SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seConectar-se

Porque, se com a tua boca confessares Jesus como Senhor, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo; Romanos 10.9

http://i.imgur.com/WOeDEht.jpg
ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
19 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 19 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» Minuto com Deus!!!
Ontem à(s) 02:38 por Paulo Cezar

» A Cura do câncer e a FOSFOETANOLAMINA SINTÉTICA.
Seg 16 Out 2017, 14:58 por Henrique

» A VERDADE QUE LIBERTA -Jo. 8.32-36-
Seg 16 Out 2017, 11:46 por guganic

» É pecado o uso de camisinha ( preservativo ) nas relações sexuais?
Dom 15 Out 2017, 09:47 por M.Rogério

»  Evangelho da Salvação x Evangelho da Solução
Dom 15 Out 2017, 09:32 por M.Rogério

» Arquivo baixado de um site e Bolsonário 2018
Sab 14 Out 2017, 14:06 por salomão

» A DOUTRINA DO DÍZIMO Pt. 2 (Hb.7.1-17) Escola Bíblica outubro de 2017 O DÍZIMO ANTES DA LEI
Sab 14 Out 2017, 07:21 por guganic

» Cristãos são expulsos de cafeteria por proprietário gay
Sex 13 Out 2017, 20:45 por Henrique

» Como é que DEUS teria permitido algo horroroso assim acontecer no dia 11 de setembro
Sex 13 Out 2017, 20:33 por Henrique

» O Peregrino – Uma Jornada para o Céu (Filme completo)
Qui 12 Out 2017, 15:49 por Paulo Cezar

» Seja como uma criança, mas não seja criança
Qua 11 Out 2017, 23:14 por Henrique

» Como crentes serão julgados?
Sab 07 Out 2017, 17:57 por B.V.

» DIVULGANDO - Acompanhe + Um Debate REENCARNAÇÃO defendida por TZARUCH
Sab 07 Out 2017, 15:14 por Henrique

» SSBBezerra - Espírita Kardecista volta ao Fórum
Sab 07 Out 2017, 10:30 por B.V.

» A DOUTRINA DO DÍZIMO Pt.1 (Ml.3.8) Escola Bíblica outubro de 2017
Sab 07 Out 2017, 01:28 por guganic

» A perversidade do homem anunciando a volta de Cristo.
Qui 05 Out 2017, 22:59 por M.Rogério

» André e Felipe - Decisão (Sony Music Live)
Qui 05 Out 2017, 02:09 por Paulo Cezar

» Site de radios gospel e outros...
Qua 04 Out 2017, 01:40 por Paulo Cezar

» ESCOLA BÍBLICA SETEMBRO/5 - GLÓRIA SOMENTE A DEUS/ OS CINCO SOLAS
Ter 03 Out 2017, 22:50 por Henrique

» Frase do dia.
Dom 01 Out 2017, 02:17 por Henrique

» VERSICULO DO DIA
Qui 28 Set 2017, 18:36 por Paulo Cezar

» Como eu posso buscar Deus de forma consciente?
Qui 28 Set 2017, 11:25 por Xnessax15

» ESCOLA BÍBLICA SETEMBRO/4 - SOMENTE PELA FÉ / OS CINCO SOLAS
Qua 27 Set 2017, 21:09 por Henrique

» CÂNTICOS VOCAL - JERUSALÉM
Qua 27 Set 2017, 20:19 por Henrique

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

  IRMÃOS DE JOSÉ & IRMÃOS AMADOS. Gn.37.3,4.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
guganic

avatar

Mensagens : 2098
inscrito em : 08/08/2011

MensagemAssunto: IRMÃOS DE JOSÉ & IRMÃOS AMADOS. Gn.37.3,4.   Seg 01 Abr 2013, 12:44

IRMÃOS DE JOSÉ & IRMÃOS AMADOS

Gn. 37.3
E Israel amava a José mais do que a todos os seus filhos, porque era filho da sua velhice; e fez-lhe uma túnica de varais cores.

Vs.4
Vendo, pois, seus irmãos que seu pai o amava mais do que a todos os seus irmãos, aborreceram-no e não podiam falar com ele pacificamente.

Quem nunca pregou sobre José e seus irmãos? Quem nunca tenha lido ou ouvido sobre José e sua trajetória de vida?

Serei mais um a aventurar-me a escrever e falar um pouco sobre parte da vida deste jovem, seus pais e irmãos.

Já vi e também li alguns eruditos malhando Jacó pelo fato de amar mais a José do que aos demais filhos.

Particularmente não concordo com nenhum deles. Amor e ódio são sentimentos pessoais e que podem surgir do nada ou pode surgir por uma circunstância qualquer ou não.

No caso de Jacó, está escrito que a razão deste amor em maior dose por José, era porque o mesmo era filho da sua velhice.

Analisando os passos de Jacó e de sua vida amorosa, vejo uma outra vertente para este amor mais acentuado por José.

O grande amor da vida de Jacó chamava-se Raquel; foi por Raquel que Jacó aceitou a idéia de trabalhar por sete anos e que acabaram virando catorze. (Gn. 29.27).

Mas Jacó amava mais a Raquel do que a Lia (vs.30) e continuou servindo a Labão por outro sete anos.

Segundo o que está escrito Lia era desprezada (vs.31) e o Senhor fê-la fecunda e ela gerou e deu à luz a Rúben, depois a Simeão.

Lia tinha esperança de ser amada por Jacó por cada filho que dava a ele (vs.34) e logo veio Levi (apego) e em seguida Judá, e cessou de dar à luz.

Ainda até nesta fase o amor de Jacó era todo para Raquel.

Raquel apesar de tanto amor era infeliz por não conceber e deu a Jacó sua serva Bila que veio a conceber e deu a luz a Dã, depois Naftali.

Depois Jacó gerou de Zilpa serva de Lia a mal amada e assim Jacó foi aumentado sua prole de três mulheres diferentes até o Senhor abrir a madre de Raquel.

Raquel ao conceber (Gn. 30.23,24) declarou: Deus me tirou o vexame e deu ao seu filho o nome de José.

Você pode imaginar a diferença entre José e os demais filhos de Jacó?

José era o fruto de um grande amor. Os demais eram somente frutos de simples relações sexuais. E isto faz a diferença.

As irradiações do amor verdadeiro na vida da alma, constituem uma das condições fundamentais da felicidade humana e um dos fins principais da vida. Jacó foi atingido por este amor, esta irradiação.

Raquel voltou a dar a luz a um outro filho Benoni, que Jacó chamou de Benjamim; e Raquel morreu.

A pergunta é: além das lembranças afetivas emocionais o que realmente restava de Raquel na vida de Jacó? José e Benjamim.

José era o filho órfão da mulher amada desde a primeira vista quando ele a beijou. (Gn. 29.11). Beijo é coisa séria.

Filhos do mesmo pai com mães diferentes ou vice-versa geram relacionamentos desiguais em alguns instantes da vida de todos.
No caso de Jacó isto não foi diferente.

A dedicação de Jacó a José ostentando maior amor não pode ser justificado ou debitado só por conta da velhice do mesmo.

A atitude dos demais irmãos de José revela não só ciúmes, como inveja e falta de compreensão pela situação do pai.

Tivessem eles consideração e entendesse o lado emocional de Jacó e procurassem evidenciar amor a José e ao próprio pai e as coisas seriam diferentes e para melhor.

Trazendo para a dimensão espiritual todos somos filhos de Deus, mas todos não pertencemos à mesma igreja, ou denominação, ou seja: não temos a mesma mãe espiritual. (Pv. 6.20,21).

Com uma família tão diversificada, formada por mulheres e filhos diferentes, certamente a vida de Jacó era conturbada, e inveja, contendas e ciúmes era uma constante na vida deles.

Daí o clima hostil entre irmãos e mulheres e Jacó no meio.

O descontrole emocional e a intolerância entre irmãos eram tão grande que eles não podiam falar com José pacificamente.

José na sua inexperiência contava todos os seus sonhos a eles e o resultado era acúmulo de invejas em alta.

Cuidado para quem você conta teus sonhos; ele pode ser um irmão de José e não vai morrer de inveja e sim tentar te matar de tanta raiva que terá contra você.

José nasceu quando Jacó tinha 91 anos e Benjamim 9 anos depois; logo, José não era o filho de sua velhice mais do que os outros.

Agora, Jacó foi um tanto insensato ao demonstrar abertamente a sua preferência por José.

Os filhos sempre percebem quando os pais mostram preferências e isto sempre causa problemas na família.

As atitudes preferenciais de Jacó levaram os irmãos de José não só a invejar como a ter ódio, uma aversão profunda ao ponto de desejar mata-lo.

A Bíblia diz (Ct. 8.6) que o ciúme é duro como a sepultura.

Ainda hoje, identificamos inveja e ciúmes entre irmãos de fé, e também irmãos de sangue, nos lares na igrejas, nos fóruns...

Há casos de irmãos tanto de sangue como irmãos na fé, que são verdadeiros absurdos.

A Bíblia diz que é bom e suave (Sl.133.1) que os irmãos vivam em união.

Não é o ciúme ou a inveja de alguém que vai impedir Deus de colocar o teu irmão no lugar que Deus revelou colocar.

Aprenda com Daniel, Hananias, Misael e Azarias.

Daniel foi colocado no poder e mandou buscar seus amigos para governar com ele. Não havia inveja entre eles.

O próprio Nabucodonosor declarou:
Dn. 1.19
E entre todos foram achados outros como Daniel, Hananias, Misael, e Azarias; por isso passaram a assistir diante do rei.

Oxalá que todos os irmãos na fé e de sangue possam se achados como Daniel e seus companheiros e irmãos de fé.

E todos nós possamos assistir diante do Rei dos reis.

Amai-vos ardentemente uns aos outros. (I Pd. 1.22).

Honrai a todos (I Pd. 2.17) amai aos irmãos. Temei a Deus.

Guganic















Voltar ao Topo Ir em baixo
 
IRMÃOS DE JOSÉ & IRMÃOS AMADOS. Gn.37.3,4.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» CUIDADO COM O PREGADOR: "IRMÃO ELI SORIANO"
» FELIZ ANIVERSARIO E PARABÉNS IRMÃO arona
» PAZ IRMÃO INGO , OU MELHOR IRMÃO EDSON MICHELS
» boa noite amados irmãos vou dormir.
» Alemão preso por manter relação com irmã quer indenização

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM ESTUDOS BÍBLICOS-
Ir para: