abandonar a glória do Senhor.
 
Já vi pregadores da palavra de Deus famosos e respeitados combalidos (com falta de forças) e derrotados para sempre porque a “fama” alcançada subiu a cabeça.
 
E a gloria não foi dada a Deus nem ao Seu Cristo.
 
Na galeria dos heróis da fé (Hb. 11) não encontramos nenhum deles que tenha nem de leve trabalhado a sua própria imagem a fim de serem chamados de heróis.
 
Nenhum deles investiu um segundo si quer em beneficio próprio, ou em favor do seu “marketing pessoal”.
 
Mas não é bem isto que estamos vendo em nossos dias.
 
Para encerrar esta mensagem vou narrar o que presenciei numa noite de sábado numa igreja do vale do Ribeira no ano de 1995.
 
O pregador famoso deveria pregar na sexta-feira e por não colocarem na conta bancária dele a “propina” combinada ele não pregaria naquela noite.
 
No sábado ele viu que a “grana” caiu na conta e foi pregar.
 
E começou assim: Hoje vocês terão uma autentica aula de Bíblia. Está certo que vocês são um bando de ignorantes, plantadores de chá e colhedores de bananas e para vocês qualquer coisa serve.
 
Mais irei caprichar em respeito a memória de meus pais que me fizeram alisar o banco da ciência para hoje eu honra-los (in memorian) o esforço deles em me dar alguns diplomas.
 
Querem saber o titulo da mensagem? As sete trombetas.
 
Oito meses depois o infeliz estava caído na lama com uma prostituta. Dizem que já se levantou e é famoso novamente depois de cair uma cinco vezes com outras.
 
Narrei este fato para provar o que a fama faz quando a glória não é para Deus.
 
Jo. 3.27
O homem não pode receber coisa alguma, se não lhe for dada do céu.
Vs.30
É necessário que ele cresça e que eu diminua.
 
Que o Senhor nos guarde da arrogância e da soberba e da sede pela “fama”.
 
Guganic
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
AS ARMADILHAS DA FAMA. Jo.3.27-31
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» AS ARMADILHAS DA FAMA. Jo.3.27-31
» Quem eram os "filhos de Deus" de Genesis 6:1-4?
» Diagnóstico psicológico (armadilhas das seitas):
» Isto é demais: FMI diz que as FS em Portugal têm demasiadas regalias, e têm condições priveligiadas
» Os batistas e a sua fama de expulsar

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM ESTUDOS BÍBLICOS-
Ir para: