SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seLogin
A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós. Amém.” 2 Corintios 13.13
ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
20 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 19 Visitantes :: 2 Motores de busca

Henrique

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» O universo (uma minuscula parte,diante da grandeza de Deus)
Ontem à(s) 21:06 por M.Rogério

» Eleitos para a Salvação em Cristo ???
Ontem à(s) 17:49 por M.Rogério

» Quem pode me ensinar?
Ontem à(s) 08:52 por guganic

» Hebreus como agrada Deus para ter a fé nEle e crer nEle.
Sab 25 Fev 2017, 23:13 por Henrique

» Minuto com Deus!!!
Sab 25 Fev 2017, 18:40 por Paulo Cezar

» PERDÃO SEM A EXTREMA UNÇÃO Lc. 23.33-43 Uma mensagem de salvação para você.
Sab 25 Fev 2017, 14:51 por guganic

» Tentados como Ele
Sab 25 Fev 2017, 08:37 por B.V.

» ESCALA DA ESCOLA BÍBLICA - 2017 - 1° SEMESTRE
Sab 25 Fev 2017, 01:07 por guganic

» ALGUÉM PERGUNTOU POR VOCÊ Ne. 1.1-4
Sex 24 Fev 2017, 00:56 por guganic

» NUM BECO SEM SAÍDA Jr.5.30,31
Qui 23 Fev 2017, 23:33 por guganic

» Incomodados com pregação dura, líderes religiosos boicotam Cruzada Evangelística de Billy Graham
Qui 23 Fev 2017, 21:06 por Henrique

»  “A Igreja está procurando por métodos melhores; Deus está procurando por homens melhores”.
Qui 23 Fev 2017, 11:37 por Henrique

» Somos estrangeiros e forasteiros! DEVOCIONAL
Qui 23 Fev 2017, 09:43 por Henrique

» Quem salva é Jesus e ninguém mais! - "Dedos de Davi" !!!
Qua 22 Fev 2017, 09:43 por jairo nuness

» UM EXEMPLO DE VIDA CRISTA ESTA MENINA ,
Qua 22 Fev 2017, 09:43 por jairo nuness

» O Derramar das bênçãos Isaías 44:3
Dom 19 Fev 2017, 11:43 por jairo nuness

» CENÁCULO! UMA CASA DE ORAÇÃO, COMUNHÃO E MILAGRES
Qui 16 Fev 2017, 13:14 por guganic

»  UM HOMEM COM UM CÂNTARO: QUEM É ELE? Lc. 22.7-13
Qui 16 Fev 2017, 02:07 por guganic

» Ela teve uma visão foi arrebatada e viu o paraiso e o inferno e foi curada.
Seg 13 Fev 2017, 11:32 por jairo nuness

» Sem-teto é filmada louvando a Deus nas ruas e momento emocionante se torna viral; Assista
Seg 13 Fev 2017, 11:30 por jairo nuness

» Oremos pelo Estado do Espirito Santo.
Sab 11 Fev 2017, 21:03 por Paulo Cezar

» Matheus iensen e Mercede Iensen, Veem os outros Jesus em ti
Sex 10 Fev 2017, 05:28 por elizeu crepaldi

» Valdomiro Silva, Cântico da liberdade
Ter 07 Fev 2017, 07:36 por elizeu crepaldi

» Matheus Iensen e Mercede Iensen, Gozo Real
Sab 04 Fev 2017, 15:12 por elizeu crepaldi

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

 A IDADE DA REFLEXÃO (A juventude e a velhice) Ec. 12

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
guganic



Mensagens : 2041
inscrito em : 08/08/2011

MensagemAssunto: A IDADE DA REFLEXÃO (A juventude e a velhice) Ec. 12   Qua 08 Abr 2015, 11:43

            A IDADE DA REFLEXÃO
         A juventude e a velhice Ec. 12
 
Vs.1
Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais dirás: Não tenho neles contentamento.
 
A ciência biológica afirma que a vida começa na concepção, ela é continua quer intra ou extra-uterina até a morte.
 
Isto significa dizer que a nossa jornada começou quando ainda éramos um liquido informe, depois um embrião inconsciente que veio a ser um feto e mais tarde uma linda criança recém-chegada a este mundo.
 
Todos nós, desde a primeira vez que respiramos, até agora continuamos a respirar porque Deus está no controle de nossas vidas.
 
Passamos pela nossa fase de criança, atingimos a puberdade, alcançamos o status de um jovem adulto, amadurecemos e chegamos à velhice e depois dela virá a nossa morte e a nossa vida nesta terra acabou.
 
Cada dia até aqui tivemos que fazer uma escolha; pois a vida é feita de escolhas; ainda que tenhamos feito algumas escolhas erradas tudo ainda acabou dando certo; ainda estamos aqui sobre a face da terra.
 
Outros, entretanto, chegaram depois e já se foram: faleceram.
 
Até aqui, como temos vivido nossas vidas?Tranquila, sóbria e sossegada?
 
Ou uma vida intranquila, deveras agitada, desorganizada, iracunda, cheia de atropelos e tropeços, pontilhada de mágoas e decepções?
 
Até aqui quais foram nossas melhores e piores escolhas? Certo é que ainda estamos sobre a face da terra e alguns até, servindo a Deus.
 
Está escrito que ainda que o homem viva muitos anos regozije-se em todos eles; contudo, deve, (Ec. 11.8.) lembrar-se de que há dias de trevas, porque serão muitos. Tudo quanto sucede é vaidade.
 
Vaidade, não a presunção total e sim ao vazio final de uma vida sem Deus.

Como tens levado a vossa vida; sem Deus?

Vaidade no sentido de nascer, lutar sofrer experimentar alguma alegria sempre transitória e, que é nada à vista da eternidade com Cristo, e depois deixar tudo e morrer.
 
Alegrias e prazeres são um direito nosso; Deus não nos proíbe de tê-los em tempo algum; desde que não contradigam Seus mandamentos ou impeça-nos de servi-Lo.
 
Cada época de nossa vida traz oportunidades e deveres e não se deve ser descuidados com as oportunidades e os deveres.
 
Porém nunca devemos nos esquecer que certamente o dia da prestação de contas chega e para todos. (Ec.11.9). Daí a severa advertência bíblica: lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade.
 
Há uma distância enorme entre o período da juventude e da velhice; porém esta distância continuadamente diminui e dependendo do modo de vida que se leva, a velhice chega bem antes dos cinquenta anos para alguns.
 
Sabe aquele jovem que você foi, cheio de ideias e vigor?

Na velhice, a falta de interesse pela vida e a falta de ideias e ideais somar-se-á a fraqueza do teu corpo e você dirá destes anos: não tenho neles contentamento.
 
Na juventude o foco é um futuro brilhante localizado à nossa frente na linha do nosso horizonte; na idade avançada não olhamos para o horizonte e sim para trás por cima dos ombros e a refletir: que fiz da minha vida?
 
Esta é a idade da reflexão quando então buscamos entender porque não chegamos a onde queríamos; perguntamo-nos porque dissemos sim a ele ou a ela quando deveríamos ter dito não, ou vice-versa.
 
Descuidando-se das boas oportunidades e dos deveres, não se lembrando do Criador no tempo devido e a velhice de alguém poderá ser de densas e longas e terríveis trevas.
 
Na juventude temos a nosso favor: vigor e a beleza física; também temos a aptidão e a disposição para compreender e empreender novas aventuras.
 
Mas o tempo passa e nós também passamos pelo tempo e com o tempo; as oportunidades vão diminuindo e se tornando raras e raras em todas as áreas de nossas vidas.
 
E o que nos resta? A falta de interesse pela vida, e também pelo pão.

A falta de interesse pelo sexo, a falta de ideais, e as fraquezas do corpo são particularidades de uma idade avançada.
 
Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade... (v2) antes que se escureçam o sol, a luz, e as estrelas do esplendor da tua vida.
 
A nossa juventude é o esplendor da nossa vida é a fase mais áurea quando temos a impressão que a vida e o tempo não passam e somos invencíveis.
 
Mais só podemos ter uma vida de esplendor se tivermos consciência que temos um Criador e que acima de tudo devemos amá-lo de todo o nosso coração, de toda nossa alma e toda nossa força.
 
A fraqueza dos braços, e das pernas, da voz, dos olhos, as vertigens, e a insônia, não são o registro de uma vida esplendorosa, pois é o inicio do ocaso da nossa curta existência na terra. (Ec.3.20)
 
No dia em que tremeres os guardas da casa – Fala de nossos braços e mãos trêmulas que antes era como um instrumento tanto de ataque (3) como instrumento de defesa de nosso rosto, vida e corpo.
 
E se curvarem os homens fortes – Fala de nossas pernas que não consegue mais, manter o peso de nosso corpo e ficamos meio inclinados.
 
Cessarem os moedores da boca por serem poucos, fala-nos dos dentes perdidos e gastos pela mastigação.
 
E se escurecerem os teus olhos nas janelas – Os olhos, as janelas da alma. Nosso vinculo com o mundo visível é a captação da luz pelos nossos olhos.

Segundo Jesus o olho é a luz que ilumina todo nosso corpo.
 
No dia em que não puderes falar em voz alta – Com a velhice o timbre da voz vai diminuindo, ficando cada vez mais fraco, a voz fica trêmula até que os lábios qual portas da rua se fecha para sempre.
 
A voz é um indicador do grau de velhice que atingimos.
 
Te levantares à voz das aves (4) e todas as harmonias filhas da música te diminuírem. – Este é o kit da velhice: insônia, declínio da voz, declínio da audição, ausência da libido e a perda gradativa da visão.
 
Quando temeres o que é alto – A velhice nos faz ter medo e nos faz andar tateando para não cairmos da altura de cinco ou dez centímetros.

Andar tateando é a característica do idoso.
 
E te embranqueceres como floresce a amendoeira – Fala-nos das cãs, dos cabelos brancos que vão surgindo timidamente até nos deixar com a cabeça totalmente branca como a amendoeira florida.
 
O gafanhoto te for um peso – É uma alusão ao andar inclinado para frente que o idoso tem e alguém o segura pelos braços
 
Com a falta de força física e o desvanecimento dos prazeres naturais da vida, só nos resta à sepultura a casa paterna, pois viemos do pó e para o pó voltaremos.(Ec.9.2,3)
 
Antes que se rompa o fio de prata (6) e se despedace o copo de ouro e se quebre o cântaro junto à fonte e se desfaça a roda junto ao poço.
 
Antes que a nossa vida cesse de todo, antes que nosso coração pare de bater, antes que percamos a nossa lucidez e nosso pulmão não inale o ar que precisamos respirar devemos nos lembrar do nosso Criador.
 
Pois quando a vida cessa o corpo volta à sepultura e o espírito volta para Deus que o deu se este espírito foi conservado puro. (II Co.7.1).

Pois Deus exige santidade do corpo (I Co.7.34) e do espírito.
 
A idade da reflexão é a idade das últimas avaliações do que realizamos ou deixamos de realizar; é a idade de nossas reavaliações das oportunidades perdidas e aproveitadas.
 
É a época de rever se devíamos ter amado mais ou amado menos ou nunca ter amado; ou odiado mais, ou menos, ou nuca ter odiado.
 
É a época de se perguntar por que não se perdoou mais, porque não se voltou atrás quando podia, porque não se foi em busca do que se devia buscar.
 
E agora, tudo é passado; só restam algumas histórias para serem contadas e não há quem queira ouvi-las.
 
Enquanto você tem saúde vá fazer uma visita a um asilo ou a um depósito de velhos e veja se já não há uma vaga reservada para você ficar no lugar daquele que você um dia abandonou lá.
 
Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias num asilo e você não tenha neles nenhum contentamento.





Guganic
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A IDADE DA REFLEXÃO (A juventude e a velhice) Ec. 12
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» A IDADE DA REFLEXÃO (A juventude e a velhice) Ec. 12
» TEMAS DO ENEM. TEMA: A juventude no século XXI.
» P.G. - (idade)
» Idade de Helena
» P.A. - (idade do mais velho)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM ESTUDOS BÍBLICOS-
Ir para: