SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seConectar-se
Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. ” 2 Corintios 5.17
ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
13 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 13 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» PASTOR JOSUÉ BRANDÃO - N°026 - A CHAMADA DE MATEUS
Ontem à(s) 22:12 por Paulo Cezar

» Minuto com Deus!!!
Ontem à(s) 21:03 por Paulo Cezar

» Após 500 anos, Reforma Protestante ainda está em curso, afirma importante líder cristão
Ontem à(s) 20:30 por Henrique

» Pastor e escritor Paul Washer sofre ataque cardíaco e é internado em estado grave
Ontem à(s) 20:20 por Henrique

»  AS SETE TROMBETAS 2ª.Parte Ap.8.1-6
Seg 20 Mar 2017, 22:11 por guganic

» ESCOLA BÍBLICA MARÇO 2017 ENTENDIMENTO BÍBLICO CONVERSÃO. PARTE 3: MÁS PRÁTICAS NO EVANGELISMO
Dom 19 Mar 2017, 06:47 por Henrique

» Uma nova porta
Sab 18 Mar 2017, 13:46 por M.Rogério

» MARAVILHADOS COM A DOUTRINA DE CRISTO Mt. 22.15-33
Sab 18 Mar 2017, 09:08 por guganic

»  ERROS MONUMENTAIS & ERROS COMUNS Dt. 4.1-9
Sex 17 Mar 2017, 16:54 por guganic

» Eleitos para a Salvação em Cristo ???
Sex 17 Mar 2017, 00:21 por M.Rogério

» É De Arrepiar! A voz desta cantora Deficiente Visual vai tocar seu coração!
Qui 16 Mar 2017, 21:01 por Paulo Cezar

» 3 perguntas para fazer antes de ouvir qualquer sermão
Qua 15 Mar 2017, 21:04 por Henrique

»  AS SETE TROMBETAS Ap.1.1-3 - 1ª. Parte -
Qua 15 Mar 2017, 12:15 por guganic

» SIMEÃO E A PROFUNDA AFLIÇÃO DE MARIA Lc. 2.25-35
Dom 12 Mar 2017, 10:49 por jairo nuness

» ESCOLA BÍBLICA MARÇO 2017 ENTENDIMENTO BÍBLICO CONVERSÃO. PARTE 1 comentários
Sab 11 Mar 2017, 21:59 por Henrique

» ESCOLA BÍBLICA MARÇO 2017 ENTENDIMENTO BÍBLICO CONVERSÃO. PARTE 2: O TESTEMUNHO E EVANGELISMO
Sab 11 Mar 2017, 21:56 por Henrique

» Duas verdades infinitamente fortes e doces DEVOCIONAL
Sab 11 Mar 2017, 19:14 por Henrique

»  UM NOVO DIA NA VIDA DE JAIRO Mc. 5.21-24 e 41 (Ou na tua vida!)
Sex 10 Mar 2017, 23:30 por guganic

» . Sublime Amor -N:031 Hinário Adventista
Ter 07 Mar 2017, 11:00 por elizeu crepaldi

» Quem salva é Jesus e ninguém mais! - "Dedos de Davi" !!!
Seg 06 Mar 2017, 23:30 por Paulo Cezar

» Hora da mensagem .
Dom 05 Mar 2017, 13:03 por jairo nuness

» ESCOLA BÍBLICA MARÇO 2017 ENTENDIMENTO BÍBLICO CONVERSÃO. PARTE 1
Sab 04 Mar 2017, 23:12 por Henrique

» FAZENDO O CERTO DE MANEIRA ERRADA. I Cr. 13.
Sex 03 Mar 2017, 15:10 por guganic

» E O CARNAVAL, CAIU DE MODA???
Qui 02 Mar 2017, 09:50 por jairo nuness

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

 A OLIVERIA E O ZAMBUJEIRO. Rm. 11. 11-24

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
guganic

avatar

Mensagens : 2050
inscrito em : 08/08/2011

MensagemAssunto: A OLIVERIA E O ZAMBUJEIRO. Rm. 11. 11-24   Sex 09 Out 2015, 13:49

                   A OLIVEIRA E O ZAMBUJEIRO
                              Rm. 11.11-24
 
Vs.17
E se alguns dos ramos foram quebrados, e tu, sendo zambujeiro, foste enxertado em lugar deles e feito participante da raiz e da seiva da oliveira.
Vs.18.
Não te glories contra os ramos; e, se contra eles te gloriares, não és tu que sustentas a raiz, mas a raiz a ti.

A oliveira e o zambujeiro são plantas (árvores) da mesma família: oleáceas, e são originárias da mesma região; são nativas do mediterrâneo.
 
Nativas do Mediterrâneo se desenvolveram bem nas terras portuguesas tornando-se endêmicas na Ilha da Madeira e Canárias.
 
O zambujeiro tem ramos densos e espinhosos; seu fruto é pouco carnudo com apenas uma semente (ao estilo de um pêssego) afixada ao endocarpo.

O zambujeiro é também muito conhecido como a falsa oliveira, ou oliveira brava.
 
Na parábola de Jotão numa linda figura de linguagem encontramos a oliveira abrindo mão de um reino (Jz.9.8,9) por considerar melhor paga servir a Deus e aos homens com seus frutos e precioso óleo.
 
Como o assunto aqui não é botânico, vejamos, pois, o que o Espírito de Deus pode nos dá a este respeito como lição a nos ser aplicada.
 
“Dirijo-me a vós outros que sois gentios” – Por ser ele (13) um apóstolo dos gentios, queria ver se provocando ciúmes no povo judeu, os levasse a querer o seu devido lugar no tronco da verdadeira oliveira que é Cristo.
 
Porque ele os judeus, na analogia da oliveira e o zambujeiro, eram ramos originais que foram tirados da oliveira verdadeira para ceder lugar aos ramos infrutíferos de uma oliveira falsa e improdutiva.
 
Não devia os ramos da oliveira falsa ou oliveira brava, os gentios, gloriar-se por sua nova condição e posição na oliveira verdadeira, em detrimento dos ramos originais lançados fora.
 
Pois assim como eles os gentios como ramos de oliveiras falsas foram enxertados, assim também os ramos verdadeiros poderiam voltar ao seu devido lugar na oliveira verdadeira.
Não devemos nos gloriar porque os ramos originais foram quebrados no sentido de só assim podermos ser enxertados, ou seja: Deus não os tirou da oliveira para que sobrasse um lugar para nós nela, os gentios.
 
Foram tirados da oliveira por conta da incredulidade deles e não por uma preferência pessoal de Deus por a, b, ou c.
 
As preferências de Deus pendem para aqueles que o amam e obedece.
 
Os gentios que se cuidem; pois se Deus não poupou os judeus (19) os ramos naturais? Porque pouparia também ramos falsos, ramos infrutíferos e incrédulos?
 
Eu disse um pouco acima que a Oliveira Verdadeira é Cristo, e isto com base no que está escrito: “se a raiz é santa (16) também os ramos são”.
 
Não pode haver uma árvore ou uma oliveira sem raiz, seja ela verdadeira ou falsa.
 
Não pode haver um evangelho de Cristo sem o Seu Cristo como a raiz ou a base principal de sustentação única deste evangelho.
 
Quando Paulo diz: “e se as primícias são santas (16) também a massa o é”, ele está se referindo aos judeus abençoados no evangelho e a massa é toda a nação que se tornará santa quando ao final será salva por Cristo.
 
Nunca um agricultor vai enxertar o ramo ou caule de uma árvore má ou infrutífera numa árvore boa, pois isto é contrário à natureza.
 
Lembro-me do meu tempo de adolescente quando ajudei um agricultor a enxertar um tipo de laranjeira num limoeiro. O limoeiro passou a produzir laranja em determinados ramos e limão em outros.
 
O agricultor me disse: isto aconteceu porque você fez o enxerto no lugar errado e não no caule no tronco principal.
 
Imagina uma oliveira brava enxertada numa oliveira verdadeira; que tipo de fruto pode dá esta oliveira brava? E a oliveira verdadeira?Nenhum engenheiro agrônomo cometeria tal desatino, tal erro.
 
Cortar um ramo de uma planta que por natureza (24) é imprestável para ser enxertada numa planta de boa qualidade certamente não é um trabalho de quem entende de biologia ou de engenharia genética; certo?
Pois bem; foi justamente isto que Deus fez; o que nenhum agricultor ousaria fazer justamente por saber que não daria certo.
 
Deus simplesmente contra a natureza estabelecida por Ele mesmo quebrou todas as leis da biologia e da botânica. Implantou ramos de uma árvore má numa boa árvore.
 
Porque se tu foste cortado do natural zambujeiro “e contra a natureza” enxertada na boa oliveira...
 
A rebelião dos judeus (ainda que a salvação venha deles) redundou em riqueza para o mundo (12) e seu desligamento da oliveira verdadeira em riquezas espirituais para os gentios.
 
Posicionados em Cristo no caule do evangelho dele os ramos de oliveira brava recebem a seiva preciosa da salvação e produzem frutos de oliveira verdadeira, frutos bons; frutos de arrependimento.
 
Só Deus mesmo podia fazer algo assim dar certo; uma coisa contrária à natureza que Ele mesmo criou, dar certo dá frutos bons.
 
A oliveira também representa as bênçãos prometida à semente de Abraão; e os gentios não têm direito a tais bênçãos.
 
Porém pela fé em Cristo e enxertados na videira verdadeira as promessas particulares de Israel nos alcançam; foi dito a Abraão que nele seriam benditas as todas as famílias da terra. (Gn.3.12)
 
E pela fé somos filhos de Abraão.
 
Outro fato mui glorioso e contrário á natureza; como zambujeiro que os gentios são deveriam estes, mesmos que enxertados na oliveira verdadeira produzir fruto de zambujeiro; mais não. Eles produzem frutos de oliveira.
 
E esta produção de frutos em grande escala resultará na conversão em massa do povo judeu e isto é mais uma modificação na ordem natural das coisas contrária a natureza.
 
Se com doze apóstolos e alguns discípulos e alguns evangelistas judeus tantas bênçãos espirituais alcançaram o mundo, imagina só toda uma nação (a massa) toda convertida a Cristo. Que Milênio glorioso não será?
 
Cristo é a raiz santa que sustenta a oliveira o povo de Deus da atualidade.
Em Cristo judeus e gentios são um só povo.
Deus que nos abençoe.

Guganic
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A OLIVERIA E O ZAMBUJEIRO. Rm. 11. 11-24
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» A OLIVERIA E O ZAMBUJEIRO. Rm. 11. 11-24
» A Igreja está sem identidade
» A BOA E VERDADEIA OLIVEIRA (Rm. 11.17-24)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM ESTUDOS BÍBLICOS-
Ir para: