SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seConectar-se

“Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem” Hebreus 11.1

ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
28 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 28 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» Crislamismo: como a mídia vem tentando convencer que muçulmanos e cristãos adoram o mesmo deus
Ontem à(s) 19:55 por Henrique

» Minuto com Deus!!!
Ontem à(s) 18:43 por Paulo Cezar

» CONFIE NO SENHOR, E ORE
Sab 22 Abr 2017, 16:13 por Paulo Cezar

»  Refugiados muçulmanos estão agredindo cristãos nas ruas da Austrália, denuncia pastor.
Sab 22 Abr 2017, 10:19 por Henrique

» Frase do dia.
Sex 21 Abr 2017, 16:41 por Henrique

»  SABE QUEM FOI TIRADENTES?
Sex 21 Abr 2017, 13:59 por Henrique

» O QUE FOI A REFORMA PROTESTANTE? 500 anos da reforma.
Qui 20 Abr 2017, 21:57 por Henrique

»  O QUE FOI A REFORMA PROTESTANTE? 500 anos da reforma. Parte 2
Qui 20 Abr 2017, 21:52 por Henrique

» FALE ÁS SUAS LÁGRIMAS
Qui 20 Abr 2017, 19:56 por Henrique

» Paul Washer pregou para todos no hospital, revela pastor que o visitou
Qua 19 Abr 2017, 21:12 por Henrique

» NÃO VOS ASSEMELHEIS A ELES. Mt.23.
Ter 18 Abr 2017, 23:37 por guganic

» 10 princípios bíblicos para honrarmos a Deus nas finanças
Seg 17 Abr 2017, 20:09 por Henrique

» A Bíblia não é contra as mulheres (Quadrinho)
Seg 17 Abr 2017, 17:40 por Henrique

» Estratégia de evangelizar crianças tem levado famílias muçulmanas inteiras a Cristo, diz missionário
Seg 17 Abr 2017, 12:58 por Henrique

» ESCOLA BÍBLICA - FÉ !!! Definição e exemplos !!! (Aula 2 - Abril/2017)
Sab 15 Abr 2017, 11:41 por B.V.

» Sexta-feira da Paixão: “A morte de Jesus não o torna mártir, e sim o Salvador”, diz Billy Graham
Sex 14 Abr 2017, 23:41 por Henrique

»  A PÁSCOA
Qui 13 Abr 2017, 23:12 por Henrique

» O vinho do grande Rei DEVOCIONAL
Ter 11 Abr 2017, 23:16 por Henrique

» Testemunho Forte e Impactante do Ex Bandido Caveirinha
Ter 11 Abr 2017, 17:05 por Paulo Cezar

» Julgamento da jornalista que acusou Feliciano de estupro
Ter 11 Abr 2017, 07:35 por M.Rogério

» PREDISPOSIÇÕES DA NATUREZA HUMANA. Ex.21.28.-31
Dom 09 Abr 2017, 09:18 por guganic

» Perdendo a fé (Muito bom)
Dom 09 Abr 2017, 01:15 por guganic

» ESCOLA BÍBLICA - FÉ !!! Considerações iniciais !!! (Aula 1 - Abril/2017)
Sab 08 Abr 2017, 22:30 por B.V.

» DE ONDE ME VIRÁ O SOCORRO?. Sl.121
Qui 06 Abr 2017, 21:31 por guganic

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

 Jesus, lembra-te de mim. Parte 1

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Henrique

avatar

RELIGIAO : Cristão, denominação: Batista
Masculino Mensagens : 5183
nascido em : 27/01/1961
inscrito em : 09/09/2011
Idade : 56
Localização : São Paulo, capital

MensagemAssunto: Jesus, lembra-te de mim. Parte 1   Qua 17 Jul 2013, 23:27

Parte 1.

Jesus, lembra-te de mim.
 
É conhecido o relato dos ladrões crucificados juntamente com Jesus, mas vejamos questões importantes deste relato.
 
Então um dos malfeitores que estavam pendurados, blasfemava dele, dizendo: Não és tu o Cristo? salva-te a ti mesmo e a nós.
Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Nem ao menos temes a Deus, estando na mesma condenação?
E nós, na verdade, com justiça; porque recebemos o que os nossos feitos merecem; mas este nenhum mal fez.
Então disse: Jesus, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino.
Respondeu-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso.


Lucas 23:39-43
 
PRIMEIRAMENTE, vemos neste relato a soberania de Deus em salvar os pecadores. Dois malfeitores foram crucificados, ambos estavam igualmente próximos de Cristo. Viram igualmente e ouviram tudo que se passou durante horas em que Jesus esteve pendurado na cruz. Ambos morrendo e sofrendo dores agonizantes, eram pecadores. Entretanto um deles morreu sem perdão, em seus pecados, com coração endurecido. O outro arrependeu-se, creu, clamou a Jesus por misericórdia e foi salvo!
 
Este relato deveria nos ensinar humildade, não podemos explica-lo, apenas dizer “Sim, ó Pai, porque assim foi do teu agrado.Mt 11:26  Como pode acontecer que nas mesmas circunstâncias um homem converte-se a Cristo enquanto outro permanece morto em seus pecados? Por que um mesmo sermão é ouvido com indiferença por um homem enquanto motivou outro a orar e buscar Cristo? Por que o evangelho foi ocultado para um e revelado para outro? Provavelmente não temos respostas satisfatórias a estas e outras perguntas, apenas sabemos que assim aconteceu sendo inútil negá-lo.
 
Clara também é a lição que devemos utilizar de todos os meios para levar a mensagem da salvação. Em tudo que fazemos, a vontade de Deus deve ser manifesta em nós, a vontade expressamente declarada nas Escrituras. A soberania dEle jamais tencionou anular a responsabilidade do homem.
 
Um dos ladroes foi salvo para que nenhum pecador sinta-se desesperado; mas somente um, para que ninguém seja presunçoso.
 
 
 
 
SEGUNDO, vemos o imutável caráter do arrependimento para a salvação. Assunto esquecido com frequência neste relato do ladrão arrependido. Considera-se apenas que foi salvo “na hora da morte” mas esquecem outros aspectos da salvação.
 
Não levam em conta as evidências nítidas e bem definidas do arrependimento, manifestados pelas palavras proferidas pelo ladrão, elas merecem atenção especial.
 
- o primeiro passo no arrependimento foi a preocupação com a atitude do seu companheiro em ultrajar a Cristo. “Nem ao menos temes a Deus, estando sob igual sentença?”
 
- o segundo passo foi reconhecimento de seu próprio pecado: “Nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o castigo que os nossos atos merecem”.
 
- o terceiro passo confessar a inocência de Cristo: “este nenhum mal fez”.
 
- o quarto passo foi uma demonstração de fé no poder de Cristo em salvá-lo. Ele se voltou para Alguém que sofria agonizante e reconheceu-O como “Senhor” ao declarar sua crença de que Ele possuía um reino.
 
- o quinto passo foi uma oração. Mesmo naquele momento, quando Jesus estava pendurado no madeiro, ele clamou suplicando-Lhe que pensasse em sua alma. Foi humilde, implorou para ser lembrado por nosso Senhor, isto seria o bastante.
 
Seu tempo foi muito curto mas em utilizado. Poucas pessoas na hora da morte têm deixado evidências tão boas quanto essas.
 
TERCEIRO. Vemos aqui o poder e disposição de Cristo para salvar os pecadores. “Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, porquanto vive sempre para interceder por eles.Hb 7:25. Podemos dizer que de Gênesis a Apocalipse não encontramos prova maior  do notável poder, da disposição e da misericórdia de Cristo pela salvação dos pecadores, do que a salvação do ladrão arrependido.
 
A hora em o ladrão foi salvo foi a de maior fraqueza de nosso Senhor. Ele estava agonizando, pendurado no madeiro. Mesmo naquela circunstância, ele ouviu e respondeu a súplica de um pecador e lhe abriu a porta da salvação da vida eterna. Aquele homem nada tinha em sua vida  que o recomendasse, nenhuma dignidade, apenas uma oração humilde. Esta foi uma demonstração de misericórdia.
 
Queremos prova que a salvação não resulta de obras? O ladrão arrependido é uma prova. Com mãos e pés cravados não podia fazer nada por sua alma, apesar disso foi salvo pela infinita graça de Cristo. E mais, ninguém recebeu uma tão completa segurança do perdão de seus pecados quanto aquele homem. Não foi batizado, não pertenceu a uma igreja nem recebeu a ceia do Senhor.
 
Mas arrependeu-se, e creu, por isso foi salvo!
 
POR ÚLTIMO, vemos neste relato, quão próximo da glória e do descanso eterno está o crente moribundo. Nosso Senhor disse ao malfeitor em resposta a sua oração:
 
Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso.
 
Falemos sobre isto na próxima parte deste estudo.

 Henrique.

-







-
Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho.
Salmos 119:105



Voltar ao Topo Ir em baixo
Henrique

avatar

RELIGIAO : Cristão, denominação: Batista
Masculino Mensagens : 5183
nascido em : 27/01/1961
inscrito em : 09/09/2011
Idade : 56
Localização : São Paulo, capital

MensagemAssunto: Re: Jesus, lembra-te de mim. Parte 1   Sab 26 Mar 2016, 20:57

Para ler a segunda parte, clique aqui.

-







-
Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho.
Salmos 119:105



Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Jesus, lembra-te de mim. Parte 1
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Jesus, lembra-te de mim. Parte 1
» Onde está escrito no Testamento de Jesus, que temos que dar o dízimo? - parte III
» Jesus lembrava ou era informado de sua vida passada?
» Espiritismo diz: Jesus não é Deus – Parte 1
» O Sacrifício do Calvário foi COMPLETO? Alguém foi SALVO com o Sacrifício de Jesus?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM ESTUDOS BÍBLICOS-
Ir para: