SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seLogin
Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. ” Gálatas 2:20
ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
26 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 26 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» Minuto com Deus!!!
Hoje à(s) 11:37 por Paulo Cezar

» AFINAL COMEMOREMOS O NATAL OU NÃO?
Ter 06 Dez 2016, 12:54 por Henrique

» Eu não posso viver sem ti adorar!
Seg 05 Dez 2016, 19:35 por M.Rogério

» NEEMIAS, O HOMEM MAIS IMPORTANTE DO REINO - Ne. 2.1-8. -
Seg 05 Dez 2016, 12:10 por jairo nuness

» Pedi, e dar-se-vos-á. (Mateus 7.7) DEVOCIONAL
Seg 05 Dez 2016, 09:34 por Henrique

» Deus é quem criou o diabo ?(mas sobre predestinação)
Dom 04 Dez 2016, 18:27 por B.V.

»  MOVIDOS PELA GRAÇA At.4.32-35
Dom 04 Dez 2016, 15:21 por guganic

»  Fiquei sobremodo alegre pela vinda de irmãos e pelo seu testemunho da tua verdade... DEVOCIONAL
Sex 02 Dez 2016, 09:43 por Henrique

» 30 LOUVORES QUE EDIFICAM PARA OUVIR EM 2017 - As Melhores Músicas Gospel
Qui 01 Dez 2016, 20:28 por Paulo Cezar

» Musicas Gospel para ouvir , Orar e Meditar.
Qui 01 Dez 2016, 20:27 por Paulo Cezar

» VERSICULO DO DIA
Qui 01 Dez 2016, 16:27 por Paulo Cezar

» FILHOS NUMA TERRA DISTANTE Lc. 15.11-16
Qua 30 Nov 2016, 12:29 por guganic

» Pastora Sarah Sheeva “zera” as redes sociais com post sobre seus “10 anos sem ver aquilo maravilhoso
Qua 30 Nov 2016, 08:23 por Henrique

» Frase do dia.
Ter 29 Nov 2016, 20:32 por M.Rogério

» O mal uso da internet
Ter 29 Nov 2016, 20:27 por M.Rogério

» O Evangelho não é algo a ser pregado somente aos escolhidos, mas a TODOS os homens.
Ter 29 Nov 2016, 19:59 por M.Rogério

» Dom de línguas
Ter 29 Nov 2016, 10:37 por salomão

» ESCOLA BÍBLICA, PRIMEIRA PARTE, NOVEMBRO A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO.
Ter 29 Nov 2016, 07:53 por Henrique

» Escola Bíblica, Novembro. Segunda parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:51 por Henrique

» A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO. Comentários
Ter 29 Nov 2016, 07:40 por Henrique

»  Escola Bíblica, Novembro. Terceira parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:34 por Henrique

» A origem do dia de sábado
Sex 25 Nov 2016, 20:35 por salomão

» A VERDADEIRA LIBERDADE - Para proclamar libertação aos cativos. (Lucas 4.18) DEVOCIONAL
Sex 25 Nov 2016, 10:22 por Henrique

» O ÚNICO MANDAMENTO (Jo. 2.1-11) ... DE MARIA.
Qui 24 Nov 2016, 15:53 por guganic

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

  UMA TEOLOGIA DE DESEJOS (Parte I)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
guganic



Mensagens : 2018
inscrito em : 08/08/2011

MensagemAssunto: UMA TEOLOGIA DE DESEJOS (Parte I)    Sab 07 Nov 2015, 14:11

            UMA TEOLOGIA DE DESEJOS (Parte I)                                                          Mt. 5.21-26
 
Vs21.
Ouviste o que foi dito aos antigos: não matarás; mas quem assassinar estará sujeito a juízo. (Julgamento)
Vs.22
Eu, porém, vos digo que qualquer que se irar contra seu irmão estará sujeito a juízo. Também qualquer que disser a seu irmão: Racá (tolo) será levado ao tribunal. E qualquer que o chamar de idiota estará sujeito ao fogo do inferno.
 
Ao relacionar o sexto mandamento que trata do pecado de tirar a vida de alguém com erros aparentemente menos grave, Jesus revela que a ofensa verbal está no mesmo nível de um assassinato.
 
A pessoa que verbalmente ofendesse alguém, na concepção de Jesus era réu do sinédrio ou Sanhedrin nome hebraico dado à corte judaica, o mais alto tribunal dos judeus, ainda que synedrio, sua origem é grega.
 
As cortes locais tinham de três a vinte e três juízes; já o sinédrio a corte de Jerusalém tinha 70 juízes ou sábios que julgavam a causa do povo.
 
Porque alguém deveria ser julgado por proferir um insulto, na mesma proporção de alguém que praticou um assassinato?
 
Porque na visão de nosso Senhor, o pecado que leva alguém a ofender outra pessoa, é o mesmo que motiva o assassinato; a ira descontrolada é um passo em direção ao pecado da ofensa.
 
A ira descontrolada pode levar ao assassinato de alguém. Nestes termos tanto a ofensa gratuita ou o assassinato levavam o ofensor a julgamento perante o sinédrio com uma enorme probabilidade de condenação.
 
A saída para quem ofendeu era procurar o ofendido ou o seu adversário e propor a reconciliação antes que o mesmo procurasse o tribunal evitando assim ter que pagar pela ofensa (25) na cadeia.
 
Quem era julgado pelo sinédrio e achado culpado sofreria a pena imposta sem pena e sem dó (e não como é no Brasil); neste sentido Jesus usou a figura do “fogo do inferno”.
 
Isto não quer dizer que o sinédrio condenava o culpado e literalmente o colocava no inferno, mas refere-se à execução do castigo imposto.

Depois de condenado o culpado só saia da cadeia (26) depois de pagar a sentença sua dívida perante a sociedade ou seu ofensor na totalidade.
 
O “fogo do inferno” referia-se aos dias intermináveis do sofrimento físico e do sofrimento emocional que o indivíduo passava na cadeia.
 
O vocábulo e também a expressão “fogo do inferno” levou os ouvintes de Jesus a entender perfeitamente o cerne da questão do pecar e sendo levado ao tribunal e condenado estar irremediavelmente perdido.
 
Gei-Hinnom traduzido para o grego e também para o português como “Gehenna”, e geralmente traduzido como “inferno” literalmente refere-se ao Vale de Hinnom (Gei-Hinnom) um nome próprio.
 
Localizado ao sul, da antiga cidade de Jerusalém este referido vale era o lugar onde o lixo da cidade com o passar do tempo era incinerado.
 
Durante o reinado do rei Acaz e também Manassés, sacrifícios humanos ao deus amonita (Moloque) foram realizados neste mesmo local.
 
O rei Josias, portanto profanou o referido lugar por causa das oferendas pagãs realizadas no citado local ao deus Moloque. (II Rs. 23.10)
 
Assim, com o tempo, o Vale de Hinnom foi transformado num grande depósito de lixo constantemente em chamas.
 
Até hoje o lugar é utilizado como uma metáfora do “inferno” com seu fogo ardente de punição para os ímpios, como ensinado na Bíblia hebraica em Isaías 66.24.
 
O que é a “Teologia dos desejos?” é a ideia de rejeitar ou não aceitar ou não concordar ou contornar uma situação, buscar uma saída para atender aos anseios próprios de poder fazer o que quer.
 
E assim ferir a ordem estabelecida sem ter que pagar por isto ou ter que sofrer as conseqüências pelo feito ou discordância ou rejeição empregada.
 
Qual é a saída engendrada pelas denominações e seus seguidores que não aceitam ou concorda com a existência de um lugar de punição eterna?
 
Descaracterizar as verdades bíblicas inclusive apelidando de “Heresias” o que a Bíblia trata e nos apresenta como uma realidade bíblica ainda que ás vezes fora do seu devido lugar.

“Fora do seu lugar” é tudo aquilo que está escrito e em parte ou na sua totalidade ainda não se cumpriu por não ter chegado o devido tempo.
 
Para mim é mais fácil e recomendável que se acredite mais em Deus e na Sua palavra do que argumentar idéias de “verdades de conveniência” com base em ideias puramente humanas.
 
Muitos lugares no Velho Testamento fala sobre um inferno ardente. E mostram (Dt.32.22. II Sm 22.6. Sl.18.5. Sl.116.3) que o inferno é um lugar de tristeza.
 
Está escrito que os ímpios (Sl.9.17) e as nações que se esquecem de Deus serão lançados, eles vão para o inferno.
 
A Bíblia no Velho Testamento (Tanakh) mostra que o inferno é um lugar de destruição: O Sheol (Sh’ol) normalmente corresponde ao grego “adês”.
 
O Sheol (o além) está desnudo diante de Deus (Jó.26.6) e o Abadom o abismo da destruição, não está oculto aos seus olhos.
 
Porquanto um grande fogo foi aceso pela minha ira (Dt.32.22) labaredas que queimarão até as profundezas do Sheol, Abismo dos mortos.
 
Quando Jesus falou de alguém que chamar alguém de idiota estará sujeito ao “fogo do inferno” o “fogo do inferno” não era nenhuma novidade para eles.
 
Assim como “o inferno” também não é nenhuma novidade (chiddush) do Novo Testamento.
 
Quando alguém declara que o judaísmo ensina que não existe inferno este alguém só está introduzindo uma doutrina posterior a sua própria doutrina com base na “teologia dos desejos” sem base na Palavra de Deus.
 
Como a ideia de punição eterna é bastante assustadora, tais pessoas buscam amenizá-la propondo que o julgamento final é uma aniquilação total, na qual aniquilação nada é experimentada, seja isto bom ou mau.
 
A Bíblia ensina tanto sobre o sheol (hades) tanto quanto sobre Gey-Hinnom, é que existe um estado de sofrimento eterno.
 
E este sofrimento a ser experimentado o será conscientemente por aqueles que estiverem sob a condenação eterna, definitiva de Deus
 
Mudar o conceito bíblico da existência de inferno para o conceito pessoal da não existência do mesmo é uma teologia de desejos.
 
Quando a Bíblia fala em fogo do inferno os defensores desta teologia de desejos interpreta literalmente que “fogo” o fenômeno que todos nós conhecemos quando algo entra em combustão, é real.
 
O “fogo ardente” refere-se ao intenso e continuo sofrimento.
 
Trataremos disto no próximo capitulo do tema iniciado nesta primeira parte. Falaremos sobre o que é real e o que é simbólico.
 

Aguardem.



Guganic
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
UMA TEOLOGIA DE DESEJOS (Parte I)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» teologia da renascer
» Onde está escrito no Testamento de Jesus, que temos que dar o dízimo? - parte III
» A morte humana sempre fez parte do plano de Deus?
» Teologia da Prosperidade-Como surgiu,o que prega e se é bíblica.
» Minha opinião sobre seminário e faculdade de teologia.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM ESTUDOS BÍBLICOS-
Ir para: