SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seLogin
Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. ” Gálatas 2:20
ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
29 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 29 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» Eu não posso viver sem ti adorar!
Ontem à(s) 19:35 por M.Rogério

» AFINAL COMEMOREMOS O NATAL OU NÃO?
Ontem à(s) 19:26 por M.Rogério

» NEEMIAS, O HOMEM MAIS IMPORTANTE DO REINO - Ne. 2.1-8. -
Ontem à(s) 12:10 por jairo nuness

» Pedi, e dar-se-vos-á. (Mateus 7.7) DEVOCIONAL
Ontem à(s) 09:34 por Henrique

» Deus é quem criou o diabo ?(mas sobre predestinação)
Dom 04 Dez 2016, 18:27 por B.V.

»  MOVIDOS PELA GRAÇA At.4.32-35
Dom 04 Dez 2016, 15:21 por guganic

»  Fiquei sobremodo alegre pela vinda de irmãos e pelo seu testemunho da tua verdade... DEVOCIONAL
Sex 02 Dez 2016, 09:43 por Henrique

» 30 LOUVORES QUE EDIFICAM PARA OUVIR EM 2017 - As Melhores Músicas Gospel
Qui 01 Dez 2016, 20:28 por Paulo Cezar

» Musicas Gospel para ouvir , Orar e Meditar.
Qui 01 Dez 2016, 20:27 por Paulo Cezar

» VERSICULO DO DIA
Qui 01 Dez 2016, 16:27 por Paulo Cezar

» Minuto com Deus!!!
Qui 01 Dez 2016, 09:52 por Paulo Cezar

» FILHOS NUMA TERRA DISTANTE Lc. 15.11-16
Qua 30 Nov 2016, 12:29 por guganic

» Pastora Sarah Sheeva “zera” as redes sociais com post sobre seus “10 anos sem ver aquilo maravilhoso
Qua 30 Nov 2016, 08:23 por Henrique

» Frase do dia.
Ter 29 Nov 2016, 20:32 por M.Rogério

» O mal uso da internet
Ter 29 Nov 2016, 20:27 por M.Rogério

» O Evangelho não é algo a ser pregado somente aos escolhidos, mas a TODOS os homens.
Ter 29 Nov 2016, 19:59 por M.Rogério

» Dom de línguas
Ter 29 Nov 2016, 10:37 por salomão

» ESCOLA BÍBLICA, PRIMEIRA PARTE, NOVEMBRO A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO.
Ter 29 Nov 2016, 07:53 por Henrique

» Escola Bíblica, Novembro. Segunda parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:51 por Henrique

» A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO. Comentários
Ter 29 Nov 2016, 07:40 por Henrique

»  Escola Bíblica, Novembro. Terceira parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:34 por Henrique

» A origem do dia de sábado
Sex 25 Nov 2016, 20:35 por salomão

» A VERDADEIRA LIBERDADE - Para proclamar libertação aos cativos. (Lucas 4.18) DEVOCIONAL
Sex 25 Nov 2016, 10:22 por Henrique

» O ÚNICO MANDAMENTO (Jo. 2.1-11) ... DE MARIA.
Qui 24 Nov 2016, 15:53 por guganic

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

  VIAJANDO EM ÁGUAS TRANQÜILAS. (Sl.23.2)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
guganic



Mensagens : 2018
inscrito em : 08/08/2011

MensagemAssunto: VIAJANDO EM ÁGUAS TRANQÜILAS. (Sl.23.2)   Dom 12 Fev 2012, 17:16


Vs.2b
Guia-me mansamente a águas tranqüilas.

Só quem já passou e saiu com vida de uma forte tempestade no mar, entende o significado de: Guia-me mansamente a águas tranqüilas.

Águas tranqüilas não significam águas paradas, estagnadas, sem as correntes marinhas.

Águas tranqüilas não são a mesma coisa de “calmarias” falta de ventos.

Quando lemos: Guia-me mansamente, entendemos perfeitamente que alguém deve estar no comando desta viagem e que tem experiência para guiar: o piloto ou comandante da embarcação.

Este alguém demonstra experiência quando percebe que as águas por alguma razão estão ficando turbulentas ou porque está começando uma Calmaria.

Nos idos da década de 50/60 íamos para Ilha de Maré (Município de Salvador) ou Itaparica, de saveiros; barcos impulsionados à vela de panos. (Saíamos da Ribeira aos sábados à tarde).

Algumas vezes éramos surpreendidos por tempestades que surgiam do nada e em algumas vezes com perda de parte das mercadorias transportadas.

A habilidade daquele que estava no leme e conduzia o saveiro fazia a diferença; ele podia transmitir e dá confiança aos passageiros ou não.

A maneira de conduzir o leme do barco e o manejo das velas indicava que aquele timoneiro era experiente e podíamos confiar.
Hoje a mesma viagem é feita com barcos a motores diezel não sei se ainda usam saveiros.

Quando leio esta gloriosa passagem bíblica: Guia-me a águas tranqüilas? Entendo perfeitamente o significado.

No barco do Evangelho estamos numa longa jornada ao porto seguro de nossas vidas: Nossa salvação em Cristo.

E muitas vezes nesta jornada de peregrinação aqui na terra, somos atingidos por turbulentas tempestades ou calmarias que podem nos tirar do destino certo: a Canaã Celestial.

As tempestades em alto mar algumas vezes surgem do nada, e muitas vezes quando o sol ainda está brilhando.

As nuvens que eram brancas se tornam negras e geralmente com perigosas rajadas de ventos tipo Euro-aquilão. (Traiçoeiro vento leste-nordeste).

O apostolo Paulo (At.27) viveu esta experiência inclusive a perda da nau.
Como a viagem de Paulo era um tanto longa diz ele: ficamos alguns dias sem sol (At.27.20) nem estrelas: dissipou-se afinal toda esperança de salvamento.

Ainda hoje algumas pessoas em suas jornadas de peregrinação nesta vida têm visto dissipada toda sua esperança de salvamento, mesmo no barco do Evangelho.

Algumas foram atacadas por violentas tempestades ao atenderem um telefonema que mudou a sua vida para pior.

Outros por terem conhecido alguém no lugar errado na hora errada sendo esta a pessoa errada para fazerem a viagem juntos.

O jugo desigual não gera acordo; (Am. 3.3) Porventura andarão dois juntos se não tiverem de acordo? Claro que não.

O que não falta hoje nos meios evangélicos são pessoas (crentes) e não crentes (no mundo inteiro) que têm visto suas esperanças de salvação (livramentos) dissipadas.

Alguns resolveram trazer para o barco (suas vidas) a mercadoria das drogas, álcool ou prostituição e com elas querem viajar no barco do Evangelho.

Outros querem viver suas vidas sem a participação de alguém que conhece as correntes marítimas: Jesus.

Este alguém que não deve ser dispensado do teu barco é o timoneiro, o homem do leme, aquele que por experiência de vida conhece o mar e sabe o que é padecer. (Is. 53.3).

Precisas de um comandante para tua embarcação? (Tua vida?) Leia o currículo deste que pilota o barco do Evangelho. Is. 53. E veja se ele é experiente, e se te serve.

Outras vezes não são as tempestades que nos tiram do rumo certo ao nosso porto seguro; são as calmarias ainda que o sol esteja brilhando.

Quantas pessoas começaram navegar (a viver) a todo vapor impulsionados pelos ventos das primeiras vitórias de suas vidas e passaram a acreditar que nenhuma intempérie poderia surgir.

Pessoas que acham que a vida é só vitória como os vendilhões da fé da atualidade apregoam dia noite na mídia e em seus salões abarrotados de viajantes (evangélicos) oportunistas.

Na Bíblia dos vendilhões da fé (Jo. 16.33) Jesus nunca disse: No mundo tereis aflições.

Por outro lado os espertalhões e vendilhões da fé dizem: eu venci o mundo e vós vencereis. Esta é a mentira mais descarada que alguém pode proferir

Mais é justamente o que os oportunistas da fé (evangélicos descompromissados com a Poderosa Palavra) querem ouvir ou ler e poder dizer: amém! Para algo que Jesus nunca disse.

O Salmo 23 é o sexto salmo messiânico, que retrata catorze bênçãos do Messias o Prático, o comandante do Evangelho.

O prático é aquele que conhece melhor o caminho para atracação da embarcação no cais do porto.
Ele representa segurança para todos e para a embarcação.

Entre as catorze bênçãos retratadas neste Salmo está à garantia de uma viagem por águas perenes, águas que são as doutrinas de Deus para aqueles que em Cristo têm um Porto Seguro.

As pessoas que aceitam o comando de Cristo em suas vidas são guiadas a tranqüilas e profundas águas de frescor e descanso.

As doutrinas de Deus são umas tranqüilidades para os que ingressam no Plano da Salvação de Deus em Cristo.

Mas está em Cristo não significa dizer nunca enfrentar calmarias ou tempestades.
Elas existem e podem nos acontecer. A diferença é que com Cristo no barco a chegada ao porto seguro é certa.

Se estiverdes parados no tempo, se a calmaria tem tornado tua vida espiritual improdutiva, não tens prosperado na graça, na fé e na confiança que há em Cristo? Convida Jesus para ser teu piloto.

Creia! Se Jesus está no comando os ventos de avivamentos te atingirão em cheios agora, e terás tua vida de vitórias de volta rumo ao Porto Seguro: A Canaã Celestial.

O Senhor é aquele que sempre quer nos guiar mansamente a águas tranqüilas, sua Poderosa Palavra.

Tenha um domingo tranqüilo com Cristo.

Guganic

Voltar ao Topo Ir em baixo
guganic



Mensagens : 2018
inscrito em : 08/08/2011

MensagemAssunto: Re: VIAJANDO EM ÁGUAS TRANQÜILAS. (Sl.23.2)   Ter 23 Jun 2015, 00:57

Alguém depende de alguém para ser alguém.
 
 
Guganic
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
VIAJANDO EM ÁGUAS TRANQÜILAS. (Sl.23.2)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» As águas de Meribá
» O texto de Gênesis 1.21 diz que os répteis de alma vivente foram produzidos pelas águas?
» Aguas internacionais - Sul do Brasil
» EXCLUSIVO VIDEO DO BATISMO NAS AGUAS DE MINHA ESPOSA JANE .
» Redação - O problema no uso da água

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM ESTUDOS BÍBLICOS-
Ir para: