SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seConectar-se

O Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns se desviarão da fé e darão ouvidos a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios; 1 Timóteo 4:1

ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
23 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 23 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» Pesquisa em 198 países aponta crescimento da perseguição religiosa aos cristãos e judeus
Ontem à(s) 12:52 por Henrique

» Domínio do Pecado ou da Graça ?
Sex 22 Jun 2018, 21:51 por M.Rogério

» Minuto com Deus!!!
Sex 22 Jun 2018, 01:52 por Paulo Cezar

» Frase do dia.
Qua 20 Jun 2018, 09:27 por Henrique

» Escola biblica mes de Junho. Tema a volta de Jesus Cristo. Lição 3
Dom 17 Jun 2018, 10:54 por jairo nuness

» Novo estudo favorece o criacionismo ao dizer que 90% das espécies surgiram ao mesmo tempo
Qui 14 Jun 2018, 20:58 por Henrique

» SERÁ ASSIM QUE O IMPÉRIO ROMANO VAI RESSURGIR?
Qua 13 Jun 2018, 22:07 por Henrique

» DIA DOS NAMORADOS. Então, o que é o namoro, o que a Bíblia diz sobre isso?
Ter 12 Jun 2018, 20:11 por Henrique

» SALA ESPECIAL DOS LOUVORES
Seg 11 Jun 2018, 20:28 por M.Rogério

» Por que foi necessário que Cristo, o Redentor, morresse?
Seg 11 Jun 2018, 18:45 por Henrique

»  URGENTE! O TERCEIRO TEMPLO VAI SER RECONSTRUÍDO EM BREVE!
Dom 10 Jun 2018, 14:02 por jairo nuness

» Escola biblica referência mês de junho. Tema apostasia. Lição 2
Dom 10 Jun 2018, 13:57 por jairo nuness

» O Perigo da Apostasia - Paul Washer
Sab 09 Jun 2018, 23:20 por Henrique

» "A Doutrina da Reencarnação em Hebreus 11:35."
Qua 06 Jun 2018, 21:37 por M.Rogério

» Tópico Exclusivo Pregações
Qua 06 Jun 2018, 21:30 por M.Rogério

» Como Jesus Pode Ser Deus e Homem?
Qua 06 Jun 2018, 21:02 por M.Rogério

» Levantando os abatidos
Seg 04 Jun 2018, 20:57 por M.Rogério

» O CASO DOS PORCOS POSSUÍDOS
Seg 04 Jun 2018, 18:26 por Henrique

» Escola biblica referência mês de junho. Lição 1 - Heresias.
Dom 03 Jun 2018, 11:16 por jairo nuness

» Existência da Embaixada Palestina no Brasil é questionada por Feliciano:“Não possui status de Estado
Sab 02 Jun 2018, 21:45 por Henrique

» Alerta Brasil.
Sab 02 Jun 2018, 21:22 por Henrique

» Aviso para Marcelo Almoedo
Sab 02 Jun 2018, 21:09 por Henrique

» Por que o Redentor tem de ser verdadeiramente humano?
Qui 31 Maio 2018, 17:56 por Henrique

» HOJE ANIVERSÁRIO DE NOSSO IRMÃO JAIRO!
Ter 29 Maio 2018, 18:25 por guganic

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

 Escola biblica mes de maio restauração de uma nação Israel |

Ir em baixo 
AutorMensagem
davi

avatar

Masculino Mensagens : 516
inscrito em : 01/07/2011

MensagemAssunto: Escola biblica mes de maio restauração de uma nação Israel |   Dom 28 Maio 2017, 13:43

Escola bíblica semeadores da palavra de Deus  , referência mês de maio de 2017.

Ola amigos e irmãos a paz do Senhor Jesus.

 

Hoje a ultima escola bíblica do mês de maio de 2017.

Tema  restauração e vamos falar hoje sobre a restauração de uma nação   Israel |
 

Texto aúreo  :


Pois vos tirarei dentre as nações, e vos congregarei de todos os países, e vos trarei para a vossa terra. (Ezequiel 36:24)

Introdução :

Os fatos acorrido narrado na bíblia nos leva a ver um grande acontecimento que foi sobre a historia do povo de Isarel , fórum vários acontecimentos com povo de deus desde a época de abraaõ ate nos dias atuais e nos fatos narrados na bíblia , as profecias nelas contidas nos leva a ver claramente que há em Deus um plano para o povo de Israel como nação.

Deus ama o povo de Isarel de uma maneira sobrenatural por isso devemos amar a nação de Israel sabendo que um dia esta nação sera de uma ves por toda restaurada por Deus vamos ver nesta lição a situação em que a nação ficou e as promessas de Deus para o seu povo como isarel.

Texto básico da lição.

Veio sobre mim a mão do SENHOR, e ele me fez sair no Espírito do SENHOR, e me pôs no meio de um vale que estava cheio de ossos.

E me fez passar em volta deles; e eis que eram mui numerosos sobre a face do vale, e eis que estavam sequíssimos.

E me disse: Filho do homem, porventura viverão estes ossos? E eu disse: Senhor DEUS, tu o sabes.

Então me disse: Profetiza sobre estes ossos, e dize-lhes: Ossos secos, ouvi a palavra do Senhor.

Assim diz o Senhor DEUS a estes ossos: Eis que farei entrar em vós o espírito, e vivereis.

E porei nervos sobre vós e farei crescer carne sobre vós, e sobre vós estenderei pele, e porei em vós o espírito, e vivereis, e sabereis que eu sou o Senhor.
Ezequiel 37:1-14
 
 
                                 1 – A decadência de israel.

Fazendo  um resumo as historia , sabemos que após a morte de Salomão o reino foi dividido , reino norte e reino do sul e em consequência seus lideres se conrroperam levando o povo a pecar e se esquecerem da palavra de Deus e por fim ao exilo .

Alguns eruditos acham que Ezequiel teve a visão do "vale dos ossos secos" por volta de 585 a.C. Isto indica que a maioria dos cativos levados a Babilônia com o rei Joaquim havia estado no exílio por mais de uma década. Todavia, muitos outros, a exemplo de Daniel e outros reféns reais que os precederam, já estavam no cativeiro há cerca de 20 anos (desde a primeira deportação em 606 a.C.). A destruição de Samaria em 722 a.C., e mais tarde a de Jerusalém, no ano 587 a.C., foram experiências dramáticas e traumáticas. Muitos israelitas "perderam a fé", ou pelo menos viram suas esperanças reduzidas a pedaços por um Deus que parecia ter abandonado Seu povo à triste sorte (cf. Isaías 49:14). Os falsos profetas haviam anunciado uma breve estadia de dois anos na Babilônia. Porém, com o passar dos anos, a esperança dos exilados foram frustradas. Desvanecera-se toda a esperança de um exílio de pouca duração. Desalentados, os judeus consideravam-se como ossos mortos, branqueados pelo tempo, e espalhados à entrada da sepultura, incapazes de viver outra vez. Segundo o profeta Ezequiel, muitos deportados estavam mais do que desanimados. Esta situação levou os exilados Israelitas a dizerem: "Nossos ossos se secaram e nossa esperança desvaneceu-se; fomos exterminados" (v. 11).

Triste situação ficou o povo de Isarel a tal ponto que Deus falando ao profeta em visão o levou a ver uma vale de ossos , comparando o seu povo a este vale  de ossos secos.
 
                2 – O abondo a Deus .

Diz Deus

 Porque o meu povo fez duas maldades: a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram para si cisternas, cisternas rotas, que não retêm as águas.  

Deus é a fonte de água viva, nossa vida depende dele. Sem Deus você não vive. Deus é a fonte de vida abundante, Deus não é uma cisterna, mas uma fonte. Uma cisterna apenas armazena água, mas uma fonte produz água. A água corre da fonte. A fonte é inesgotável. A fonte tem água viva, água limpa, água cristalina, água que flui abundantemente. Isso é um símbolo da vida que Cristo nos oferece. Quem nele crer tem uma fonte a jorrar para a vida eterna. Quem nele crer nunca mais terá sede.



Judá abandonou o Manancial de águas vivas. Foi uma rejeição lenta, por dias sem fim. Um esquecimento despercebido, devagar, aos poucos: cedendo um pouco aqui, um pouco ali; não falando de Deus aos filhos conforme ordenava a lei mosaica; levando um cordeiro desqualificado para o sacrifício, realizando um ritual vazio, sem sentido espiritual, apenas na aparência; esqueceram das ofertas alçadas; esqueceram dos pobres e necessitados; perderam-se na prostituição. O pecado do povo é tão grave que até os céus ficam espantados e são tomados como testemunhas (Jr 2.12). É algo simplesmente inacreditável! Israel saiu da direção de Deus e procurou o Egito e a Assíria. Fez isso pensando que seria lucro, mas foi uma grande perda; pensaram que seria uma benção, mas receberam o castigo; pensaram que sairiam saciados mas ficaram mais sedentos (Jr 2.17-19).

                        3 – O Exilo

O cativeiro babilônico não foi nada fácil para os judeus. Eles foram humilhados, maltratados e insultados, e a lembrança da queda de Jerusalém e da destruição do Templo esmagava-os.

 

O Salmo 137, ao mesmo tempo em que relata a tristeza dos judeus no cativeiro babilônico, também mostra o quão distante eles estavam da presença de Deus, a ponto de nos revelar que o grande lamento daquele povo era por sua adorada Jerusalém e não por estarem arrependidos pela desobediência aos mandamentos do Senhor.

 

No cativeiro, os judeus choraram com saudade de Jerusalém, choraram pelo Templo destruído, mas não choraram por terem se esquecido da Palavra do Senhor. Eles oraram pedindo vingança, mas não oraram pedindo perdão (Sl 137:5-9).

A situação do povo era muito triste , pobresa , lagrimas e dor , isso que acontece quando um povo ou uma pessoa se afaste de Deus.

o Salmo 137 nos mostra que a maioria dos judeus se recusou a cantar a canção do Senhor em uma terra estranha, o livro de Daniel nos mostra que ainda havia aqueles que compreendiam a soberania de Deus mesmo no exílio.

O povo no exilo clamava

Restaura-nos mais uma vez,

ó Deus, nosso Salvador,

e desfaze o teu furor para conosco. Ficarás indignado conosco para sempre?

Prolongarás a tua ira por todas as gerações? Acaso não nos renovarás a vida,

a fim de que o teu povo se alegre em ti? Mostra-nos o teu amor, ó Senhor,

e concede-nos a tua salvação!
Salmos 85:4-7
 
Esta era a condição de Israel e a situação de muitos crentes hoje, ausência de vida, de entusiasmo, de prazer na Casa de Deus, de deleite na oração.

A vida abundante que Cristo oferece parece estar ausente. O poder do Espírito Santo parece ser algo desconhecido. Muitos crentes estão dormindo. Outros estão imitando e amando o mundo. Outros estão flertando com o pecado. Outros estão apáticos às coisas de Deus.

A visão que deus dera ao profeta Ezequiel era que ele Deus um dia daria vida ao seu povo novamente se eles se arrependessem , e isso ocorreu mais tarde e o povo após 70 anos teve a suas vidas restauradas .

Em lugar da vergonha que sofreu,

o meu povo receberá porção dupla

e, em vez de humilhação,

ele se regozijará em sua herança;

pois herdará porção dupla em sua terra,

e terá alegria eterna.
Isaías 61:7

E´logico que estou falando aqui da restauração física de Israel na época do exilo

Esta lição não se aplica na restauração espiritual futura em termos de salvação.

                                      Conclussão;
 
A visão dos ossos secos nos mostrou a situação do povo de Israel ne época dos reis e a promessa de Deus de dar vida e trazelos de volta a sua pátria do exilo.

 

Na nossa vida muitas das vezes precisamos também de uma restauração , mas devemos sempre estarmos atentos para não abandonarmos a Deus como o povo de Israel  o fez .

A restauração de um povo , uma nação uma pessoa tem que ter o restaurador  o agente  a ser usado e um compromisso daquele a ser restaurado de querer , se arrepender e se voltar para o nosso Deus .

Amigos termina aqui mais uma escola bíblica do fórum Semeadores da palavra de Deus .

Querendo participar aqui no link abaixo ..



 http://gospel-semeadores-da.forumeiros.com/t13308-escola-biblica-mes-de-maio-restauracao-de-uma-nacao-israel-sua-participacao-aqui#59137
Muito obrigado a todos e ate a próxima .
 
Jaironuness.
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Escola biblica mes de maio restauração de uma nação Israel |
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» ESCOLA BIBLICA,GENESIS COMO TUDO COMEÇOU (3)
» Escola-biblica-a-historia-de-jaco-1-parte , parte 2 e parte final SUA PARTICIPAÇÃO AQUI.
» ESCOLA BIBLICA A HISTORIA DE ABRAÃO PARTE 2
» Escola biblica , FAMILIA UM PROJETO DE DEUS a Educação aos filhos e o convivio em familia. Parte f
» ESCOLA BIBLICA A HISTORIA DE JACO 1- PARTE .

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: Escola Bíblica-
Ir para: