SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seLogin
Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. ” Gálatas 2:20
ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
10 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 10 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» Minuto com Deus!!!
Ontem à(s) 02:13 por Paulo Cezar

» AFINAL COMEMOREMOS O NATAL OU NÃO?
Ter 06 Dez 2016, 12:54 por Henrique

» Eu não posso viver sem ti adorar!
Seg 05 Dez 2016, 19:35 por M.Rogério

» NEEMIAS, O HOMEM MAIS IMPORTANTE DO REINO - Ne. 2.1-8. -
Seg 05 Dez 2016, 12:10 por jairo nuness

» Pedi, e dar-se-vos-á. (Mateus 7.7) DEVOCIONAL
Seg 05 Dez 2016, 09:34 por Henrique

» Deus é quem criou o diabo ?(mas sobre predestinação)
Dom 04 Dez 2016, 18:27 por B.V.

»  MOVIDOS PELA GRAÇA At.4.32-35
Dom 04 Dez 2016, 15:21 por guganic

»  Fiquei sobremodo alegre pela vinda de irmãos e pelo seu testemunho da tua verdade... DEVOCIONAL
Sex 02 Dez 2016, 09:43 por Henrique

» 30 LOUVORES QUE EDIFICAM PARA OUVIR EM 2017 - As Melhores Músicas Gospel
Qui 01 Dez 2016, 20:28 por Paulo Cezar

» Musicas Gospel para ouvir , Orar e Meditar.
Qui 01 Dez 2016, 20:27 por Paulo Cezar

» VERSICULO DO DIA
Qui 01 Dez 2016, 16:27 por Paulo Cezar

» FILHOS NUMA TERRA DISTANTE Lc. 15.11-16
Qua 30 Nov 2016, 12:29 por guganic

» Pastora Sarah Sheeva “zera” as redes sociais com post sobre seus “10 anos sem ver aquilo maravilhoso
Qua 30 Nov 2016, 08:23 por Henrique

» Frase do dia.
Ter 29 Nov 2016, 20:32 por M.Rogério

» O mal uso da internet
Ter 29 Nov 2016, 20:27 por M.Rogério

» O Evangelho não é algo a ser pregado somente aos escolhidos, mas a TODOS os homens.
Ter 29 Nov 2016, 19:59 por M.Rogério

» Dom de línguas
Ter 29 Nov 2016, 10:37 por salomão

» ESCOLA BÍBLICA, PRIMEIRA PARTE, NOVEMBRO A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO.
Ter 29 Nov 2016, 07:53 por Henrique

» Escola Bíblica, Novembro. Segunda parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:51 por Henrique

» A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO. Comentários
Ter 29 Nov 2016, 07:40 por Henrique

»  Escola Bíblica, Novembro. Terceira parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:34 por Henrique

» A origem do dia de sábado
Sex 25 Nov 2016, 20:35 por salomão

» A VERDADEIRA LIBERDADE - Para proclamar libertação aos cativos. (Lucas 4.18) DEVOCIONAL
Sex 25 Nov 2016, 10:22 por Henrique

» O ÚNICO MANDAMENTO (Jo. 2.1-11) ... DE MARIA.
Qui 24 Nov 2016, 15:53 por guganic

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

 SONS DO INFERNO-Gravações Reais ou Fraude ?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
silas gomes de souza
. . .MEMBRO ESPECIAL
.   .   .MEMBRO ESPECIAL


RELIGIAO : cristianismo
Masculino Mensagens : 1628
nascido em : 21/07/1958
inscrito em : 22/11/2012
Idade : 58
Localização : SÃO PAULO - CAPITAL

MensagemAssunto: SONS DO INFERNO-Gravações Reais ou Fraude ?   Seg 09 Set 2013, 19:47

Sons do inferno?
 

Como você sabe, eu sou Luiz Ramos, o Caçador de Mistérios e às vezes alguns amigos meus se admiram por eu não aparentar ser de igreja, pela minha forma de se comunicar sem exageros ou apelações nas palavras. Ainda mais quando descobrem que possuo este blog que se trata de informar as verdades e mentiras da Internet. Pois bem, publico estas matérias aqui para justamente você não cair nas armadilhas que espalham pela rede. Incluo também a área religiosa, sempre pesquisando e conferindo as respostas obtidas. Dentro disso, hoje, falarei sobre um caso tenebroso só de mencionar. O mistério de hoje é conhecido como Sons do Inferno”!
Em meados de dezembro de 1989, um grupo de geólogos russos, fizeram um poço de 14.000 metros de profundidade na Sibéria; e eles afirmam terem ouvido lamentações que vinham do centro da terra, pedindo água e misericórdia.
Uma fita com os sons gravada no local circulou na Internet juntamente com textos e vídeos sobre estes supostos sons de lamentos e dor. Para dar mais peso à história, havia até as imagens de um jornal da época com a foto do grupo de pesquisadores que teriam feito a pavorosa e bizarra descoberta, que você pode observar a seguir.



 

Segundo estes cientistas, após ter perfurado vários quilômetros os equipamentos começaram a funcionar descontroladamente, dando a impressão que o centro da terra é oco, como se alguém pudesse ir até o centro da terra.
 A história correu o mundo e a gravação dos “sons do inferno” pode ser encontrada em milhares de sites e foi apresentado em programas de televisão e radiofônicos. A história era contada de cima dos púlpitos para mostrar os horrores do lugar para onde vão aqueles que não crêem em Jesus. Muitas pessoas ficaram admiradas com a gravação, principalmente pelo fato de ela ser apresentada por pessoas sérias e por sites de confiança. Um jornal da Finlândia publicou a matéria, com relatos dos operários e estudiosos que ouviram a fita. Um deles, o Dr. Azzacove declarou o seguinte:


"Como um comunista eu não acredito em céu ou na Bíblia mas, como um cientista eu acredito agora no inferno. Desnecessário dizer que ficamos chocados ao fazer tal descoberta. Mas nós sabemos o que nós vimos e nós sabemos o que nós ouvimos. E estamos absolutamente convencidos que nós perfuramos pelos portões do inferno !
A perfuratriz, de repente, começou a girar velozmente indicando que tínhamos chegado a um grande bolsão vazio ou uma caverna. O sensor térmico mostrou um aumento dramático da temperatura para 2,000 graus Fahrenheit.


 Nós abaixamos um microfone, projetado para descobrir os sons de movimentos tectônicos abaixo da galeria. Mas em vez de movimentos de placas nós ouvimos uma voz humana, gritando de dor! No princípio pensamos que o som estava vindo do nosso próprio equipamento.
Mas quando nós fizemos ajustes nos equipamentos, nossas piores suspeitas foram confirmadas. Os gritos não eram de um único humano, eles eram gritos de milhões de humanos!"


Você pode até dizer: “tudo bem, Caçador de Mistérios! Mas, onde estão os sons?”


Visualize o vídeo abaixo e ouça atento as vozes e gargalhadas:






Pronto! Está tudo aí! Satisfeito? Mas, hoje já se sabe do outro lado desta história. Como já disse, o que dava peso a esta história não era a gravação em si, mas sim as “provas” de sua autenticidade: aquele jornal mostrando a notícia da época e a foto dos pesquisadores que enviaram a sonda e obtiveram a gravação. Hoje já se sabe que tudo não passou de uma fraude. O boato dos tais sons já circulava, mas foi o norueguês Age Rendalen quem, após ouvir o boato, resolveu produzir as “provas”. Apresentou um jornal forjado por ele mesmo com a notícia que deu tanto peso ao boato. Ele ficou admirado com o fato das pessoas acreditarem em qualquer coisa com tanta facilidade, pois nunca foi procurado para confirmar a história, bastou apresentar seu jornal forjado e pronto!

O que aprendemos com isso?
Torno a repetir: primeiramente a não irmos colocando a mão no fogo por histórias que circulam pela internet. Temos que nos lembrar que por aqui circula de tudo. É na internet que se encontra vídeos de estações espaciais em Marte, corpos de ETs e gritos do inferno. Existem também as “notícias bombásticas” sobre pastores, celebridades e igrejas, que não passam de boatos. Tem gente que vive disso. Coitado de quem lê algo na internet e corre para passar para frente. Outra coisa que aprendemos é que a Bíblia não precisa de provas para autenticar suas palavras.

 


Os “gritos do inferno” não passavam de boatos e de fraude.

 Mas, o inferno não deixará de existir por causa disso. Ele só não é um lugar que pode ser achado com uma sonda, assim como o céu não pode ser achado com uma espaço nave.


AFINAL  ACONTECERÁ O INFERNO; QUANDO E COMO ?


 O inferno é uma doutrina bíblica, mas, que espécie de inferno? Um lugar onde os pecadores impenitentes queimam para sempre e conscientemente sofrem dor num fogo eterno que nunca termina? Ou uma punição na qual Deus aniquila pecadores e pecado para sempre após um julgamento?
Tradicionalmente, através dos séculos, tem-se proclamado o inferno como um tormento eterno. Porém, será possível que Deus, que tanto amou o mundo e enviou Seu Filho para salvar os pecadores, possa também ser um Deus que tortura as pessoas (mesmo o pior dos pecadores) para sempre? Como poderia Deus demonstrar amor e justiça, enquanto proporciona sofrimentos aos pecadores pela eternidade no fogo do inferno. Este paradoxo inaceitável tem levado estudiosos a re-examinar o ensino bíblico quanto ao inferno e o castigo final.
A questão fundamental é: O fogo do inferno tortura, causa angústia, sofrimento aos perdidos eternamente ou os consome permanentemente?

INFERNO: ANIQUILAMENTO DEFINITIVO DO MAL
A crença no aniquilamento dos perdidos é baseada em quatro considerações bíblicas:

1. A morte como punição do pecado
O aniquilamento final dos pecadores impenitentes é indicado, em primeiro lugar, pelos seguintes princípios bíblicos: “a alma que pecar morrerá” (Ezequiel 18:4); “porque o salário do pecado é a morte” (Romanos 6:23). A Bíblia ensina que a morte é a cessação da vida, e hoje, ela é uma realidade que envolve toda a humanidade por causa do pecado de Adão e Eva (Romanos 5:12-ICor. 15:20-22). Mas o inferno bíblico refere-se a segunda morte, que é a morte final e irreversível a ser sofrida pelos pecadores impenitentes (Apoc. 20:14; Cap. 21:Cool.
Se não fosse pela segurança da ressurreição, a morte seria o término da existência para sempre ( I Tess. 4: 16-18; Daniel 12: 1-2).

Contudo, haverá duas ressurreições, uma destinada para aqueles que possuem seus nomes escritos no Livro da Vida, e outra para aqueles que tiveram seus nomes apagados dele, em decorrência de pecados não confessados. Para estes a Bíblia relata que será uma ressurreição para a segunda morte, destinada a receber a devida punição no “lago de fogo” por seus pecados (Apoc. 20:12-15).
Este será o aniquilamento final, uma morte permanente e que perdurará pela eternidade.

2. O vocabulário bíblico sobre a destruição dos ímpios
A segunda razão para crer no aniquilamento definitivo do pecado é o vocabulário de sua destruição usado na Bíblia. Segundo Basil Atkinson, o Velho Testamento usa mais de 25 substantivos e verbos para descrever a extinção dos ímpios. Diversos salmos relatam esse acontecimento. Isaías e Malaquias proclamam:
Citação :
“Eis que vem o dia do SENHOR, dia cruel, com ira e ardente furor, para converter a terra em assolação e dela destruir os pecadores. (…) Farei que os homens sejam mais escassos do que o ouro puro, mais raros do que o ouro de Ofir.” ( Isaias 13:9-12-Sofonias 1:15-18)
Citação :
“Pois eis que vem o dia e arde como fornalha; todos os soberbos e todos os que cometem perversidade serão como o restolho; o dia que vem os abrasará, diz o SENHOR dos Exércitos, de sorte que não lhes deixará nem raiz nem ramo. (…) se farão cinzas (…) naquele dia que prepararei, diz o SENHOR dos Exércitos.”(Malaquias 4: 1-3).
Jesus comparou a destruição dos ímpios como: o joio atado em molhos para serem queimados ( Mateus 13:30 e 40) e ainda declarou: “Se alguém não permanecer em Mim, será lançado fora, à semelhança do ramo, e secará; e o apanham, lançam no fogo e o queimam.” (João 15:6-Lucas 17:26-30). Todas estas ilustrações descrevem a destruição final dos ímpios. O contraste entre o destino dos salvos e dos perdidos é respectivamente vida versus destruição. A linguagem de extinção é inescapável também no livro do Apocalipse. João descreve com ilustrações vívidas o lançamento do diabo, da besta, do falso profeta e de todos os ímpios no lago de fogo que é “a segunda morte” (Apoc. 20:10 - Cap. 2:11).


3. As implicações morais do tormento eterno
A doutrina do tormento eterno é inaceitável. A noção de que Deus deliberadamente tortura pecadores pela eternidade é totalmente incompatível com a revelação bíblica de Deus com amor infinito (Ezequiel 18: 20-32-Cap. 33:10-16). Um Deus que inflige tortura infinita a Suas criaturas, não importando o quão pecadoras elas foram, não pode ser o Pai de amor que Jesus Cristo nos revelou.

Tem Deus duas faces? É Ele infinitamente misericordioso de um lado e insaciavelmente cruel de outro? Pode Ele amar os pecadores arrependidos de tal modo que enviou Seu Filho para salvá-los, e ao mesmo tempo odiar os pecadores impenitentes tanto que os submete a um tormento cruel sem fim? Podemos legitimamente louvar a Deus por Sua bondade, enquanto Ele atormenta os pecadores através dos séculos?
A intuição moral que Deus plantou em nossa consciência não pode aceitar a crueldade de uma divindade que sujeita pecadores a tormento infindo. A justiça divina não poderia jamais exigir a penalidade infinita de dor eterna por causa de pecados finitos. Isso acarretaria enorme desproporção entre os pecados cometidos durante uma curta vida e o castigo infinitamente duradouro.

4. As implicações cosmológicas do tormento eterno
A razão final para crer no aniquilamento dos perdidos é que, tormento eterno, pressupõe um dualismo cósmico eterno. Céu e inferno, alegria e sofrimento, bem e mal coexistiriam para sempre. É impossível reconciliar esta opinião com a visão profética da Nova Terra:
Citação :
“E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram.” “Pois eis que Eu crio Novos Céus e Nova Terra; e não haverá lembrança das coisas passadas, jamais haverá memória delas.” ( Apocalipse 21:4; Isaias 65:17).
Como poderiam o pranto e dor serem esquecidos se a agonia e angústia dos perdidos fossem aspectos permanentes da nova ordem? A presença de incontáveis milhões sofrendo para sempre tormento punitivo, mesmo se fosse bem longe do arraial dos santos, serviria apenas para destruir a paz e a felicidade do novo mundo. A nova criação surgiria defeituosa desde o primeiro dia, visto que os pecadores permaneceriam como uma realidade eterna no universo de Deus.

O propósito do plano da salvação é desarraigar definitivamente a presença de pecado e pecadores do universo. Somente quando os pecadores, Satanás e seus anjos, forem extintos no “lago de fogo e enxofre”, Cristo terá finalmente completado Sua obra de purificação e restauração de todas as coisas (Apoc.21:5). O ensino bíblico do juízo e sua sentença final que aniquila completamente os pecadores, os sentenciando a morte eterna, revela um Deus de justiça.

A DESTRUIÇÃO DOS ÍMPIOS, UM ATO DE MISERICÓRDIA
“Poderiam aqueles cuja vida foi empregada em rebelião contra Deus, ser subitamente transportados para o Céu, e testemunhar o estado elevado e santo de perfeição que ali sempre existe, estando toda alma cheia de amor, todo rosto irradiando alegria, ecoando em honra de Deus e do Cordeiro uma arrebatadora música em acordes melodiosos, e fluindo da face dAquele que Se assenta sobre o trono uma incessante torrente de luz sobre os remidos; sim, poderiam aqueles cujo coração está cheio de ódio a Deus, à verdade e santidade, unir-se à multidão celestial e participar de seus cânticos de louvor? Poderiam suportar a glória de Deus e do Cordeiro?
 Não, absolutamente; anos de graça lhes foram concedidos, a fim de que pudessem formar caráter para o Céu; eles, porém, nunca exercitaram a mente no amor à pureza; nunca aprenderam a linguagem do Céu, e agora é demasiado tarde. Uma vida de rebeldia contra Deus incapacitou-os para o Céu. A pureza,santidade e paz dali lhes seriam uma tortura; a glória de Deus seria um fogo consumidor. Almejariam fugir daquele santo lugar. Receberiam alegremente a destruição, para que pudessem esconder-se da face dAquele que morreu para os remir. O destino dos ímpios se fixa por sua própria escolha. Sua exclusão do Céu é espontânea, da sua parte, e justa e misericordiosa da parte de Deus.”

Mas se a gravação e a explicação não lhe convenceu e você entrou para a Igreja por causa disso, ótimo! Quem bom que uma fraude o levou a um caminho certo. Mas acredite nas coisas divinas pelos motivos certos e não por enganação acima. Até a próxima! 

FONTES: Chegou a Hora de Desvendar os Mistérios da Internet!: 

 BLOG:  7 DIA
Voltar ao Topo Ir em baixo
silas gomes de souza
. . .MEMBRO ESPECIAL
.   .   .MEMBRO ESPECIAL


RELIGIAO : cristianismo
Masculino Mensagens : 1628
nascido em : 21/07/1958
inscrito em : 22/11/2012
Idade : 58
Localização : SÃO PAULO - CAPITAL

MensagemAssunto: Re: SONS DO INFERNO-Gravações Reais ou Fraude ?   Ter 10 Set 2013, 17:41

Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade. - II Corintios 13:8
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
SONS DO INFERNO-Gravações Reais ou Fraude ?
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» SONS DO INFERNO-Gravações Reais ou Fraude ?
» Sons do Inferno
» Papa declara que 'não existe fogo no inferno e que Adão e Eva não são reais'
» Haverá crianças na grande tribulação e o inferno tá cheio delas
» O quinto dos inferno (origem da expressão)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM ESTUDOS BÍBLICOS-
Ir para: