SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seLogin
Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. ” Gálatas 2:20
ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
9 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 9 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» Deus é quem criou o diabo ?(mas sobre predestinação)
Hoje à(s) 00:07 por M.Rogério

»  Fiquei sobremodo alegre pela vinda de irmãos e pelo seu testemunho da tua verdade... DEVOCIONAL
Ontem à(s) 09:43 por Henrique

» 30 LOUVORES QUE EDIFICAM PARA OUVIR EM 2017 - As Melhores Músicas Gospel
Qui 01 Dez 2016, 20:28 por Paulo Cezar

» Musicas Gospel para ouvir , Orar e Meditar.
Qui 01 Dez 2016, 20:27 por Paulo Cezar

» VERSICULO DO DIA
Qui 01 Dez 2016, 16:27 por Paulo Cezar

» Minuto com Deus!!!
Qui 01 Dez 2016, 09:52 por Paulo Cezar

» FILHOS NUMA TERRA DISTANTE Lc. 15.11-16
Qua 30 Nov 2016, 12:29 por guganic

» Pastora Sarah Sheeva “zera” as redes sociais com post sobre seus “10 anos sem ver aquilo maravilhoso
Qua 30 Nov 2016, 08:23 por Henrique

» Frase do dia.
Ter 29 Nov 2016, 20:32 por M.Rogério

» O mal uso da internet
Ter 29 Nov 2016, 20:27 por M.Rogério

» O Evangelho não é algo a ser pregado somente aos escolhidos, mas a TODOS os homens.
Ter 29 Nov 2016, 19:59 por M.Rogério

» Dom de línguas
Ter 29 Nov 2016, 10:37 por salomão

» ESCOLA BÍBLICA, PRIMEIRA PARTE, NOVEMBRO A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO.
Ter 29 Nov 2016, 07:53 por Henrique

» Escola Bíblica, Novembro. Segunda parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:51 por Henrique

» A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO. Comentários
Ter 29 Nov 2016, 07:40 por Henrique

»  Escola Bíblica, Novembro. Terceira parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:34 por Henrique

» A origem do dia de sábado
Sex 25 Nov 2016, 20:35 por salomão

» A VERDADEIRA LIBERDADE - Para proclamar libertação aos cativos. (Lucas 4.18) DEVOCIONAL
Sex 25 Nov 2016, 10:22 por Henrique

» O ÚNICO MANDAMENTO (Jo. 2.1-11) ... DE MARIA.
Qui 24 Nov 2016, 15:53 por guganic

» SIMEÃO E A PROFUNDA AFLIÇÃO DE MARIA Lc. 2.25-35
Qui 24 Nov 2016, 15:42 por guganic

» Evangelista Mauro Ferreira , Mensagens aos jovens
Qui 24 Nov 2016, 15:10 por elizeu crepaldi

» Que a Biblia diz sobre batismo pelos mortos.
Qua 23 Nov 2016, 21:20 por Henrique

» Papa estende a todos os padres poder de perdoar aborto
Qua 23 Nov 2016, 21:09 por Henrique

»  O ALFA E ÔMEGA: O PRINCÍPIO E O FIM. Ap.1.8.
Qua 23 Nov 2016, 11:28 por jairo nuness

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

 Guiados pelo Espírito de Deus

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
M.Rogério
. . .MEMBRO ESPECIAL
.   .   .MEMBRO ESPECIAL


RELIGIAO : Cristianismo
Masculino Mensagens : 3290
nascido em : 19/09/1972
inscrito em : 01/09/2011
Idade : 44
Localização : Anápolis

MensagemAssunto: Guiados pelo Espírito de Deus   Sab 22 Nov 2014, 21:47

Por que ser guiado pelo espírito de Deus?


“Tu és o meu Deus. Teu espírito é bom; guie-me ele.” — SAL. 143:10.

VOCÊ alguma vez já usou uma bússola para orientar seu caminho? A bússola é um instrumento simples, de apenas uma peça móvel — uma agulha magnética que aponta para o Norte. Por causa de uma força invisível chamada magnetismo, a agulha da bússola alinha-se com o campo magnético que circunda a Terra entre os polos. Já por séculos, exploradores e viajantes usam a bússola para guiar seu caminho por terra e mar.
2 Existe outra força invisível ainda mais essencial para nossa orientação. Que força é essa? É a mencionada nos primeiros versículos da Bíblia. Falando sobre o que Jeová realizou há incontáveis eras, Gênesis diz: “No princípio Deus criou os céus e a terra.” Ao fazer isso, ele acionou uma força poderosa, pois o relato da criação acrescenta: “A força ativa de Deus movia-se.” (Gên. 1:1, 2) O que estava em ação? Espírito santo — a força dinâmica por trás da criação. Devemos a nossa existência ao fato de Jeová ter usado esse espírito para produzir todas as suas obras. — Jó 33:4; Sal. 104:30.
3 Como viventes, humanos que respiram, será que devemos esperar que a força ativa de Deus cause ainda outros efeitos na nossa vida? O próprio Filho de Deus, Jesus, sabia que sim, pois ele disse a seus discípulos: “O espírito . . . vos guiará a toda a verdade.” (João 16:13) Como devemos entender a natureza desse espírito, e por que devemos desejar ser guiados por ele?
A natureza do espírito santo
4 É provável que algumas pessoas com quem você fala no ministério tenham um conceito não bíblico sobre o que é o espírito santo. Os trinitaristas creem equivocadamente que se trata de uma pessoa espiritual igual a Deus, o Pai. (1 Cor. 8:6) Mas é fácil ver que a doutrina da Trindade não se harmoniza com o que dizem as Escrituras.
5 Qual é, então, a verdadeira natureza do espírito santo? Uma nota em Gênesis 1:2 na Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas com Referências diz: “Além de ser traduzido por ‘espírito’, rú·ahh [hebraico] é também traduzido por ‘vento’ e por outras palavras que denotam uma força ativa, invisível.” (Veja também as notas em Gênesis 3:8; 8:1.) Assim como o vento, embora invisível, exerce força, o imaterial e impessoal espírito santo é invisível, mas produz efeitos. Esse espírito é energia que emana de Deus, projetada e exercida sobre pessoas ou coisas para cumprir a vontade divina. Deveria ser difícil acreditar que essa força maravilhosa provém da Fonte santa, o Deus Todo-Poderoso? De maneira alguma! — Leia Isaías 40:12, 13.
6 Será que Jeová pode continuar a usar seu espírito para guiar a nossa vida? Ele prometeu ao salmista Davi: “Eu te farei ter perspicácia e te instruirei no caminho em que deves andar.” (Sal. 32:Cool Davi queria isso? Sim, pois apelou a Jeová: “Ensina-me a fazer a tua vontade, porque tu és o meu Deus. Teu espírito é bom; guie-me ele.” (Sal. 143:10) Devemos ter o mesmo desejo e disposição de ser guiados pelo espírito de Deus. Por quê? Considere quatro razões.
Não somos qualificados para guiar a nós mesmos
significa “acompanhar, mostrando o caminho; orientar”. No entanto, Jeová não nos criou com a habilidade de fazer isso por conta própria, especialmente não no nosso estado imperfeito. O seu profeta Jeremias escreveu: “Eu sei, SENHOR, que não está na do homem o seu futuro; não compete ao homem dirigir os seus passos.” (Jer. 10:23, Nova Versão Internacional) E por que não? Jeremias ouviu a avaliação de Deus sobre por que somos incapacitados de guiar a nós mesmos. Falando sobre o que somos no íntimo, Jeová disse: “O coração é mais traiçoeiro do que qualquer outra coisa e está desesperado. Quem o pode conhecer?” — Jer. 17:9; Mat. 15:19.
8 Não seria imprudente uma pessoa sem experiência aventurar-se sozinha numa desconhecida região deserta, sem um bom guia e nem mesmo uma bússola? Sem saber como sobreviver em região inóspita nem como achar o caminho para seu destino, ela estaria arriscando a sua vida. Da mesma forma, a pessoa que pensa que pode dirigir seu caminho neste mundo mau, sem permitir que Deus lhe indique o rumo certo, coloca sua vida em grave perigo. A única chance de podermos ‘atravessar’ com êxito este sistema mundial é pedirmos em oração a Jeová o mesmo que Davi pediu: “Firmem-se os meus passos nos teus trilhos em que certamente não se farão vacilar as minhas pisadas.” (Sal. 17:5; 23:3) Como é possível receber essa orientação?
9 Se tivermos humildade e disposição de depender de Jeová, ele nos dará seu espírito santo como guia seguro para os nossos passos. Como essa força ativa nos ajudará? Jesus explicou a seus discípulos: “O ajudador, o espírito santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar todas as coisas que eu vos disse.” (João 14:26) Se estudarmos regularmente a Palavra de Deus com devoção, incluindo todas as declarações de Cristo, o espírito santo aumentará nossa compreensão da profunda sabedoria de Jeová, para podermos nos ajustar bem de perto à sua vontade. (1 Cor. 2:10) Além disso, em qualquer desvio inesperado na estrada que conduz à vida eterna, o espírito nos mostrará o caminho a seguir. Ele nos fará recordar princípios bíblicos que já conhecemos e nos ajudará a saber como eles se aplicam ao darmos o próximo passo.
Jesus era guiado pelo espírito de Deus
10 Uma segunda razão para desejarmos ser guiados por espírito santo é que Deus orientou seu próprio Filho por meio dele. Antes de vir à Terra, o Filho unigênito de Deus conhecia esta profecia: “Sobre ele terá de pousar o espírito de Jeová, o espírito de sabedoria e de compreensão, o espírito de conselho e de potência, o espírito de conhecimento e do temor de Jeová.” (Isa. 11:2) Imagine como Jesus deve ter se sentido ansioso de receber a ajuda do espírito de Deus quando passasse a viver no seu novo ambiente aqui na Terra.
11 As palavras de Jeová se cumpriram. O registro evangélico diz o que aconteceu logo após o batismo de Jesus: “Cheio de espírito santo, [Jesus] afastou-se do Jordão e foi conduzido pelo espírito, lá no ermo.” (Luc. 4:1) Ali, enquanto ele jejuava, orava e meditava, Jeová provavelmente instruía e esclarecia seu Filho a respeito do que o aguardava. A força ativa de Deus agia na mente e no coração de Jesus, orientando seus pensamentos e suas decisões. Como resultado, Jesus sabia o que fazer em cada situação, e ele sempre fez exatamente o que seu Pai desejava que fizesse.
12 Conhecendo o valor dos efeitos do espírito de Deus na sua própria vida, Jesus enfatizou aos seus discípulos a importância de pedir e de ser guiados por espírito santo. (Leia Lucas 11:9-13.) Por que isso é tão necessário para nós? Porque pode transformar a nossa maneira de pensar, de modo que se assemelhe à mente de Cristo. (Rom. 12:2; 1 Cor. 2:16) Por permitirmos que o espírito de Deus guie a nossa vida, podemos pensar como Cristo pensa e imitar seu exemplo. — 1 Ped. 2:21.
O espírito do mundo pode nos desviar
13 A terceira razão para desejarmos que o espírito de Deus nos guie é que, sem ele, poderíamos ser desviados pelo espírito ímpio que opera na vida da maioria das pessoas hoje. O mundo tem sua própria força, poderosa e impelidora, que fomenta um proceder totalmente contrário ao que o espírito santo pode produzir em nós. Em vez de incutir nas pessoas a mente de Cristo, o espírito do mundo faz com que os conceitos e as ações delas se tornem parecidos com os do governante deste mundo, Satanás. (Leia Efésios 2:1-3; Tito 3:3.) A pessoa que cede ao espírito do mundo e pratica as obras da carne sofre graves consequências, que a impedem de herdar o Reino de Deus. — Gál. 5:19-21.
14 Jeová nos habilita a resistir ao espírito do mundo. O apóstolo Paulo nos exorta a ‘prosseguir adquirindo poder no Senhor e na potência da sua força para que possamos resistir no dia iníquo’. (Efé. 6:10, 13) Por meio de seu espírito, Jeová nos fortalece para resistirmos aos esforços de Satanás de nos desviar. (Rev. 12:9) O espírito do mundo é forte, e não podemos evitá-lo totalmente. Mas é possível não sermos corrompidos por ele. O espírito santo é ainda mais forte, e nos ajudará.
15 Sobre os que se desviaram do cristianismo no primeiro século, o apóstolo Pedro disse: “Abandonando a vereda reta, foram desencaminhados.” (2 Ped. 2:15) Somos muito gratos de que ‘não recebemos o espírito do mundo, mas o espírito de Deus’! (1 Cor. 2:12) Com a ajuda de sua influência e por aproveitar bem todas as provisões de Jeová para nos manter na “vereda reta” em sentido espiritual, podemos resistir com êxito ao espírito satânico deste mundo mau. — Gál. 5:16.
O espírito santo produz bom fruto
16 Uma quarta razão para desejarmos que o espírito de Deus atue no nosso íntimo é que ele produz fruto saudável na vida dos que são guiados por ele. (Leia Gálatas 5:22, 23.) Quem de nós não gostaria de ser mais amoroso, alegre e pacífico? Ou ter muita longanimidade, benignidade e bondade? Quem de nós não se beneficiaria de desenvolver mais fé, brandura e autodomínio? O espírito de Deus produz em nós qualidades excelentes que beneficiam tanto a nós como aos com quem convivemos ou servimos. Cultivar esse fruto é um trabalho constante, pois não há limite na quantidade de fruto do espírito de que precisamos e que podemos produzir.
17 É sensato nos avaliar com cuidado para ter certeza de que nossas palavras e ações evidenciem que estamos sendo orientados por espírito santo e produzindo seu fruto. (2 Cor. 13:5a; Gál. 5:25) Se notamos que precisamos cultivar melhor certos aspectos do fruto do espírito, podemos cooperar mais com o espírito santo em produzir tais qualidades. Fazemos isso por estudar cada um desses aspectos conforme revelados na Bíblia e explicados nas nossas publicações cristãs. Desse modo, podemos discernir como o fruto do espírito deve ser manifestado no nosso dia a dia e nos esforçar em cultivá-lo mais plenamente.* Ao observarmos os resultados da atuação do espírito de Deus na nossa vida e na de outros cristãos, veremos com clareza por que temos de ser guiados por ele.
Você é submisso ao espírito de Deus?
18 Como “mestre de obras” na criação do Universo, Jesus sabia tudo a respeito do campo magnético da Terra, que os humanos usam para se locomover no planeta. (Pro. 8:30; João 1:3) No entanto, não há evidência bíblica de que Jesus alguma vez tenha usado essa força para guiar seu caminho quando esteve na Terra. Mas a Bíblia relata que, como humano, ele sentiu o grande poder da força do espírito santo de Deus na sua vida. Ele aceitou de bom grado a sua influência e, quando essa força o impelia, ele se submetia a ela e agia de acordo. (Mar. 1:12, 13; Luc. 4:14) Você também age assim?
19 A força ativa de Deus ainda atua sobre mentes e corações receptivos para movê-los e guiá-los. Como você pode deixar que ela atue sobre você e o conduza na direção certa? Ore sempre a Jeová para que ele lhe conceda seu espírito e ajude você a se submeter à sua influência. (Leia Efésios 3:14-16.) Aja de acordo com as suas orações por buscar os conselhos contidos na Palavra escrita de Deus, a Bíblia — produzida por meio de espírito santo. (2 Tim. 3:16, 17) Acate as suas sábias instruções e aceite com prontidão a direção do espírito santo. Atue com fé na capacidade de Jeová de guiar adequadamente a sua vida neste mundo pervers

-







-
"Somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas" (Efésios 2:10). 
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Guiados pelo Espírito de Deus
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» "O grande e imenso amor de Deus, a graça de Jesus Cristo, Seu filho, e as doces consolações do Espírito Santo, sejam para com todos aqueles que Nele crê, não só hoje, mas para todo sempre." E em confirmação a igreja diz: "Amém!"
» Deus não é uma trindade! Jeová é o PAI, Jesus é o FILHO e o Espírito Santo é a FORÇA ativa de Deus.
» Arrebatamento em espírito
» O Espírito Santo. Mera força impessoal ou pessoa divina?
» Espírito peca?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM ESTUDOS BÍBLICOS-
Ir para: