SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seLogin
Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. ” Gálatas 2:20
ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
18 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 18 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» Deus é quem criou o diabo ?(mas sobre predestinação)
Hoje à(s) 18:27 por B.V.

»  MOVIDOS PELA GRAÇA At.4.32-35
Hoje à(s) 15:21 por guganic

»  Fiquei sobremodo alegre pela vinda de irmãos e pelo seu testemunho da tua verdade... DEVOCIONAL
Sex 02 Dez 2016, 09:43 por Henrique

» 30 LOUVORES QUE EDIFICAM PARA OUVIR EM 2017 - As Melhores Músicas Gospel
Qui 01 Dez 2016, 20:28 por Paulo Cezar

» Musicas Gospel para ouvir , Orar e Meditar.
Qui 01 Dez 2016, 20:27 por Paulo Cezar

» VERSICULO DO DIA
Qui 01 Dez 2016, 16:27 por Paulo Cezar

» Minuto com Deus!!!
Qui 01 Dez 2016, 09:52 por Paulo Cezar

» FILHOS NUMA TERRA DISTANTE Lc. 15.11-16
Qua 30 Nov 2016, 12:29 por guganic

» Pastora Sarah Sheeva “zera” as redes sociais com post sobre seus “10 anos sem ver aquilo maravilhoso
Qua 30 Nov 2016, 08:23 por Henrique

» Frase do dia.
Ter 29 Nov 2016, 20:32 por M.Rogério

» O mal uso da internet
Ter 29 Nov 2016, 20:27 por M.Rogério

» O Evangelho não é algo a ser pregado somente aos escolhidos, mas a TODOS os homens.
Ter 29 Nov 2016, 19:59 por M.Rogério

» Dom de línguas
Ter 29 Nov 2016, 10:37 por salomão

» ESCOLA BÍBLICA, PRIMEIRA PARTE, NOVEMBRO A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO.
Ter 29 Nov 2016, 07:53 por Henrique

» Escola Bíblica, Novembro. Segunda parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:51 por Henrique

» A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO. Comentários
Ter 29 Nov 2016, 07:40 por Henrique

»  Escola Bíblica, Novembro. Terceira parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:34 por Henrique

» A origem do dia de sábado
Sex 25 Nov 2016, 20:35 por salomão

» A VERDADEIRA LIBERDADE - Para proclamar libertação aos cativos. (Lucas 4.18) DEVOCIONAL
Sex 25 Nov 2016, 10:22 por Henrique

» O ÚNICO MANDAMENTO (Jo. 2.1-11) ... DE MARIA.
Qui 24 Nov 2016, 15:53 por guganic

» SIMEÃO E A PROFUNDA AFLIÇÃO DE MARIA Lc. 2.25-35
Qui 24 Nov 2016, 15:42 por guganic

» Evangelista Mauro Ferreira , Mensagens aos jovens
Qui 24 Nov 2016, 15:10 por elizeu crepaldi

» Que a Biblia diz sobre batismo pelos mortos.
Qua 23 Nov 2016, 21:20 por Henrique

» Papa estende a todos os padres poder de perdoar aborto
Qua 23 Nov 2016, 21:09 por Henrique

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

 O MAL DO INDIVIDUALISMO E A ORAÇÃO SACERDOTAL Jo.17

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
guganic



Mensagens : 2018
inscrito em : 08/08/2011

MensagemAssunto: O MAL DO INDIVIDUALISMO E A ORAÇÃO SACERDOTAL Jo.17   Qua 20 Jan 2016, 21:45

O MAL DO INDIVIDUALISMO E A ORAÇÃO SACERDOTAL
Jo. 17.20
E não rogo somente por estes, mas também por aqueles que pela sua palavra hão de crer em mim;
Vs.21
Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.

Na qualidade de nosso sumo sacerdote, ao nosso favor, Jesus ora ao Pai: “Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és mim”.
 
Na oração sacerdotal identificamos, (pois nos é manifesto isto) o profundo e mui íntimo relacionamento entre o Filho e o Pai.
 
O teor e a profundidade da oração sacerdotal feita por nosso Senhor excede o que é possível a qualquer oração humana.
 
Nesta gloriosa oração Jesus não orou somente pelos seus discípulos, mais está orando por todos os milhões e milhões que através dos séculos, viriam crer e hão de crer nele.
 
“Para que eles sejam apenas um”, é uma oração específica por nós; é uma oração pelos crentes de hoje e é por sua unidade “no” Pai e “no” Filho.
 
Orar pela unidade entre os cristãos e o próprio Cristo, entre os cristãos e o próprio Deus, entre os cristãos e cristãos, tendo a unidade e o amor e o caráter que Cristo tinha com o Pai, parece uma oração fora da realidade da maioria das pessoas de hoje.
 
Orar pela unidade entre os crentes e ele mesmo; entre os crentes e outros crentes e o Pai, tendo o mesmo caráter e a mesma unidade do Filho com o Pai tem sido inatingível para nós que professamos tê-los como nosso Senhor e Salvador.
 
A prova da nossa desunião começa pelas distinções entre vários tipos de cristãos; cristãos católicos versus cristãos protestantes; um número sem fim de denominações protestantes em guerra uma contra as outras.
 
Muitas e muitas vezes cristãos que frequentam a mesma igreja, presentes no mesmo recinto, participam do partir do pão à mesa do Senhor e, no entanto... Inimigos de carteirinha.
 
Dentro da mesma igreja, participantes da mesma denominação, em algumas vezes em desavenças por conta de pontos doutrinários em desigualdade com o ponto de vista de cada um.
 
Centenas de denominações de uma única igreja e sem uma filiação organizacional.
 
A mídia não é de agora que relata conflitos de grupos cristãos contra cristãos no mundo todo; e todos estes cristãos se dizem ferrenhos servidores de Cristo enquanto se digladiam por conta de pontos de vistas diferentes a respeito do próprio Cristo.

A unidade tão desejada por Cristo entre cristão e cristão, quando não atingida, afetam violentamente a unidade do tal cristão com o próprio Jesus e o próprio Deus. E por culpa de quem? Do individualismo!
 
Se você der uma olhada na historia da  cristianismo vai ver quantas vidas foram sacrificadas através dos séculos pelas guerras entre cristãos; católicos romanos contra protestantes; protestantes contra católicos romanos e vai por aí afora.
 
O moderno movimento ecumênico é um grande esforço interdenominacional para criar a tão unidade almejada por Jesus entre os cristãos.
 
Assim como relacionamentos não restaurados entre pessoas que tiveram um entrevero não gera união, assim é o ecumenismo com religiosos de práticas doutrinárias e costumes diferentes, poderem produzir unidade de fé e comportamento.
 
As divisões entre as várias denominações cristãs é um problema sério para a unidade da Igreja de Cristo e um problema igualmente sério para o evangelho de Cristo assim como é sério o perigo de morte de um paciente terminal.
 
E só Deus é quem pode curar tal enfermidade; o ecumenismo é a penas um paliativo.
 
Somos seres gregários, ninguém é uma ilha; todos nós somos dependes de alguém. Mas quando se trata da obra de Deus parece que as coisas mudam de figura.
 
A Bíblia diz (Ec.4.12) que o cordão de três dobras não se quebra tão depressa.
 
Está escrito que é melhor serem dois (Ec.4.9) do que um, porque tem melhor paga do seu trabalho. - Mais isto se os dois possuírem um senso comum, o mesmo objetivo.
 
A Bíblia diz que as formigas (Pv.30.24,25) são um povo impotente porém bem provida de sabedoria no verão preparam a sua comida.
 
Entre os orientais as formigas são um símbolo de inteligência; as formigas são laboriosas, trabalham em equipe. A vida social das formigas se compara a dos seres humanos quando estes não são individualistas.
 
Conta-se que uma família de porcos-espinhos só andava se espetando; a convivência entre eles estava cada vez mais insuportável. Até que um dia alguém sugeriu: vamos nos separar.

Cada um vá para o seu lado e cada um cuide-se de si mesmo. E assim foi feito.
 
Cada porco espinho tomou seu próprio destino e assim deixaram o convívio do bando.
Porém cada porco espinho começou a ter sérias dificuldades sobreviver, para caçar.
 
À noite grandes dificuldades para dormir, pois sozinho na toca o corpo não esquentava e o frio cortava. Depois de certo tempo, reunidos chegaram a uma conclusão: que o melhor era suportar uns aos outros em favor da família.
 
Para sermos um em Cristo precisamos ser um com o nosso irmão.

Porque nós, sendo muitos, somos um só pão e um só corpo, porque todos participamos do mesmo pão. (I Co. 10.17)

O individualismo não nos permite sermos muitos nem sermos um só pão e um só corpo.
 
Se algum cristão quer convencer o mundo que realmente a sua religião ou a sua denominação é de Deus, então deve se tornar um com Deus como Deus e Cristo são um.
 
O individualismo é uma obra perversa, é o fruto de um espírito faccioso que por inveja perturba a comunhão dos santos em Cristo.
 
Tg.3.16
Porque onde há inveja e espírito facciosos aí há perturbação e toda a obra perversa.

 
Que o Senhor tenha misericórdia de nós.


 
Guganic
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O MAL DO INDIVIDUALISMO E A ORAÇÃO SACERDOTAL Jo.17
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» ORAÇÃO DA FERA E AMARRAÇÃO
» Oração Mamãe Oxum
» ORAÇÃO PARA AMANSAR: ORAÇÃO A SÃO CIPRIANO: para amansar e trazer de volta
» oração 3 amarração
» Oração pra amansar mulher

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM ESTUDOS BÍBLICOS-
Ir para: