SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seLogin
Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. ” Gálatas 2:20
ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
25 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 25 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» Deus é quem criou o diabo ?(mas sobre predestinação)
Ontem à(s) 23:37 por B.V.

»  Fiquei sobremodo alegre pela vinda de irmãos e pelo seu testemunho da tua verdade... DEVOCIONAL
Sex 02 Dez 2016, 09:43 por Henrique

» 30 LOUVORES QUE EDIFICAM PARA OUVIR EM 2017 - As Melhores Músicas Gospel
Qui 01 Dez 2016, 20:28 por Paulo Cezar

» Musicas Gospel para ouvir , Orar e Meditar.
Qui 01 Dez 2016, 20:27 por Paulo Cezar

» VERSICULO DO DIA
Qui 01 Dez 2016, 16:27 por Paulo Cezar

» Minuto com Deus!!!
Qui 01 Dez 2016, 09:52 por Paulo Cezar

» FILHOS NUMA TERRA DISTANTE Lc. 15.11-16
Qua 30 Nov 2016, 12:29 por guganic

» Pastora Sarah Sheeva “zera” as redes sociais com post sobre seus “10 anos sem ver aquilo maravilhoso
Qua 30 Nov 2016, 08:23 por Henrique

» Frase do dia.
Ter 29 Nov 2016, 20:32 por M.Rogério

» O mal uso da internet
Ter 29 Nov 2016, 20:27 por M.Rogério

» O Evangelho não é algo a ser pregado somente aos escolhidos, mas a TODOS os homens.
Ter 29 Nov 2016, 19:59 por M.Rogério

» Dom de línguas
Ter 29 Nov 2016, 10:37 por salomão

» ESCOLA BÍBLICA, PRIMEIRA PARTE, NOVEMBRO A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO.
Ter 29 Nov 2016, 07:53 por Henrique

» Escola Bíblica, Novembro. Segunda parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:51 por Henrique

» A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO. Comentários
Ter 29 Nov 2016, 07:40 por Henrique

»  Escola Bíblica, Novembro. Terceira parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:34 por Henrique

» A origem do dia de sábado
Sex 25 Nov 2016, 20:35 por salomão

» A VERDADEIRA LIBERDADE - Para proclamar libertação aos cativos. (Lucas 4.18) DEVOCIONAL
Sex 25 Nov 2016, 10:22 por Henrique

» O ÚNICO MANDAMENTO (Jo. 2.1-11) ... DE MARIA.
Qui 24 Nov 2016, 15:53 por guganic

» SIMEÃO E A PROFUNDA AFLIÇÃO DE MARIA Lc. 2.25-35
Qui 24 Nov 2016, 15:42 por guganic

» Evangelista Mauro Ferreira , Mensagens aos jovens
Qui 24 Nov 2016, 15:10 por elizeu crepaldi

» Que a Biblia diz sobre batismo pelos mortos.
Qua 23 Nov 2016, 21:20 por Henrique

» Papa estende a todos os padres poder de perdoar aborto
Qua 23 Nov 2016, 21:09 por Henrique

»  O ALFA E ÔMEGA: O PRINCÍPIO E O FIM. Ap.1.8.
Qua 23 Nov 2016, 11:28 por jairo nuness

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

 A MENTIRA E A VERDADE Cl.3.9,10.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
guganic



Mensagens : 2017
inscrito em : 08/08/2011

MensagemAssunto: A MENTIRA E A VERDADE Cl.3.9,10.   Seg 09 Fev 2015, 23:37

A MENTIRA E A VERDADE


Cl. 3.9
Não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do velho homem com os seus feitos,
Vs.10
E vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou;
Entendemos perfeitamente que mentir uns aos outros é uma atitude ou comportamento do velho homem e não do nascido de novo.
 
Será que os que se declaram ou se sentem nascido de novo, mentem?
 
A Bíblia diz que a incredulidade de alguém não aniquilará a fidelidade de Deus; sempre seja Deus verdadeiro e todo homem mentiroso. (Rm.3.4)
 
Mas, há quem bata no peito e diga com toda a pompa: eu não minto; ou: eu nunca minto ou: eu nunca mentir. – Não é isto uma mentira? Diante da realidade bíblica que acabamos de ler?
 
Quando começamos a mentir? Quando começamos ter conhecimento do bem e do mal; quando começamos a entender o que é certo e o errado; quando começamos a sair do estado de inocência para o mundo da razão.
 
Paulo começa sua carta à Igreja de Colossos nos seguintes termos: Aos santos e irmãos fiéis em Cristo (Cl. 1.2) que estão em Colossos.
 
Eram santos e fiéis em Cristo, declara Paulo; logo, eram novas criaturas, certo? Porém, estão sendo exortados a não mentirem uns para os outros; por quê?
 
Porque velha criatura ou nova criatura, o certo é que não há homem ou mulher ou criança que não minta.
 
É evidente que Deus não aprova a mentira em hipótese alguma; o que está escrito (Pv. 6.16,17) é que Deus odeia a mentira; na escalada das coisas que Deus odeia a mentira só perde para o olhar altivo.
 
Será que toda mentira é igual? Claro que não. E por que as mentiras são contadas? Algumas mentiras são contadas com a finalidade de prejudicar outras pessoas.
Algumas mentiras são contadas pela pressão do momento; algumas vezes a pessoa mente só para não passar uma vergonha; outras vezes mente para não sofrer uma punição ou reprimenda ou prejudicar alguém.
 
Porém, nenhuma causa ou motivo, circunstância, ou razão tem aprovação de Deus; mais Deus entende porque mentimos e conhece cada razão cada causa ou cada motivo.
 
Toda mentira é errada; algumas mentiras, porém, são mais sérias que outras. Quando alguém mente, devemos levar em conta a idade e o motivo porque a pessoa mentiu ou está a mentir.
 
A idade no caso de crianças e adolescentes e idosos deve ser levados em considerações antes de formarmos qualquer juízo.
 
Mas a idade não justifica o porquê alguém mente; apenas explica.
 
Está escrito que depois do ato da circuncisão apareceu o Senhor a Abraão nos carvalhais de Manre lá por volta do meio dia (Gn. 18.1) estando ele assentado à porta da tenda.
 
Levantou Abraão os seus olhos e viu junto a ele três homens de pés os quais ele recebeu com distinção inclinando-se a terra.
 
Um deles (Gn. 18.9,10) perguntou por Sara; e Abraão disse que ela estava na tenda. Abraão foi informado que Sara ia dar à luz a um filho.
 
Sara que curiosamente escutava tudo ocultamente de dentro da tenda riu-se consigo mesma de tal noticia. (Gn. 18.12-15).
 
Quando perguntada por que riu, Sara negou dizendo: não me ri; e sabe por quê? Porque temeu. – E foi desmascarada: não digas isso, porque te riste.
 
Abraão desceu ao Egito por força da fome que era mui grande pelas bandas do Neguebe, e acabou entrando numa situação nada agradável por conta de uma mentira dita a Faraó. (Gn. 12.9-20).
 
Sara foi parar na casa das concubinas de Faraó. Logo a mentira de Sara quando negou seu riso não teve o mesmo peso que a mentira de Abrão perante Faraó. E perante Deus? Deus entendeu cada uma delas.
 
Deus também não aprovou, mais nem por isto deixou de realizar na vida de Sara e Abrão o que havia prometido.
 
A verdade ou é verdade ou não é a verdade; o mesmo se aplica á mentira.
 
A mentira ou é mentira ou não é mentira; não existe meia verdade e nem meia mentira.
 
Toda mentira é errada; toda mentira é ruim.
 
Disse o Senhor a Moisés: fala a toda congregação dos filhos de Israel e dize-lhes: Não furtareis, nem mentireis, nem usareis de falsidade cada um com o seu próximo. (Lv.19.1,2.11)
 
Paulo fez semelhante recomendação a Igreja de Colosso e Moisés ao povo de Israel.
 
Falar a verdade desde cedo é algo que as crianças precisam aprender.
 
Falar a verdade até nas piores situações e em qualquer idade é o correto, pois a mentira destrói a confiança. E a confiança perdida nem sempre é possível ser recuperada.
 
No caso de Sara Deus entendeu que por conta da idade e do temor ela mentiu; Abrão por conta do medo de perder a vida ou a própria Sara e não da idade, mentiu a Faraó.
 
Podemos tachar Sara e Abraão de mentirosos? De filhos do Diabo, só porque a Bíblia diz que o mesmo é o pai da mentira? É justamente isto que Deus não faz: tachar alguém como filho do diabo só porque mentiu.
 
David Walsh Ph. D. em psicologia escreveu que relacionamentos se baseiam na confiança, e a mentira faz você perder essa confiança.
 
Esta frase de David Walsh é mais uma daquelas que se aplica a esta: a teoria na pratica é outra.
 
Um relacionamento seja lá com quem for não pode e não deve ser baseado em mentiras; mas não há relacionamentos que não contenha mentiras.
 
Isto não significa dizer que porque aprendemos desde criança a falar à verdade que nunca haveremos de mentir.
 
É natural que a crianças ou os adolescentes e até adultos maduros e idosos vez por outra faça uma tolice, pois todos somos seres humanos e seres humanos fazem tolices.
 
A forma que reagimos para com aquele que cometeu a tolice é que fará a diferença se nos falará a verdade ou não da próxima vez.
 
É por isto que a criança mente; pelo medo de ser severamente punida; outras vezes mente por fantasiar uma determinada situação. E outra vez mente pelo exemplo que os pais dão ao mentir para eles.
 
Muitas vezes a criança ou determinada pessoa mente para outra pessoa simplesmente por não querer desaponta-la.
 
Muitas vezes a criança quer agradar os pais ou a alguém e diante da tolice que cometeu sabe que não será agradável pelo que fez e aí mente.
 
Mais se os pais fizerem-na entender que honestidade, ou só a verdade é a única maneira de alguém ser agradável e importante para a família? A criança deixará de mentir se não for ameaçada de punições cruéis.
 
Eu disse que só honestidade ou a verdade é a única maneira de alguém ser agradável. Infelizmente o que só fala a verdade (o que é biblicamente correto) não é visto na sociedade hodierna como uma pessoa agradável.
 
Se uma pessoa está desenganada pela medicina e alguém conta a ela abertamente do seu estado, dá para imaginar as reações dos parentes daquele que recebeu tal noticia?
 
Veja se mentir para tal paciente não é mais bem aceito do que a verdade.
 
Não estou aqui a favor da mentira nem contra a verdade; apenas deixando de ser demagogo e falando de algo que a maioria tem medo de tratar e não tem medo de acusar outrem de mentiroso.
 
O que precisamos é da graça de Deus e de domínio próprio; pois infelizmente não há quem não minta.
 
Rm.3.4
Sempre seja Deus verdadeiro e, todo homem mentiroso, como está escrito: Para que sejas justificado em tuas palavras e venças quando fores julgado.
 
Guganic
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A MENTIRA E A VERDADE Cl.3.9,10.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» A MENTIRA E A VERDADE Cl.3.9,10.
» afundamento do titanic: verdade ou mentira?
» ILUMINATIS: verdade ou mentira?
» Castidade: Verdade ou mentira?
» Tema da PMERJ de 2009: A verdade e a mentira nas relações sociais

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM ESTUDOS BÍBLICOS-
Ir para: