SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seConectar-se

Porque, se com a tua boca confessares Jesus como Senhor, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo; Romanos 10.9

http://i.imgur.com/WOeDEht.jpg
ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
16 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 15 Visitantes :: 2 Motores de busca

Henrique

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» Como eu posso buscar Deus de forma consciente?
Ontem à(s) 23:31 por Henrique

» A DOUTRINA DO DÍZIMO. O DÍZIMO NA LEI Pt III Outubro de 2017
Ontem à(s) 00:21 por guganic

» Minuto com Deus!!!
Sab 21 Out 2017, 01:28 por Paulo Cezar

» É pecado o uso de camisinha ( preservativo ) nas relações sexuais?
Sex 20 Out 2017, 21:32 por Henrique

»  A FÉ VITORIOSA E A FÉ SUPERSTICIOSA Hb.11.1,2
Qua 18 Out 2017, 11:47 por guganic

» DEVOCIONAL - Temor e esperança pelo zelo de Deus
Qua 18 Out 2017, 11:20 por Henrique

» A Cura do câncer e a FOSFOETANOLAMINA SINTÉTICA.
Seg 16 Out 2017, 14:58 por Henrique

» A VERDADE QUE LIBERTA -Jo. 8.32-36-
Seg 16 Out 2017, 11:46 por guganic

»  Evangelho da Salvação x Evangelho da Solução
Dom 15 Out 2017, 09:32 por M.Rogério

» Arquivo baixado de um site e Bolsonário 2018
Sab 14 Out 2017, 14:06 por salomão

» A DOUTRINA DO DÍZIMO Pt. II (Hb.7.1-17) Escola Bíblica outubro de 2017 O DÍZIMO ANTES DA LEI
Sab 14 Out 2017, 07:21 por guganic

» Cristãos são expulsos de cafeteria por proprietário gay
Sex 13 Out 2017, 20:45 por Henrique

» Como é que DEUS teria permitido algo horroroso assim acontecer no dia 11 de setembro
Sex 13 Out 2017, 20:33 por Henrique

» O Peregrino – Uma Jornada para o Céu (Filme completo)
Qui 12 Out 2017, 15:49 por Paulo Cezar

» Seja como uma criança, mas não seja criança
Qua 11 Out 2017, 23:14 por Henrique

» Como crentes serão julgados?
Sab 07 Out 2017, 17:57 por B.V.

» DIVULGANDO - Acompanhe + Um Debate REENCARNAÇÃO defendida por TZARUCH
Sab 07 Out 2017, 15:14 por Henrique

» SSBBezerra - Espírita Kardecista volta ao Fórum
Sab 07 Out 2017, 10:30 por B.V.

» A DOUTRINA DO DÍZIMO Pt.1 (Ml.3.8) Escola Bíblica outubro de 2017
Sab 07 Out 2017, 01:28 por guganic

» A perversidade do homem anunciando a volta de Cristo.
Qui 05 Out 2017, 22:59 por M.Rogério

» André e Felipe - Decisão (Sony Music Live)
Qui 05 Out 2017, 02:09 por Paulo Cezar

» Site de radios gospel e outros...
Qua 04 Out 2017, 01:40 por Paulo Cezar

» ESCOLA BÍBLICA SETEMBRO/5 - GLÓRIA SOMENTE A DEUS/ OS CINCO SOLAS
Ter 03 Out 2017, 22:50 por Henrique

» Frase do dia.
Dom 01 Out 2017, 02:17 por Henrique

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

 Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Henrique

avatar

RELIGIAO : Cristão, denominação: Batista
Masculino Mensagens : 5277
nascido em : 27/01/1961
inscrito em : 09/09/2011
Idade : 56
Localização : São Paulo, capital

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Qui 24 Maio 2012, 14:33

Carlos, veja, não é possível ser dogmático neste assunto.

Acredito serem Elias e Enoque, mas quanto a seus corpos apenas sei que foram transladados pelo Senhor.

Já quanto aos do arrebatamento terão seus corpos transformados, e estaremos em uma nova terra e céus.

São muitas as possibilidades, a quem defenda serem Moisés e Elias que apareceram no monte da transfiguração.

Elias fez a chuva sessar por três anos e meio.

Também muitos, como o irmão defendem ser a igreja.

Ir. Assuero, sua argumentação faz sentido. Apenas posso dizer que no caso de Lázaro Jesus sabia que o ressuscitaria mesmo antes da sua morte, então não sabemos se sua alma deixou ou não o corpo, mas sabemos que alem de Enoque e Elias todos morreram na carne, inclusive Lázaro.

Voltar ao Topo Ir em baixo
conectado
Assuero
organizadores
organizadores
avatar

RELIGIAO : Batista do Sétimo Dia.
Masculino Mensagens : 4103
nascido em : 20/01/1968
inscrito em : 12/07/2011
Idade : 49
Localização : Rio de janeiro

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Qui 24 Maio 2012, 14:48


Ir. Assuero, sua argumentação faz sentido. Apenas posso dizer que no caso de Lázaro Jesus sabia que o ressuscitaria mesmo antes da sua morte, então não sabemos se sua alma deixou ou não o corpo, mas sabemos que alem de Enoque e Elias todos morreram na carne, inclusive Lázaro.

Irmão Henrique,não entendi essa parte...Enoque e Elias,morreram na carne?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Henrique

avatar

RELIGIAO : Cristão, denominação: Batista
Masculino Mensagens : 5277
nascido em : 27/01/1961
inscrito em : 09/09/2011
Idade : 56
Localização : São Paulo, capital

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Qui 24 Maio 2012, 14:53


Todos morreram na carne, seus corpos morreram, exceto Elias e Enoque.


-







-
Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho.
Salmos 119:105



Voltar ao Topo Ir em baixo
conectado
Assuero
organizadores
organizadores
avatar

RELIGIAO : Batista do Sétimo Dia.
Masculino Mensagens : 4103
nascido em : 20/01/1968
inscrito em : 12/07/2011
Idade : 49
Localização : Rio de janeiro

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Qui 24 Maio 2012, 14:58

Henrique escreveu:

Todos morreram na carne, seus corpos morreram, exceto Elias e Enoque.


Ah bom...agora entendi...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Henrique

avatar

RELIGIAO : Cristão, denominação: Batista
Masculino Mensagens : 5277
nascido em : 27/01/1961
inscrito em : 09/09/2011
Idade : 56
Localização : São Paulo, capital

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Qui 24 Maio 2012, 22:47

ficou um tanto confuso mesmo.

Para esclarecer melhor, todos morreram fisicamente, exceto Elias e Enoque.

Voltar ao Topo Ir em baixo
conectado
CarlosB
. . .MEMBRO ESPECIAL
.   .   .MEMBRO ESPECIAL
avatar

Mensagens : 75
inscrito em : 24/05/2012

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Sex 25 Maio 2012, 10:52


Olá Henrique:
Não vejo nenhuma possibilidade, agora a igreja vejo muitas, nada mais têm do que esse pertexto de não terem morrido à vista dos homens, também Moisés ninguém o viu morrer.

Há muita coisa que não està escrito mas subentende-se. Porque se fosse por estar escrito, sobre Elias e Henoque nada está escrito que eles virão

Além disso pensar que eles foram tanslandados com o corpo é um erro, porque a carne e o sangue não podem entrar no reino de Deus.

O reino é espiritual o corpo carnal; imagine milhões de eleitos sem corpo de carne e dois com corpo de carne.

Enquanto se for a igreja há imensas possibilidades, e eu sei que é. Como a oliveira, os castiçais, o serem perseguidos pela besta, como està em ap.13:6, o arrebatamento, etc...

Essa dos 3,5 anos e meio està em muitos lados henrique, não só em Elias, e além disso os profetas da lei só duraram até Cristo, já cumpriram o seu papel. Porque haveriam de viver duas vezes? Isso nâo tem sentido nem qualquer força biblica.

Além disso se a palavra diz que està ordenado ao homem morrer uma vez, e quer levar isso á letra, eu digo-lhe que muitos, dezenas morreram duas vezes, e assim a palavra estava errada.

Se eles encarnassem duas vezes, então os espiritas tinham razão porque existia reencarnação.

O que não està escrito não devemos afirmar. Tudo o que era da lei eram figuras da verdade, as cartas da nova aliança vêm revelar tudo o que estava escondido, e nem Cristo nem os apóstolos falam neles, por isso està apenas a basear-se num raciocinio sem qualquer base biblica.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Assuero
organizadores
organizadores
avatar

RELIGIAO : Batista do Sétimo Dia.
Masculino Mensagens : 4103
nascido em : 20/01/1968
inscrito em : 12/07/2011
Idade : 49
Localização : Rio de janeiro

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Sex 25 Maio 2012, 11:46

Isso é o que penso sobre as duas testemunhas,depois de estudar todas as vertentes...


Em primeiro lugar, este capítulo nos apresenta um panorama do santuário de Deus e Seus adoradores. Em seguida, trata das perseguições contra a igreja de Cristo pelo papado, na Idade Média, e da humilhação das Escrituras Sagradas por este poder no mesmo período.

A revolução francesa vem, a seguir, com seus tremendos horrores e sua decidida ação ateísta contra o santo livro de Deus, que por fim triunfa sobre seus inimigos.

A sétima trombeta, com seus acontecimentos que porão fim ao império da maldade na Terra, é a grande visão deste capítulo. Porém, encontramos ainda a ira das nações modernas a despeito do anseio pela paz; o tempo do juízo e do merecido galardão aos santos; e o tempo da destruição dos que destroem a Terra.

Por fim, descreve o profeta sua visão da “arca do concerto” de Deus, contendo o original da lei do Decálogo, visto no templo de Deus, cuja violação pelo mundo é apresentada como causa de sua próxima destruição.

Apocalipse 11:1 – “Foi-me dada uma cana semelhante a uma vara, e foi-me dito: Levanta-te e mede o templo de Deus e o altar, e os que nele adoram”.

O ato de medir algum objeto requer que seja dada atenção especial a ele. A ordem de medir o templo de Deus implica em dizer que a igreja deveria dar uma atenção especial ao santuário.




O verdadeiro povo de Deus é medido não de acordo com a sua estatura física, mas por um padrão do que é certo: Uma lei, o referencial da santidade: “Falai de tal maneira e de tal maneira procedei como aqueles que hão de ser julgados pela lei da liberdade”(Tiago 2:12).

Apocalipse 11:2 – “Mas deixa o átrio que está fora do templo; não o meças, porque foi dado aos gentios. Estes pisarão a cidade santa por quarenta e dois meses.”

As nações européias (os “gentios”), no período de 42 meses, ou 1260 anos, coagidas pelo papado, pisariam a Igreja de Cristo no próprio átrio do santuário, onde o Senhor oficia como seu Sumo-Sacerdote.

O que João estava para testemunhar e o que registrou para nós, era a batalha entre a Bíblia e o ateísmo. Essa batalha alcançou o clímax na Revolução Francesa. Os acontecimentos desta terrível revolução têm se repetido nas últimas décadas e vão se intensificar pouco antes da volta de Jesus.

Apocalipse 11:3 – “E darei poder às minhas duas testemunhas, e profetizarão por mil duzentos e sessenta dias, vestidas de pano de saco.”

Apocalipse 11:4 – “Estas são as duas oliveiras e os dois castiçais que estão diante do Senhor da terra”.

Tem havido muita especulação quanto à identidade dessas duas testemunhas. Alguns procuram vê-las como literais, chegando mesmo a nomeá-las como Moisés e Elias. Mas toda a linguagem aí é figurativa. O verso 4 diz: “Estas são as duas oliveiras e os dois castiçais que estão diante do Senhor da terra.”


Em Zacarias 4:11-14, as duas oliveiras representam a Palavra de Deus, e a Palavra de Deus é sem dúvida uma luz. Diz o Salmo 119:105: “Lâmpada para os meus pés é a Tua Palavra, e luz para o meu caminho”. Onde não há Bíblia, há escuridão espiritual.

Analisando conjuntamente os textos de Apocalipse e de Zacarias, os dois ressaltam que da oliveira verte o azeite, que é símbolo do Espírito Santo, enquanto que os castiçais são portadores de luz; a luz do evangelho de Cristo.

Mas as Escrituras são mais do que uma luz; elas dão também testemunho da graça de Deus. Jesus declarou que as Escrituras do Velho Testamento testificavam dEle. Em Mateus 24:14 lemos: “E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, para testemunho a todas as nações”.

A explicação mais satisfatória desta profecia é que as testemunhas são o Velho e o Novo Testamentos. É fora de dúvida que eles testificam de Cristo. “São estas [as Escrituras] que de Mim testificam”. (João 5:39). Assim, na linguagem simbólica do Apocalipse, os dois castiçais e as duas testemunhas são referências à Palavra de Deus.

Durante 1260 anos, as duas testemunhas estão vestidas de pano de saco, um símbolo de obscuridade. Nos tempos bíblicos, o pano de saco era uma referência ao luto. Por que a Bíblia estava de luto? A Bíblia ficou escondida sob linguagens desconhecidas. Quem não lesse o hebraico ou o grego não podia ler a Bíblia.

Antes da imprensa, a Bíblia, que era escrita à mão, custava tão caro que somente os que eram muito ricos podiam tê-la. Uma Bíblia custava mais do que uma fazenda. Os mestres eruditos das Universidades tinham acesso à Bíblia, mas não as pessoas comuns.

As vestes de pano de saco durante 1260 anos indicam a humilhação a que as Escrituras foram submetidas naquele grande período de supremacia temporal do papado, acertadamente chamado Idade Escura.




Apocalipse 11:5 – “Se alguém lhes quiser causar mal, das suas bocas sairá fogo e devorará os seus inimigos. Se alguém lhes quiser causar mal, importa que assim seja morto”.

Apocalipse 11:6 – “Estas têm poder para fechar o céu, para que não chova, nos dias da sua profecia; e têm poder sobre as águas para convertê-las em sangue, e para ferir a terra com toda a sorte de pragas, quantas vezes quiserem”.


Estas palavras evidenciam o poder das duas testemunhas – Velho e Novo Testamentos. Todos os seus inimigos, aqueles que pervertem os seus ensinos, serão consumidos com o fogo devorador que sairá de suas bocas (Malaquias 4:1). Pela Palavra de Deus, Elias fechou as janelas do céu de maneira que não choveu por três anos e meio. Pela Palavra do Senhor, Moisés transformou em sangue as águas do Egito. Assim, opor-se às duas testemunhas é um verdadeiro suicídio.

A Revolução Francesa Na Profecia



Apocalipse 11:7 – “Quando acabarem o seu testemunho, a besta que sobe do abismo lhes fará guerra e os vencerá e matará”.

Depois do papado humilhar por 1260 anos as duas testemunhas, ou seja, a Bíblia, um outro poder surge para fazer-lhe guerra. Na profecia, “besta” significa um reino ou um poder (Dan.7:17 e 23). Subir “do abismo” indica um poder ateu que surge da anarquia, do caos.

Qual foi o poder anárquico que surgiu em torno do fim dos 1260 anos da supremacia papal, que terminou em 1798, e que guerrearia com as “duas testemunhas” ou as Sagradas Escrituras?

Qualquer pessoa que conheça a história sabe que o novo poder, que se levantou neste período, foi a França revolucionária. Este poder, indicado na profecia, rejeitaria com violência as Escrituras Sagradas.

Em 10 de Novembro de 1793, Bíblias foram juntadas em Paris, amarradas à cauda de um jumento e arrastadas pelas ruas da cidade. Quem fosse encontrado com uma Bíblia em casa era condenado à morte. As ruas de Paris ficaram inundadas de sangue com a morte de 50 mil pessoas, na noite de 11 de Setembro de 1793.

Apocalipse 11:8 – “E os seus corpos jazerão na praça da grande cidade que, espiritualmente, se chama Sodoma e Egito, onde o seu Senhor também foi crucificado”.

As duas testemunhas foram mortas pela França revolucionária “nas ruas da grande cidade”. Não há dúvida de que a grande cidade aludida é Paris. Nesta profecia, Paris é apresentada espiritualmente como “Sodoma e Egito”.

Nenhum monarca já se aventurou a rebelião mais aberta e arrogante contra Deus do que o fez o rei do Egito. Foi no Egito que Faraó mostrou o seu ateísmo, dizendo: “Quem é o Senhor, para que eu obedeça a Sua voz?” (Êxo.5:2). E a licenciosidade de Sodoma era outra característica marcante de Paris.

Como é possível que Jesus fosse crucificado em Paris? Literalmente, sabemos que isso não aconteceu. Mas, quando os seguidores de Cristo são perseguidos e mortos, Ele toma isto como sendo feito diretamente a Ele mesmo. Jesus mesmo dissera: “Em verdade vos digo que, quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a Mim o fizestes”.




Para a França crucificar a Jesus em Paris, devia fazer isto na pessoa de Seus seguidores. Assim foi Jesus crucificado na “grande cidade” da licenciosidade e do ateísmo nos tempos modernos.

Podemos encontrar ateus em muitos países do mundo, inclusive nos Estados Unidos, Canadá, nos países da Europa e da América do Sul. Mas foi somente a França, como nação, que rejeitou a Palavra de Deus e toda a sua população celebrou o evento.

Apocalipse 11:9 – “Homens de vários povos, tribos, línguas e nações verão os seus corpos mortos por três dias e meio, e não permitirão que sejam sepultados”.

Muitos cristãos de outras nações, não compartilharam dos ímpios sentimentos dos revolucionários franceses na guerra ateísta contra a Bíblia. Ao contrário, protegeram suas nações do contágio da pestilenta atitude daqueles ateus sem escrúpulos.
Eles não permitiram que as duas testemunhas fossem sepultadas, embora estivessem mortas por três anos e meio. Foi realizado um gigantesco esforço por parte dos verdadeiros cristãos para exaltação da Bíblia, tanto na França como em todas as demais nações da Terra.

Apocalipse 11:10 – “Os que habitam na Terra se regozijarão sobre eles e se alegrarão, e mandarão presentes uns aos outros, porque estes dois profetas tinham atormentado os que habitam sobre a Terra”.

Temos aqui a alegria dos que odiavam as duas testemunhas que os atormentara pela reprovação de seus maus atos. Aqueles que estavam contentes com a escuridão.

Conta a história que certa vez uma ajudante doméstica tinha sido chamada à atenção, pois não fizera um bom serviço na limpeza e arrumação do quarto. Então, ela replicou: “Quando eu limpei o quarto, estava escuro e não pude ver a sujeira. Foi o Sol que entrou pela janela que criou o problema”.


A Bíblia era como o Sol, mostrando a imundície na vida das pessoas. É por isso que muitos não gostavam da luz.

A Revolução Francesa se notabilizou pelo ódio contra o cristianismo e por sua violência. Durante esse período, aproximadamente 50 pessoas eram decapitadas por dia, por meio de um aparelho chamado guilhotina.

Apocalipse 11:11 – “Depois daqueles três dias e meio o espírito da vida, vindo de Deus, entrou neles, e puseram-se de pé, e caiu grande temor sobre os que os viram”.

Em 11 de Novembro de 1793, a Bíblia foi abolida na França por meio de decreto. Em Novembro de 1796, foi tomada uma resolução dando tolerância à Bíblia. Esta resolução não foi promulgada até Junho de 1797, cumprindo à risca o período de três anos e meio.

Apocalipse 11:12 – “Então ouviram uma grande voz do céu, que lhes dizia: Subi para aqui. E subiram ao céu em uma nuvem, e os seus inimigos os viram”.

A Bíblia foi exaltada e honrada como nunca. Antes de 1804, a Bíblia havia sido impressa e distribuída em 15 línguas. Hoje, porém, sua mensagem pode ser lida em mais de 1280 idiomas diferentes. Verdadeiramente as duas testemunhas “subiram ao céu em uma nuvem”.

Apocalipse 11:13 – “Naquela mesma hora houve um grande terremoto, e caiu a décima parte da cidade. No terremoto foram mortos sete mil homens, e os demais ficaram atemorizados, e deram glória ao Deus do céu”.

Este terremoto não é literal, mas simbólico, pois, desde o versículo sete, a profecia vem tratando da grande catástrofe que caiu sobre o povo francês com aquela revolução. O “terror” imposto pela revolução foi, na verdade, o “grande terremoto” moral que abalou toda a França.



A França era um dos dez reinos representados pelos dez dedos da imagem de Nabucodonosor, um dos chifres do animal com dez chifres de Daniel (Daniel 7:24) e o dragão de dez chifres de João (Apocalipse 12:3).

Com arrogância, a França desafiou todas as posições de autoridade, o que resultou na mais completa anarquia. Seus atos, os quais desonravam a Deus e desafiavam o Céu, encheram a França de cenas tão sanguinárias, tanta carnificina e horror, que até mesmo os próprios incrédulos tremeram e ficaram aterrorizados.

Os “remanescentes” que conseguiram escapar dos horrores daquela hora “deram glória ao Deus do Céu”, não porque quisessem, mas porque o Deus do Céu fez com que “até a ira humana” O louvasse. Todo o mundo pode ver que os que fazem guerra contra Deus, cavam suas próprias sepulturas.

Apocalipse 11:14 – “É passado o segundo ai; eis que o terceiro ai cedo virá”.

Findou em 11 de Agosto de 1840, com a queda do Império Turco-Otomano, o segundo ai, referente a sexta trombeta. É, porém, surpreendente que o profeta colocasse o fim do segundo “ai” imediatamente depois de descrever as cenas proféticas da revolução francesa e não em seguida da queda do império turco, na sexta trombeta. Possivelmente, dada a importância da revolução francesa em suas relações com Deus e o cristianismo, é que ela figura como um parêntesis dentro da sexta trombeta.

Conjuntamente, acompanha a advertência de que o terceiro “ai”, ou seja, a sétima trombeta, que começou a soar em 1844, logo haveria de vir.


Apocalipse 11:15 – “O sétimo anjo tocou a sua trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: Os reinos do mundo vieram a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre”.

Apocalipse 11:16 – “E os vinte e quatro anciãos, que estão assentados em seus tronos diante de Deus, prostraram-se sobre seus rostos, e adoraram a Deus,”

Apocalipse 11:17 – “dizendo: Graças te damos, Senhor Deus Todo-poderoso, que és, e que eras, porque tomaste o teu grande poder, e reinaste”.

Apocalipse 11:18 – “Iraram-se as nações; então veio a tua ira, e o tempo de serem julgados os mortos, e o tempo de dares recompensa aos profetas; teus servos, e aos santos, e aos que temem o teu nome, a pequenos e a grandes, e o tempo de destruíres os que destroem a terra.”

Apocalipse 11:19 – “Abriu-se no céu o templo de Deus, e a arca da sua aliança foi vista no seu santuário. E houve relâmpagos, vozes e trovões, e terremoto e grande chuva de pedras”.


A SÉTIMA TROMBETA


Ao soar a sétima trombeta, grandes vozes no Céu anunciam o maior acontecimento da história do mundo: a intervenção de Cristo na Terra. As primeiras seis trombetas anunciaram e realizaram a queda de Roma Ocidental e Oriental, pelos visigodos, vândalos, hunos, hérulos, árabes e turcos.

A sétima trombeta anuncia a queda total das nações e do poderio do homem no mundo, pela intervenção de Cristo.

Uma vez mais, vemos o templo no Céu. A arca do Testamento é vista no lugar santíssimo. Os trovões, terremotos e grande saraivada representam o poder e a glória de Deus no Seu trono.
Voltar ao Topo Ir em baixo
CarlosB
. . .MEMBRO ESPECIAL
.   .   .MEMBRO ESPECIAL
avatar

Mensagens : 75
inscrito em : 24/05/2012

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Sex 25 Maio 2012, 11:57

Olá:
Nada do que disse prova que são elias e henoque.

E você pensa que o apocalipse tem a ver com as coisas da terra, a escritura é para ser discernida de dorma espiritual, não carnal.

As trombetas e as pragas acontecem durante os ültimos sete anos, realizado pelas 2 testemunhas,, e não antes. Por isso o que você disse não està dentro da visão do apocalipse.
Voltar ao Topo Ir em baixo
CarlosB
. . .MEMBRO ESPECIAL
.   .   .MEMBRO ESPECIAL
avatar

Mensagens : 75
inscrito em : 24/05/2012

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Sex 25 Maio 2012, 12:02

Vá ver ao que é que Deus chama de castiçais no fim do capitulo um de apocalipse, e verà quem é as testemunhas. Repare que é do mesmo livro, e pertence à mesma revelação
Voltar ao Topo Ir em baixo
Assuero
organizadores
organizadores
avatar

RELIGIAO : Batista do Sétimo Dia.
Masculino Mensagens : 4103
nascido em : 20/01/1968
inscrito em : 12/07/2011
Idade : 49
Localização : Rio de janeiro

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Sex 25 Maio 2012, 12:04

Irmão Carlosb,acredito que pelo tempo exíguo(apenas 11 minutos),entre a minha postagem e sua réplica,o irmão não tenha lido todo o texto ou não tenha entendido corretamente...

Em nenhum momento de minha postagem afirmei que as testemunhas seriam Elias e Enoque;o que disse e repito é que elas são o Antigo e o Novo testamentos,a Palavra de Deus...leia o texto com calma e o irmão vai entender minha posição...
Voltar ao Topo Ir em baixo
CarlosB
. . .MEMBRO ESPECIAL
.   .   .MEMBRO ESPECIAL
avatar

Mensagens : 75
inscrito em : 24/05/2012

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Sex 25 Maio 2012, 12:08

Mas eu jà respondi sobre isso, a escritura não passa de letra, as testemunhas são igreja. Elas é que vão falar ao mundo, elas é que vão morrer, elas é que vão ressuscitar, não a letra morta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Assuero
organizadores
organizadores
avatar

RELIGIAO : Batista do Sétimo Dia.
Masculino Mensagens : 4103
nascido em : 20/01/1968
inscrito em : 12/07/2011
Idade : 49
Localização : Rio de janeiro

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Sex 25 Maio 2012, 12:19

CarlosB escreveu:
Mas eu jà respondi sobre isso, a escritura não passa de letra, as testemunhas são igreja. Elas é que vão falar ao mundo, elas é que vão morrer, elas é que vão ressuscitar, não a letra morta.

Irmão,a Poderosa Palavra de Deus não pode ser chamada de 'letra morta'...
Jesus disse:EXAMINAI AS ESCRITURAS,PORQUE JULGAIS TER NELAS O REINO DE DEUS;E SÃO ELAS MESMAS QUE DÃO TESTEMUNHO DE MIM.

Letra morta,ao que eu sei,era apenas a lei de Moisés...
Voltar ao Topo Ir em baixo
CarlosB
. . .MEMBRO ESPECIAL
.   .   .MEMBRO ESPECIAL
avatar

Mensagens : 75
inscrito em : 24/05/2012

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Sex 25 Maio 2012, 12:20

E além disso isso perde todo o sentido quando o velho pacto foi abolido em cristo e estamos numa nova aliança.
Voltar ao Topo Ir em baixo
CarlosB
. . .MEMBRO ESPECIAL
.   .   .MEMBRO ESPECIAL
avatar

Mensagens : 75
inscrito em : 24/05/2012

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Sex 25 Maio 2012, 12:23

Assuero escreveu:
CarlosB escreveu:
Mas eu jà respondi sobre isso, a escritura não passa de letra, as testemunhas são igreja. Elas é que vão falar ao mundo, elas é que vão morrer, elas é que vão ressuscitar, não a letra morta.

Irmão,a Poderosa Palavra de Deus não pode ser chamada de 'letra morta'...
Jesus disse:EXAMINAI AS ESCRITURAS,PORQUE JULGAIS TER NELAS O REINO DE DEUS;E SÃO ELAS MESMAS QUE DÃO TESTEMUNHO DE MIM.

Letra morta,ao que eu sei,era apenas a lei de Moisés...

É o que està dizer ai, a palavra tinham os fariseus, mas Jesus estava a dizer que a palavra não era a letra, mas uma pessoa, Ele.

Por isso ele dizia que a sua palavra era espirito e vida.

Mas isso é a sua opinião, tudo bem
Voltar ao Topo Ir em baixo
Henrique

avatar

RELIGIAO : Cristão, denominação: Batista
Masculino Mensagens : 5277
nascido em : 27/01/1961
inscrito em : 09/09/2011
Idade : 56
Localização : São Paulo, capital

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Sex 25 Maio 2012, 15:03

CarlosB escreveu:
Mas eu jà respondi sobre isso, a escritura não passa de letra, as testemunhas são igreja. Elas é que vão falar ao mundo, elas é que vão morrer, elas é que vão ressuscitar, não a letra morta.

Como disse, não podemos ser dogmáticos neste assunto.

Eis algumas dúvidas em relação a ser a igreja as testemunhas.

São duas, igreja dos gentios e dos judeus, mas onde está a igreja dos judeus?

Pelo fato de as duas testemunhas serem mortas significa que as duas igrejas serão mortas?

Neste caso todos os cristãos serão mortos?

Como os corpos da igreja ficarão expostos na praça por três dias?

( ainda não li o estudo do ir Assuero )

Voltar ao Topo Ir em baixo
conectado
vitorA
. . .MEMBRO ESPECIAL
.   .   .MEMBRO ESPECIAL
avatar

Mensagens : 20
inscrito em : 24/05/2012

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Sab 26 Maio 2012, 12:19

aparecido fransisco escreveu:
Acredito qe eles são Elias e Enoque , pois eles ainda não provaram a morte .


Olá Aparecido

Mas nesse caso não haveria apenas ressurreição ,mas também encarnação
em Enoque e Elias.

Para mim as duas testemunhas serão a igreja,não na totalidade, mas por aqueles que a representam,ex. os ministros e alguns dos que pertencem aos 144mil,que por estarem selados também não vão aceitar o anticristo.

Porque quem afinal testemunha da palavra?Não são os santos?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Assuero
organizadores
organizadores
avatar

RELIGIAO : Batista do Sétimo Dia.
Masculino Mensagens : 4103
nascido em : 20/01/1968
inscrito em : 12/07/2011
Idade : 49
Localização : Rio de janeiro

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Sab 26 Maio 2012, 22:20

Assuero escreveu:
Isso é o que penso sobre as duas testemunhas,depois de estudar todas as vertentes...


Em primeiro lugar, este capítulo nos apresenta um panorama do santuário de Deus e Seus adoradores. Em seguida, trata das perseguições contra a igreja de Cristo pelo papado, na Idade Média, e da humilhação das Escrituras Sagradas por este poder no mesmo período.

A revolução francesa vem, a seguir, com seus tremendos horrores e sua decidida ação ateísta contra o santo livro de Deus, que por fim triunfa sobre seus inimigos.

A sétima trombeta, com seus acontecimentos que porão fim ao império da maldade na Terra, é a grande visão deste capítulo. Porém, encontramos ainda a ira das nações modernas a despeito do anseio pela paz; o tempo do juízo e do merecido galardão aos santos; e o tempo da destruição dos que destroem a Terra.

Por fim, descreve o profeta sua visão da “arca do concerto” de Deus, contendo o original da lei do Decálogo, visto no templo de Deus, cuja violação pelo mundo é apresentada como causa de sua próxima destruição.

Apocalipse 11:1 – “Foi-me dada uma cana semelhante a uma vara, e foi-me dito: Levanta-te e mede o templo de Deus e o altar, e os que nele adoram”.

O ato de medir algum objeto requer que seja dada atenção especial a ele. A ordem de medir o templo de Deus implica em dizer que a igreja deveria dar uma atenção especial ao santuário.




O verdadeiro povo de Deus é medido não de acordo com a sua estatura física, mas por um padrão do que é certo: Uma lei, o referencial da santidade: “Falai de tal maneira e de tal maneira procedei como aqueles que hão de ser julgados pela lei da liberdade”(Tiago 2:12).

Apocalipse 11:2 – “Mas deixa o átrio que está fora do templo; não o meças, porque foi dado aos gentios. Estes pisarão a cidade santa por quarenta e dois meses.”

As nações européias (os “gentios”), no período de 42 meses, ou 1260 anos, coagidas pelo papado, pisariam a Igreja de Cristo no próprio átrio do santuário, onde o Senhor oficia como seu Sumo-Sacerdote.

O que João estava para testemunhar e o que registrou para nós, era a batalha entre a Bíblia e o ateísmo. Essa batalha alcançou o clímax na Revolução Francesa. Os acontecimentos desta terrível revolução têm se repetido nas últimas décadas e vão se intensificar pouco antes da volta de Jesus.

Apocalipse 11:3 – “E darei poder às minhas duas testemunhas, e profetizarão por mil duzentos e sessenta dias, vestidas de pano de saco.”

Apocalipse 11:4 – “Estas são as duas oliveiras e os dois castiçais que estão diante do Senhor da terra”.

Tem havido muita especulação quanto à identidade dessas duas testemunhas. Alguns procuram vê-las como literais, chegando mesmo a nomeá-las como Moisés e Elias. Mas toda a linguagem aí é figurativa. O verso 4 diz: “Estas são as duas oliveiras e os dois castiçais que estão diante do Senhor da terra.”


Em Zacarias 4:11-14, as duas oliveiras representam a Palavra de Deus, e a Palavra de Deus é sem dúvida uma luz. Diz o Salmo 119:105: “Lâmpada para os meus pés é a Tua Palavra, e luz para o meu caminho”. Onde não há Bíblia, há escuridão espiritual.

Analisando conjuntamente os textos de Apocalipse e de Zacarias, os dois ressaltam que da oliveira verte o azeite, que é símbolo do Espírito Santo, enquanto que os castiçais são portadores de luz; a luz do evangelho de Cristo.

Mas as Escrituras são mais do que uma luz; elas dão também testemunho da graça de Deus. Jesus declarou que as Escrituras do Velho Testamento testificavam dEle. Em Mateus 24:14 lemos: “E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, para testemunho a todas as nações”.

A explicação mais satisfatória desta profecia é que as testemunhas são o Velho e o Novo Testamentos. É fora de dúvida que eles testificam de Cristo. “São estas [as Escrituras] que de Mim testificam”. (João 5:39). Assim, na linguagem simbólica do Apocalipse, os dois castiçais e as duas testemunhas são referências à Palavra de Deus.

Durante 1260 anos, as duas testemunhas estão vestidas de pano de saco, um símbolo de obscuridade. Nos tempos bíblicos, o pano de saco era uma referência ao luto. Por que a Bíblia estava de luto? A Bíblia ficou escondida sob linguagens desconhecidas. Quem não lesse o hebraico ou o grego não podia ler a Bíblia.

Antes da imprensa, a Bíblia, que era escrita à mão, custava tão caro que somente os que eram muito ricos podiam tê-la. Uma Bíblia custava mais do que uma fazenda. Os mestres eruditos das Universidades tinham acesso à Bíblia, mas não as pessoas comuns.

As vestes de pano de saco durante 1260 anos indicam a humilhação a que as Escrituras foram submetidas naquele grande período de supremacia temporal do papado, acertadamente chamado Idade Escura.




Apocalipse 11:5 – “Se alguém lhes quiser causar mal, das suas bocas sairá fogo e devorará os seus inimigos. Se alguém lhes quiser causar mal, importa que assim seja morto”.

Apocalipse 11:6 – “Estas têm poder para fechar o céu, para que não chova, nos dias da sua profecia; e têm poder sobre as águas para convertê-las em sangue, e para ferir a terra com toda a sorte de pragas, quantas vezes quiserem”.


Estas palavras evidenciam o poder das duas testemunhas – Velho e Novo Testamentos. Todos os seus inimigos, aqueles que pervertem os seus ensinos, serão consumidos com o fogo devorador que sairá de suas bocas (Malaquias 4:1). Pela Palavra de Deus, Elias fechou as janelas do céu de maneira que não choveu por três anos e meio. Pela Palavra do Senhor, Moisés transformou em sangue as águas do Egito. Assim, opor-se às duas testemunhas é um verdadeiro suicídio.

A Revolução Francesa Na Profecia



Apocalipse 11:7 – “Quando acabarem o seu testemunho, a besta que sobe do abismo lhes fará guerra e os vencerá e matará”.

Depois do papado humilhar por 1260 anos as duas testemunhas, ou seja, a Bíblia, um outro poder surge para fazer-lhe guerra. Na profecia, “besta” significa um reino ou um poder (Dan.7:17 e 23). Subir “do abismo” indica um poder ateu que surge da anarquia, do caos.

Qual foi o poder anárquico que surgiu em torno do fim dos 1260 anos da supremacia papal, que terminou em 1798, e que guerrearia com as “duas testemunhas” ou as Sagradas Escrituras?

Qualquer pessoa que conheça a história sabe que o novo poder, que se levantou neste período, foi a França revolucionária. Este poder, indicado na profecia, rejeitaria com violência as Escrituras Sagradas.

Em 10 de Novembro de 1793, Bíblias foram juntadas em Paris, amarradas à cauda de um jumento e arrastadas pelas ruas da cidade. Quem fosse encontrado com uma Bíblia em casa era condenado à morte. As ruas de Paris ficaram inundadas de sangue com a morte de 50 mil pessoas, na noite de 11 de Setembro de 1793.

Apocalipse 11:8 – “E os seus corpos jazerão na praça da grande cidade que, espiritualmente, se chama Sodoma e Egito, onde o seu Senhor também foi crucificado”.

As duas testemunhas foram mortas pela França revolucionária “nas ruas da grande cidade”. Não há dúvida de que a grande cidade aludida é Paris. Nesta profecia, Paris é apresentada espiritualmente como “Sodoma e Egito”.

Nenhum monarca já se aventurou a rebelião mais aberta e arrogante contra Deus do que o fez o rei do Egito. Foi no Egito que Faraó mostrou o seu ateísmo, dizendo: “Quem é o Senhor, para que eu obedeça a Sua voz?” (Êxo.5:2). E a licenciosidade de Sodoma era outra característica marcante de Paris.

Como é possível que Jesus fosse crucificado em Paris? Literalmente, sabemos que isso não aconteceu. Mas, quando os seguidores de Cristo são perseguidos e mortos, Ele toma isto como sendo feito diretamente a Ele mesmo. Jesus mesmo dissera: “Em verdade vos digo que, quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a Mim o fizestes”.




Para a França crucificar a Jesus em Paris, devia fazer isto na pessoa de Seus seguidores. Assim foi Jesus crucificado na “grande cidade” da licenciosidade e do ateísmo nos tempos modernos.

Podemos encontrar ateus em muitos países do mundo, inclusive nos Estados Unidos, Canadá, nos países da Europa e da América do Sul. Mas foi somente a França, como nação, que rejeitou a Palavra de Deus e toda a sua população celebrou o evento.

Apocalipse 11:9 – “Homens de vários povos, tribos, línguas e nações verão os seus corpos mortos por três dias e meio, e não permitirão que sejam sepultados”.

Muitos cristãos de outras nações, não compartilharam dos ímpios sentimentos dos revolucionários franceses na guerra ateísta contra a Bíblia. Ao contrário, protegeram suas nações do contágio da pestilenta atitude daqueles ateus sem escrúpulos.
Eles não permitiram que as duas testemunhas fossem sepultadas, embora estivessem mortas por três anos e meio. Foi realizado um gigantesco esforço por parte dos verdadeiros cristãos para exaltação da Bíblia, tanto na França como em todas as demais nações da Terra.

Apocalipse 11:10 – “Os que habitam na Terra se regozijarão sobre eles e se alegrarão, e mandarão presentes uns aos outros, porque estes dois profetas tinham atormentado os que habitam sobre a Terra”.

Temos aqui a alegria dos que odiavam as duas testemunhas que os atormentara pela reprovação de seus maus atos. Aqueles que estavam contentes com a escuridão.

Conta a história que certa vez uma ajudante doméstica tinha sido chamada à atenção, pois não fizera um bom serviço na limpeza e arrumação do quarto. Então, ela replicou: “Quando eu limpei o quarto, estava escuro e não pude ver a sujeira. Foi o Sol que entrou pela janela que criou o problema”.


A Bíblia era como o Sol, mostrando a imundície na vida das pessoas. É por isso que muitos não gostavam da luz.

A Revolução Francesa se notabilizou pelo ódio contra o cristianismo e por sua violência. Durante esse período, aproximadamente 50 pessoas eram decapitadas por dia, por meio de um aparelho chamado guilhotina.

Apocalipse 11:11 – “Depois daqueles três dias e meio o espírito da vida, vindo de Deus, entrou neles, e puseram-se de pé, e caiu grande temor sobre os que os viram”.

Em 11 de Novembro de 1793, a Bíblia foi abolida na França por meio de decreto. Em Novembro de 1796, foi tomada uma resolução dando tolerância à Bíblia. Esta resolução não foi promulgada até Junho de 1797, cumprindo à risca o período de três anos e meio.

Apocalipse 11:12 – “Então ouviram uma grande voz do céu, que lhes dizia: Subi para aqui. E subiram ao céu em uma nuvem, e os seus inimigos os viram”.

A Bíblia foi exaltada e honrada como nunca. Antes de 1804, a Bíblia havia sido impressa e distribuída em 15 línguas. Hoje, porém, sua mensagem pode ser lida em mais de 1280 idiomas diferentes. Verdadeiramente as duas testemunhas “subiram ao céu em uma nuvem”.

Apocalipse 11:13 – “Naquela mesma hora houve um grande terremoto, e caiu a décima parte da cidade. No terremoto foram mortos sete mil homens, e os demais ficaram atemorizados, e deram glória ao Deus do céu”.

Este terremoto não é literal, mas simbólico, pois, desde o versículo sete, a profecia vem tratando da grande catástrofe que caiu sobre o povo francês com aquela revolução. O “terror” imposto pela revolução foi, na verdade, o “grande terremoto” moral que abalou toda a França.



A França era um dos dez reinos representados pelos dez dedos da imagem de Nabucodonosor, um dos chifres do animal com dez chifres de Daniel (Daniel 7:24) e o dragão de dez chifres de João (Apocalipse 12:3).

Com arrogância, a França desafiou todas as posições de autoridade, o que resultou na mais completa anarquia. Seus atos, os quais desonravam a Deus e desafiavam o Céu, encheram a França de cenas tão sanguinárias, tanta carnificina e horror, que até mesmo os próprios incrédulos tremeram e ficaram aterrorizados.

Os “remanescentes” que conseguiram escapar dos horrores daquela hora “deram glória ao Deus do Céu”, não porque quisessem, mas porque o Deus do Céu fez com que “até a ira humana” O louvasse. Todo o mundo pode ver que os que fazem guerra contra Deus, cavam suas próprias sepulturas.

Apocalipse 11:14 – “É passado o segundo ai; eis que o terceiro ai cedo virá”.

Findou em 11 de Agosto de 1840, com a queda do Império Turco-Otomano, o segundo ai, referente a sexta trombeta. É, porém, surpreendente que o profeta colocasse o fim do segundo “ai” imediatamente depois de descrever as cenas proféticas da revolução francesa e não em seguida da queda do império turco, na sexta trombeta. Possivelmente, dada a importância da revolução francesa em suas relações com Deus e o cristianismo, é que ela figura como um parêntesis dentro da sexta trombeta.

Conjuntamente, acompanha a advertência de que o terceiro “ai”, ou seja, a sétima trombeta, que começou a soar em 1844, logo haveria de vir.


Apocalipse 11:15 – “O sétimo anjo tocou a sua trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: Os reinos do mundo vieram a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre”.

Apocalipse 11:16 – “E os vinte e quatro anciãos, que estão assentados em seus tronos diante de Deus, prostraram-se sobre seus rostos, e adoraram a Deus,”

Apocalipse 11:17 – “dizendo: Graças te damos, Senhor Deus Todo-poderoso, que és, e que eras, porque tomaste o teu grande poder, e reinaste”.

Apocalipse 11:18 – “Iraram-se as nações; então veio a tua ira, e o tempo de serem julgados os mortos, e o tempo de dares recompensa aos profetas; teus servos, e aos santos, e aos que temem o teu nome, a pequenos e a grandes, e o tempo de destruíres os que destroem a terra.”

Apocalipse 11:19 – “Abriu-se no céu o templo de Deus, e a arca da sua aliança foi vista no seu santuário. E houve relâmpagos, vozes e trovões, e terremoto e grande chuva de pedras”.


A SÉTIMA TROMBETA


Ao soar a sétima trombeta, grandes vozes no Céu anunciam o maior acontecimento da história do mundo: a intervenção de Cristo na Terra. As primeiras seis trombetas anunciaram e realizaram a queda de Roma Ocidental e Oriental, pelos visigodos, vândalos, hunos, hérulos, árabes e turcos.

A sétima trombeta anuncia a queda total das nações e do poderio do homem no mundo, pela intervenção de Cristo.

Uma vez mais, vemos o templo no Céu. A arca do Testamento é vista no lugar santíssimo. Os trovões, terremotos e grande saraivada representam o poder e a glória de Deus no Seu trono.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Admim

avatar

RELIGIAO : CRISTÃO.
Masculino Mensagens : 6217
nascido em : 29/05/1958
inscrito em : 30/06/2011
Idade : 59
Localização : TAPIRATIBA SÃO PAULO.

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Sab 02 Fev 2013, 12:56

.

-







-
Porque Deus amou o mundo de tal maneira,
que deu seu único Filho para que todo aquele que nele crê, não pereça,
mas tenha a vida eterna.”


(João 3:16)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://gospel-semeadores-da.forumeiros.com
Edson M.
. . .MEMBRO ESPECIAL
.   .   .MEMBRO ESPECIAL
avatar

RELIGIAO : Embaixador do céu/ Sky Ambassador
Masculino Mensagens : 38
nascido em : 25/01/1969
inscrito em : 23/03/2013
Idade : 48
Localização : Forquilhinha-SC

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Qua 03 Abr 2013, 21:45

Hoje o adventismo tem o mesmo problema do catolicismo no que tange a escatologia.
Ambos apesar da conta escatológica não fechar, não mudam uma palavra de suas teologias do tempo do fim pois teriam que descartar todos estudos, o que seria muito vergonhosa suas linhas de raciocínio.

Anos atrás não era possível ter uma precisão do tempo do fim como hoje porque o selo do entendimento ainda estava sobre as profecias.

A PALAVRA NUNCA MORRERÁ. Velho e Novo testamento são um só, a palavra que sai da boca de Deus, o próprio Jesus.

Ap 11,7 E, quando acabarem o seu testemunho, a besta que sobe do abismo lhes fará guerra, e os vencerá, e os matará.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Admim

avatar

RELIGIAO : CRISTÃO.
Masculino Mensagens : 6217
nascido em : 29/05/1958
inscrito em : 30/06/2011
Idade : 59
Localização : TAPIRATIBA SÃO PAULO.

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Qua 03 Abr 2013, 22:27

Edson M. escreveu:
Hoje o adventismo tem o mesmo problema do catolicismo no que tange a escatologia.
Ambos apesar da conta escatológica não fechar, não mudam uma palavra de suas teologias do tempo do fim pois teriam que descartar todos estudos, o que seria muito vergonhosa suas linhas de raciocínio.

Anos atrás não era possível ter uma precisão do tempo do fim como hoje porque o selo do entendimento ainda estava sobre as profecias.

A PALAVRA NUNCA MORRERÁ. Velho e Novo testamento são um só, a palavra que sai da boca de Deus, o próprio Jesus.

Ap 11,7 E, quando acabarem o seu testemunho, a besta que sobe do abismo lhes fará guerra, e os vencerá, e os matará.

Não entendi , a pergunta não tem nada a haver com sua critica aos adventistas .

ta viajando ?

-







-
Porque Deus amou o mundo de tal maneira,
que deu seu único Filho para que todo aquele que nele crê, não pereça,
mas tenha a vida eterna.”


(João 3:16)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://gospel-semeadores-da.forumeiros.com
Edson M.
. . .MEMBRO ESPECIAL
.   .   .MEMBRO ESPECIAL
avatar

RELIGIAO : Embaixador do céu/ Sky Ambassador
Masculino Mensagens : 38
nascido em : 25/01/1969
inscrito em : 23/03/2013
Idade : 48
Localização : Forquilhinha-SC

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Qui 04 Abr 2013, 20:41

Jesus é nosso advogado, Jesus é a própria PALAVRA, portanto é impossível ele também ser a testemunha, ou as testemunhas como foi colocado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Admim

avatar

RELIGIAO : CRISTÃO.
Masculino Mensagens : 6217
nascido em : 29/05/1958
inscrito em : 30/06/2011
Idade : 59
Localização : TAPIRATIBA SÃO PAULO.

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Qui 04 Abr 2013, 20:47

Edson M. escreveu:
Jesus é nosso advogado, Jesus é a própria PALAVRA, portanto é impossível ele também ser a testemunha, ou as testemunhas como foi colocado.
sim é verdade , mas onde e quem disse ser Jesus uma das testemunhas ?

-







-
Porque Deus amou o mundo de tal maneira,
que deu seu único Filho para que todo aquele que nele crê, não pereça,
mas tenha a vida eterna.”


(João 3:16)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://gospel-semeadores-da.forumeiros.com
Edson M.
. . .MEMBRO ESPECIAL
.   .   .MEMBRO ESPECIAL
avatar

RELIGIAO : Embaixador do céu/ Sky Ambassador
Masculino Mensagens : 38
nascido em : 25/01/1969
inscrito em : 23/03/2013
Idade : 48
Localização : Forquilhinha-SC

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Qui 04 Abr 2013, 20:56

Assuero escreveu:
As duas testemunhas de que fala o Apocalipse são aquelas que testificam de Deus,o Velho e o Novo testamentos...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Assuero
organizadores
organizadores
avatar

RELIGIAO : Batista do Sétimo Dia.
Masculino Mensagens : 4103
nascido em : 20/01/1968
inscrito em : 12/07/2011
Idade : 49
Localização : Rio de janeiro

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Qui 04 Abr 2013, 20:59

Edson M. escreveu:
Assuero escreveu:
As duas testemunhas de que fala o Apocalipse são aquelas que testificam de Deus,o Velho e o Novo testamentos...

A explicação mais satisfatória desta profecia é que as testemunhas são o Velho e o Novo Testamentos. É fora de dúvida que eles testificam de Cristo. “São estas [as Escrituras] que de Mim testificam”. (João 5:39). Assim, na linguagem simbólica do Apocalipse, os dois castiçais e as duas testemunhas são referências à Palavra de Deus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
fransisco
. . .MEMBRO ESPECIAL
.   .   .MEMBRO ESPECIAL
avatar

Mensagens : 894
nascido em : 26/07/1956
inscrito em : 07/07/2011
Idade : 61
Localização : TAPIRATIBA S.P.

MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   Qui 04 Abr 2013, 21:03

Ha sim então foi o amigo assuero que disse isso , bom não concordo assuero , a biblia é clra que dois homens vão pregar a palavra de Deus em meio a um praça em jerusalem e que o mundo vai ver isso , então amigo seus argumentos são falhos .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Quem são as duas testemunhas de Apocalipse 11 ???
» Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?
» QUEM SÃO OS 144 MIL NO APOCALIPSE?
» Os Quatro Cavaleiros do Apocalipse (Lição II)
» Quem são os cães de Apocalipse 22.15?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: ESCATOLOGIA-
Ir para: