SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seConectar-se

Porque, se com a tua boca confessares Jesus como Senhor, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo; Romanos 10.9

http://i.imgur.com/WOeDEht.jpg
ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
13 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 13 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» Minuto com Deus!!!
Hoje à(s) 02:38 por Paulo Cezar

» A Cura do câncer e a FOSFOETANOLAMINA SINTÉTICA.
Ontem à(s) 14:58 por Henrique

» A VERDADE QUE LIBERTA -Jo. 8.32-36-
Ontem à(s) 11:46 por guganic

» É pecado o uso de camisinha ( preservativo ) nas relações sexuais?
Dom 15 Out 2017, 09:47 por M.Rogério

»  Evangelho da Salvação x Evangelho da Solução
Dom 15 Out 2017, 09:32 por M.Rogério

» Arquivo baixado de um site e Bolsonário 2018
Sab 14 Out 2017, 14:06 por salomão

» A DOUTRINA DO DÍZIMO Pt. 2 (Hb.7.1-17) Escola Bíblica outubro de 2017 O DÍZIMO ANTES DA LEI
Sab 14 Out 2017, 07:21 por guganic

» Cristãos são expulsos de cafeteria por proprietário gay
Sex 13 Out 2017, 20:45 por Henrique

» Como é que DEUS teria permitido algo horroroso assim acontecer no dia 11 de setembro
Sex 13 Out 2017, 20:33 por Henrique

» O Peregrino – Uma Jornada para o Céu (Filme completo)
Qui 12 Out 2017, 15:49 por Paulo Cezar

» Seja como uma criança, mas não seja criança
Qua 11 Out 2017, 23:14 por Henrique

» Como crentes serão julgados?
Sab 07 Out 2017, 17:57 por B.V.

» DIVULGANDO - Acompanhe + Um Debate REENCARNAÇÃO defendida por TZARUCH
Sab 07 Out 2017, 15:14 por Henrique

» SSBBezerra - Espírita Kardecista volta ao Fórum
Sab 07 Out 2017, 10:30 por B.V.

» A DOUTRINA DO DÍZIMO Pt.1 (Ml.3.8) Escola Bíblica outubro de 2017
Sab 07 Out 2017, 01:28 por guganic

» A perversidade do homem anunciando a volta de Cristo.
Qui 05 Out 2017, 22:59 por M.Rogério

» André e Felipe - Decisão (Sony Music Live)
Qui 05 Out 2017, 02:09 por Paulo Cezar

» Site de radios gospel e outros...
Qua 04 Out 2017, 01:40 por Paulo Cezar

» ESCOLA BÍBLICA SETEMBRO/5 - GLÓRIA SOMENTE A DEUS/ OS CINCO SOLAS
Ter 03 Out 2017, 22:50 por Henrique

» Frase do dia.
Dom 01 Out 2017, 02:17 por Henrique

» VERSICULO DO DIA
Qui 28 Set 2017, 18:36 por Paulo Cezar

» Como eu posso buscar Deus de forma consciente?
Qui 28 Set 2017, 11:25 por Xnessax15

» ESCOLA BÍBLICA SETEMBRO/4 - SOMENTE PELA FÉ / OS CINCO SOLAS
Qua 27 Set 2017, 21:09 por Henrique

» CÂNTICOS VOCAL - JERUSALÉM
Qua 27 Set 2017, 20:19 por Henrique

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

 POR QUE ENOQUE E ELIAS NÃO PROVARAM A MORTE? Hb.9.27.Gn.3.19

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
guganic

avatar

Mensagens : 2098
inscrito em : 08/08/2011

MensagemAssunto: POR QUE ENOQUE E ELIAS NÃO PROVARAM A MORTE? Hb.9.27.Gn.3.19   Qui 11 Jun 2015, 03:05

POR QUE ENOQUE E ELIAS NÃO PROVARAM A MORTE?






Hb. 9.27
E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo, depois disso, o juízo.
 
A morte é o compromisso inescapável de todo o ser vivo sobre a face da terra. A morte encerra nossa liberdade condicional que nos foi dada ainda em vida pelo próprio Criador: Deus.
 
A “morte” é assegurada ao homem através de um decreto divino; pois o governo de Deus (teocrático) funciona por meio de decretos; sendo uns decretos permissivos e outros decretos eficazes.
 
O decreto divino que assegura a morte como um compromisso inescapável tem um parágrafo único. “És pó e em pó te tornarás”. (Gn. 3.19). É eficaz.
 
O juízo de Deus é o primeiro compromisso do espírito/alma do homem na eternidade; esta é a sequencia natural: morte e juízo ou julgamento.
 
Não há nenhuma chance de alguém voltar a viver na terra em carne e osso: se passou por este juízo.
 
Ora, se ao homem está ordenado morrer uma só vez, a minha pergunta é: por que Lázaro morreu duas vezes?
 
Então Jesus disse-lhes claramente: Lázaro está morto. (Jo.11.14,17) E há quatro dias na sepultura (Jo 11.39) já cheirando mal.
 
Se ao homem está ordenado morrer uma só vez por que então o filho da sunamita morreu duas vezes?(II Rs.4.20, 32,36).
 
Um criado levou o filho da sunamita (vitimado de uma forte insolação) até ela, que o deitou em seus joelhos até ao meio-dia quando veio a falecer.
 
E a filha de Jairo (Mt. 9.18,25) porque morreu duas vezes?
 
E o filho da viúva de Naim (Lc. 7.12-15) porque morreu duas vezes?
 
Lázaro, a filha de Jairo, o filho da viúva de Naim, o filho da sunamita e o filho da viúva de Sarepta morreram a segunda vez porque não passaram pelo juízo de Deus conforme é obrigatório passar o que morre. (Hb. 9.27)
 
E porque estes não passaram no: “segue-se o juízo?”.
 
Porque estas mortes tinham um propósito em comum: a glória de Deus. A morte dos demais não se ajusta a este propósito: “para glória de Deus”.
 
Então o que confirma a morte física do homem perante Deus é a sentença recebida do outro lado da eternidade.
 
Toda a morte física termina na ressurreição do corpo; é por isto que para o cristão a morte física tem uma qualificação peculiar; ela é chamada de “sono”, porque o corpo do salvo pode ser despertado a qualquer hora.
 
E por que o corpo do salvo pode ser despertado a qualquer hora? Porque para o salvo, após o seu desenlace ele não passa pelo: “segue-se o juízo”.
 
E por quê? Porque o salvo já foi julgado na cruz quando Cristo na cruz tomou sobre si os pecados do salvo. O salvo comparecerá sim: no tribunal de Cristo para tratar de recompensas e nunca de condenação.
 
Segundo a palavra de Deus o ato imediato do salvo em Cristo após seu desenlace é estar imediatamente “com o Senhor”. (II Co 5.8.)
 
Não há registros bíblicos que confirmem a morte de Enoque e confirme a morte do profeta Elias. Por outro lado há registros bíblicos que confirma que eles não provaram a morte física. (Hb. 11.5. II Rs. 2.11).
 
E as razões para estes indivíduos não terem provado a morte tornando assim inválido o decreto: “És pó e ao pó voltaras!”pode ser uma grande contradição.
 
Contradição ou violação de um decreto criado pelo próprio Deus podendo assim gerar uma quebra de confiança na própria palavra e em Deus.
 
Tem coisas que não é da alçada do homem saber; Deus na maioria das vezes complica e depois explica porque complicou; e você passa a entender direitinho porque Ele (Deus) complicou.
 
O caso de Enoque e Elias é um exemplo de uma complicação sem limites e que eu creio que só Deus pode explicar tamanha complicação.
 
Deus mesmo criou um artigo incrível sobre coisas complicadas. (Dt. 29.29)


Este artigo serve como um coringa quando as coisas se complicam e Ele quer descomplicar sem nos explicar.
 
“As coisas encobertas pertencem ao Senhor nosso Deus, (Dt. 29.29), porém as reveladas nos pertencem a nós e a nossos filhos”.
 
Só que: muitas vezes a coisa encoberta já nos foram revelados, porém criptografadas e a razão humana não consegue resolver.
 
E, “criptografia” faz parte do departamento de “comunicações”. E este departamento é de responsabilidade do Espírito Santo. (Jo. 14.26) É Ele que nos ensina todas as coisas e nos faz lembrar-se de tudo.
 
Isto posto vamos nos aprofundar nos episódios de Enoque e Elias.
 
Até seus 65 anos Enoque era um elemento de uma vida comum como a maioria dos homens da atualidade; neste tempo nem com Deus Enoque andava ou era tão apegado.
 
Depois que Enoque gerou a Matusalém (Gn. 5.21-24) é que ele começou andar com Deus; andar com Deus neste sentido é: Servir bem a Deus, submeter-se a Deus integralmente, sem reservas.
 
E por que Enoque passou a andar com Deus? Porque o nome do seu filho, Matusalém tinha um significado todo especial; antes de Noé ser avisado que deveria construir uma arca por causa do juízo do dilúvio,
 
Enoque foi avisado que depois da morte de Matusalém o juízo do dilúvio ia ser executado.
 
O que está claro é que nesse tempo, ele recebeu uma revelação de Deus para que desse o nome de seu filho: Metusalém ou Matusalém.
 
Metusalém vem de “Muth” a raiz de uma palavra hebraica que significa: morte. E vem também de “Shalack” que significa: trazer ou trazer em seguida. - Metusalém significa: sua morte trará. –
 
Isto é: quando ele (Metusalém) morrer o dilúvio virá.



Cinco anos após a morte de Meausalém o Senhor Deus ainda acrescentou sete dias e o dilúvio aconteceu.

 
O pai de Metusalém (Enoque) profetizou a vinda do grande dilúvio, e certamente foi dito que enquanto ele tivesse vivo, o julgamento divino do dilúvio seria contido.
 
Mas assim que ele morresse o dilúvio chegaria ou seria envidado. Isto Enoque ficou sabendo antes de Deus mandar Noé construir a arca.
 
Noé era filho de Lameque e neto (um contemporâneo) de Matusalém.
 
Enoque teve sua vida mudada por saber que Matusalém o seu filho era um sinal da misericórdia de Deus; e enquanto este estivesse vivo o juízo de Deus não seria executado com a destruição da raça humana da época.
 
Enoque (Hb. 11.5) foi “trasladado para não ver a morte” antes do dilúvio.
 
Porque assim como Elias subiu ao céu em seu corpo natural assim também Enoque subiu ao céu (não no redemoinho de ventos como Elias), mas arrebatado para não ver a morte.
 
Porém Elias e Enoque morrerão suas próprias mortes já designadas por Deus a aqui na terra, (Ap.11.7,8.) pois serão eles as duas testemunhas de um período da grande tribulação.
 
Enoque foi o primeiro homem a ser elevado aos céus; Elias foi o segundo e a Bíblia fala de mais dois que passaram pela mesma experiência; mais isto deixo para falar em outra ocasião.
 
Enoque foi o primeiro a ser transladado para ser o símbolo dos salvos, os santos do Senhor que serão arrebatados (tirados da terra) antes dos juízos apocalípticos. (I Ts 4.14-17)
 
E Elias foi arrebatado depois do juízo do dilúvio é o símbolo daqueles que passarão pelo período da grande tribulação (Ap.7.9-14)
 
Agora se alguém acha justo aplicar às “duas testemunhas” um caráter simbólico e não real não literal isto implica dizer que:
 
O decreto divino que assegura a morte como um compromisso inescapável e tem um parágrafo único. “És pó e em pó te tornarás”. - Foi violado pelo próprio Deus –
 
Se Enoque e Elias não forem as duas testemunhas teremos outra quebra de confiança na palavra de Deus porque esta palavra afirma com veemência que: a carne e o sangue (I Co.15.50) não podem herdar o reino do céus.
 
E se Elias e Enoque continuarem no céu com seus corpos não glorificados além de ser um ultraje também seriam então as primícias e não Cristo
I Co. 15.20
Mas de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos, e foi feito as primícias dos que dormem.
 
Se Cristo é as primícias dos que dormem e Elias chegou ao céu antes mesmo de Cristo ser fecundado por obra e graça do Espírito Santo no útero da Maria, isto não é uma contradição?
 
A ordem dos fatores e a seguinte: Todos morrem em Adão, é o desenlace inevitável (I Co 15.22,23) e todos serão vivificados, voltarão á vida em Cristo, pois Ele mesmo confessou ser a Verdade e a Vida.
 
Ora, se todos morrem em Adão e se Enoque e Elias não passarem pelo mesmo processo (da morte física) então todos não morrem em Adão e sim alguns.
 
Veja que o próprio Jesus teve que morrer e  voltar ao Pai e só depois ser ressuscitado e aí sim: voltar para o Pai em definitivo.
 
Vou encerrar por aqui, pois o assunto é muito complexo, envolve falar sobre as ressurreições, provar quem são as duas testemunhas, falar dos que ressuscitaram quando Cristo ressuscitou, das mulheres que receberam seus mortos e o tema pode se tornar cansativo e enfadonho.
 
Sobre as testemunhas vocês poderão conferir aqui: http://gospel-semeadores-da.forumeiros.com/t1492-as-duas-testemunhas-saib
 
E com a Bíblia nas mãos confiram ponto por ponto.
 
A minha opinião porque Enoque e Elias não provaram a morte (ainda), é porque este foi o propósito de Deus para ambos e assim torná-los no devido tempo instituído ou designado pelo próprio Deus: testemunhas oculares da Sua grandeza nos céus de glórias.
 
 
 
Guganic
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
jairo nuness
. . .MEMBRO ESPECIAL
.   .   .MEMBRO ESPECIAL
avatar

RELIGIAO : cristão
Masculino Mensagens : 3392
nascido em : 29/05/1958
inscrito em : 19/07/2013
Idade : 59
Localização : TAPIRATIBA SÃO PAULO.

MensagemAssunto: Re: POR QUE ENOQUE E ELIAS NÃO PROVARAM A MORTE? Hb.9.27.Gn.3.19   Sex 19 Jun 2015, 21:37

.

-







-
4 - O fórum se reserva o direito de excluir ou editar qualquer conteúdo que traga prejuízo a Palavra do Senhor, ou a uma pessoa ou  entidade bem como ao próprio fórum,  como palavras inadequadas , difamatorias , ou agressivas, assuntos ou títulos inadequados ou ofensivos a qualquer entidade ou pessoa.

http://gospel-semeadores-da.forumeiros.com/t9043-regras-
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
POR QUE ENOQUE E ELIAS NÃO PROVARAM A MORTE? Hb.9.27.Gn.3.19
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» POR QUE ENOQUE E ELIAS NÃO PROVARAM A MORTE? Hb.9.27.Gn.3.19
» O mistério do arrebatamento de Enoque e Elias.
» O Livro de Enoque
» O QUE OS IRMÃOS PENSAM SOBRE O LIVRO DE ENOQUE?
» Porque João Batista não era Elias

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM ESTUDOS BÍBLICOS-
Ir para: