SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seConectar-se

O Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns se desviarão da fé e darão ouvidos a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios; 1 Timóteo 4:1

ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
24 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 24 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» Minuto com Deus!!!
Hoje à(s) 01:23 por Paulo Cezar

» Escola biblica mes de Junho. Tema a volta de Jesus Cristo.
Dom 17 Jun 2018, 10:54 por jairo nuness

» Novo estudo favorece o criacionismo ao dizer que 90% das espécies surgiram ao mesmo tempo
Qui 14 Jun 2018, 20:58 por Henrique

» SERÁ ASSIM QUE O IMPÉRIO ROMANO VAI RESSURGIR?
Qua 13 Jun 2018, 22:07 por Henrique

» DIA DOS NAMORADOS. Então, o que é o namoro, o que a Bíblia diz sobre isso?
Ter 12 Jun 2018, 20:11 por Henrique

» SALA ESPECIAL DOS LOUVORES
Seg 11 Jun 2018, 20:28 por M.Rogério

» Por que foi necessário que Cristo, o Redentor, morresse?
Seg 11 Jun 2018, 18:45 por Henrique

»  URGENTE! O TERCEIRO TEMPLO VAI SER RECONSTRUÍDO EM BREVE!
Dom 10 Jun 2018, 14:02 por jairo nuness

» Escola biblica referência mês de junho. Tema apostasia.
Dom 10 Jun 2018, 13:57 por jairo nuness

» O Perigo da Apostasia - Paul Washer
Sab 09 Jun 2018, 23:20 por Henrique

» Frase do dia.
Sab 09 Jun 2018, 15:30 por Henrique

» "A Doutrina da Reencarnação em Hebreus 11:35."
Qua 06 Jun 2018, 21:37 por M.Rogério

» Tópico Exclusivo Pregações
Qua 06 Jun 2018, 21:30 por M.Rogério

» Como Jesus Pode Ser Deus e Homem?
Qua 06 Jun 2018, 21:02 por M.Rogério

» Levantando os abatidos
Seg 04 Jun 2018, 20:57 por M.Rogério

» O CASO DOS PORCOS POSSUÍDOS
Seg 04 Jun 2018, 18:26 por Henrique

» Escola biblica referência mês de junho. Lição 1 - Heresias.
Dom 03 Jun 2018, 11:16 por jairo nuness

» Existência da Embaixada Palestina no Brasil é questionada por Feliciano:“Não possui status de Estado
Sab 02 Jun 2018, 21:45 por Henrique

» Alerta Brasil.
Sab 02 Jun 2018, 21:22 por Henrique

» Aviso para Marcelo Almoedo
Sab 02 Jun 2018, 21:09 por Henrique

» Por que o Redentor tem de ser verdadeiramente humano?
Qui 31 Maio 2018, 17:56 por Henrique

» HOJE ANIVERSÁRIO DE NOSSO IRMÃO JAIRO!
Ter 29 Maio 2018, 18:25 por guganic

» Sendo Cristão vc é a favor ou contra a paralisação dos caminhoneiros?
Seg 28 Maio 2018, 02:45 por guganic

» Ela teve uma visão foi arrebatada e viu o paraiso e o inferno e foi curada.
Dom 27 Maio 2018, 12:35 por jairo nuness

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

  OS PERIGOS DA INSATISFAÇÃO PERMANENTE. Lc.3.10-14.

Ir em baixo 
AutorMensagem
guganic

avatar

Mensagens : 2146
inscrito em : 08/08/2011

MensagemAssunto: OS PERIGOS DA INSATISFAÇÃO PERMANENTE. Lc.3.10-14.   Sex 21 Dez 2012, 11:52

OS PERIGOS DA INSATISFAÇÃO PERMANENTE
Lc.3.10-14.

Lc. 3.10
E a multidão o interrogava, dizendo: Que faremos, pois?
Vs.11
E, respondendo ele, disse-lhes: Quem tiver duas túnicas, reparta com o que não tem, e quem tiver alimentos, faça da mesma maneira.
Vs.12
E chegaram também uns publicanos, para serem batizados, e disseram-lhe: Mestre, que devemos fazer?
Vs.13
E ele lhes disse: Não peçais mais do que o que vos está ordenado.
Vs.14
E uns soldados o interrogaram também, dizendo: E nós que faremos? E ele lhes disse: A ninguém trateis mal nem defraudeis, e contentai-vos com o vosso soldo.

João Batista parecia ter diante de si, uma multidão de pessoas insatisfeitas por natureza.

Quem sabe eles viam no batismo nas águas mais um meio para uma satisfação pessoal e não um ato de caráter espiritual.

Quem sabe por isto foram chamados de “raças de víboras”, de venenosos.

As pessoas permanentemente insatisfeitas correm riscos maiores de serem vítimas das suas próprias insatisfações.

A Bíblia registra a historia de um homem altamente insatisfeito e invejoso.

Pois uma das características da inveja é o ser insatisfeito em tudo.

A Bíblia diz que Hamã gozava uma posição de destaque no reino de Assuero.

E quando a Rainha Ester solicitou ao rei a presença dele juntamente com o rei no banquete que haveria de fazer em homenagem ao próprio rei,

Ester deixou bem claro ao rei Assuero que era imprescindível à presença de Hamã no referido “banquete”.

E está escrito (Et. 5.9) que naquele dia, Hamã saiu alegre e de bom ânimo da presença do rei por tamanha honra.

Mas o mesmo verso registra a imediata insatisfação de Hamã, pelo fato de Mardoqueu não mover-se diante dele para saúdá-lo com a reverência que ele achava que merecia.

Hamã era um homem ávido de honrarias, parecia alimentar-se da proeminência.

Ainda hoje tem gente assim; se acha a última Pepsi-cola do deserto.

A atitude de Mardoqueu estragou o dia de Hamã que furioso ficou (Et. 5.11) ainda que tivesse de se refrear, se conter por um tempo.

Hamã mesmo diante deste incômodo, ufanava-se por suas muitas riquezas (Et. 5.11) e glórias e filhos e por tudo em que o rei Assuero o tinha engrandecido.

Ser honrado pelo rei, ser honrado pela rainha, ser exaltado sobre os príncipes do rei Assuero não era e não foi o suficiente para Hamã.

A Bíblia registra uma declaração incrível de Hamã, que diz:

Et. 5.13
Porém tudo isso não me satisfaz, enquanto não vir o judeu Mardoqueu assentado à porta do rei.

Diante de tanta glória e honraria a insatisfação levava Hamã às raias da imbecilidade.

A imbecilidade também é uma característica dos insatisfeitos.

A Bíblia diz que o que cava uma cova (Pv. 26.27) nela cairá.

Há também um adágio popular que diz: quem boa cama faz, nela se deita.

Hamã tentou e estava armando uma cova para Mardoqueu com as próprias mãos; as mãos da insatisfação permanente.

Honrado pelo, rei, pela rainha e pelos príncipes, lhes faltava ser honrado por Mardoqueu.

E depois de uma noite de insônia (Et.6,1-3) o rei Assuero pediu a Hamã, um conselho sobre como exaltar o homem (Et.6.6) cujo rei se agradava.

E com um brilho nos olhos Hamã tomou para si a possível bênção que haveria de vir da parte do rei, e para si mesmo sentenciou como fazer a sua “boa cama”.

Mas tudo que desejou para si foi endereçada a Mardoqueu, e tudo que ele planejou para Mardoqueu, (a forca) foi para sua própria desgraça.

O homem que se achava digno de vestir as vestes do rei, e montar o cavalo do rei e ser honrado publicamente, (Et. 6.7.11) pelo rei, acabou na ruína, vítima de sua própria insatisfação.

Devemos ter cuidado com a insatisfação infundada, pois se ela tiver domínio sobre nós, em vez de montarmos no cavalo, seremos a pessoa que há puxar o cavalo do sucesso de outros.

É bem verdade que contentamento não é uma inclinação natural do homem; mais não temos que ser um poço de insatisfação permanente, pois isto é um laço de morte para nossas vidas.

O materialismo exagerado só acrescenta dores a estas pessoas e os permanentemente insatisfeitos são materialistas exacerbados.

Guganic


Querendo participar do tópico, faça-o aqui.
OS PERIGOS DA INSATISFAÇÃO PERMANENTE. lC.3.10-14 Participe aui se o desejar
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
OS PERIGOS DA INSATISFAÇÃO PERMANENTE. Lc.3.10-14.
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Os perigos do Acordo Brasil-Vaticano
» OS PERIGOS DA SOJA, QUE NINGUÉM LHE CONTOU
» Um Calendário Permanente absolutamente original
» Hedonismo:Quais os perigos?
» Bússula colocada proóxima de um ímã

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM ESTUDOS BÍBLICOS-
Ir para: