SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seLogin
Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. ” Gálatas 2:20
ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
31 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 30 Visitantes :: 1 Motor de busca

guganic

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
»  MOVIDOS PELA GRAÇA At.4.32-35
Hoje à(s) 15:21 por guganic

» Deus é quem criou o diabo ?(mas sobre predestinação)
Ontem à(s) 23:37 por B.V.

»  Fiquei sobremodo alegre pela vinda de irmãos e pelo seu testemunho da tua verdade... DEVOCIONAL
Sex 02 Dez 2016, 09:43 por Henrique

» 30 LOUVORES QUE EDIFICAM PARA OUVIR EM 2017 - As Melhores Músicas Gospel
Qui 01 Dez 2016, 20:28 por Paulo Cezar

» Musicas Gospel para ouvir , Orar e Meditar.
Qui 01 Dez 2016, 20:27 por Paulo Cezar

» VERSICULO DO DIA
Qui 01 Dez 2016, 16:27 por Paulo Cezar

» Minuto com Deus!!!
Qui 01 Dez 2016, 09:52 por Paulo Cezar

» FILHOS NUMA TERRA DISTANTE Lc. 15.11-16
Qua 30 Nov 2016, 12:29 por guganic

» Pastora Sarah Sheeva “zera” as redes sociais com post sobre seus “10 anos sem ver aquilo maravilhoso
Qua 30 Nov 2016, 08:23 por Henrique

» Frase do dia.
Ter 29 Nov 2016, 20:32 por M.Rogério

» O mal uso da internet
Ter 29 Nov 2016, 20:27 por M.Rogério

» O Evangelho não é algo a ser pregado somente aos escolhidos, mas a TODOS os homens.
Ter 29 Nov 2016, 19:59 por M.Rogério

» Dom de línguas
Ter 29 Nov 2016, 10:37 por salomão

» ESCOLA BÍBLICA, PRIMEIRA PARTE, NOVEMBRO A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO.
Ter 29 Nov 2016, 07:53 por Henrique

» Escola Bíblica, Novembro. Segunda parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:51 por Henrique

» A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO. Comentários
Ter 29 Nov 2016, 07:40 por Henrique

»  Escola Bíblica, Novembro. Terceira parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:34 por Henrique

» A origem do dia de sábado
Sex 25 Nov 2016, 20:35 por salomão

» A VERDADEIRA LIBERDADE - Para proclamar libertação aos cativos. (Lucas 4.18) DEVOCIONAL
Sex 25 Nov 2016, 10:22 por Henrique

» O ÚNICO MANDAMENTO (Jo. 2.1-11) ... DE MARIA.
Qui 24 Nov 2016, 15:53 por guganic

» SIMEÃO E A PROFUNDA AFLIÇÃO DE MARIA Lc. 2.25-35
Qui 24 Nov 2016, 15:42 por guganic

» Evangelista Mauro Ferreira , Mensagens aos jovens
Qui 24 Nov 2016, 15:10 por elizeu crepaldi

» Que a Biblia diz sobre batismo pelos mortos.
Qua 23 Nov 2016, 21:20 por Henrique

» Papa estende a todos os padres poder de perdoar aborto
Qua 23 Nov 2016, 21:09 por Henrique

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

 UM “KIT” PARA UM PARTO SEM RISCOS. I Tm.2.13-15

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
guganic



Mensagens : 2018
inscrito em : 08/08/2011

MensagemAssunto: UM “KIT” PARA UM PARTO SEM RISCOS. I Tm.2.13-15   Sab 13 Set 2014, 15:30

              UM “KIT” PARA UM PARTO SEM RISCOS

I Tm 1.13
Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva.
Vs.14
Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão.
Vs.15
Salvar-se-á, porém, dando à luz filhos, se permanecer com modéstia na fé, no amor, e na santificação.
 
“Salvar-se-á, porém, dando à luz filhos” – O quê, realmente esta passagem bíblica quer dizer?
 
Teria o sacrifício de Cristo na cruz do Calvário sido de nenhum valor em relação à salvação das mulheres?E se assim for o que será das mulheres estéreis ou das impossibilitadas de dar à luz?
 
Estariam todas estas mulheres, pela impossibilidade de não ter filhos, condenadas a perdição eterna? É disto que trataremos agora.
 
Este versículo tem a ver com a declaração paulina que “Adão” não foi enganado e a mulher sim: foi enganada, iludida.
 
Então, ter sido enganada e cair na transgressão tirou da mulher o direito à salvação em Cristo? Sendo que o pecado do homem foi pior, porque se trata de desobediência deliberada?
 
Com a queda do homem, e, ainda no Éden mesmo, Deus anunciou (proferiu) sentenciou quatro sérias maldições, a saber:
 
Contra a serpente (Gn.3.14); contra Satanás (Gn.3.15); maldição sobre a mulher (Gn; 3.16) e maldição sobre a terra. (Gn. 3.17).
 
Não é por acaso (Rm.8.23,24) que nós que temos as primícias do Espírito e como diz Paulo: gememos em nós mesmos.

E toda a criação igualmente afetada geme e está com dores de parto. Nada disto é por acaso. - Até os remidos sofrem e gemem com os depravados e ímpios.
 
Um dos maiores medo associados ao parto é a dor que a mulher sentirá nele. Ela é intermitente, contrações fraquinhas no inicio até atingir um pico mais elevado de dor e começa a diminuir.
 
Sem contrações na há dor, e por um curto intervalo de tempo tudo estará bem; até a próxima contração com novos ciclos de dores mais intensas e intensa até à hora “H”.
 
Esta é a maldição proferida no Éden sobre a mulher: a dor. Não é a mulher que é a maldição. Multiplicarei grandemente a tua dor (Gn.3.16) ou multiplicarei os sofrimentos da tua gravidez.
 
Antes da queda, Adão e Eva se relacionavam bem e não havia uma hierarquia estabelecida por Deus entre ambos.
 
Com a queda, Deus, frontalmente, alterou este relacionamento: o desejo da mulher seria para o marido e ela viver sob o domínio dele que é a razão de todas as encrencas entre casais.
 
Depois do dilúvio na terceira dispensação (do governo humano) Deus delegou determinadas áreas de Sua autoridade, nas quais o homem tem de obedecer a Deus através de submissão ao próximo.
 
É por isto que a Bíblia diz que toda autoridade emana de Deus. E, que todo homem esteja sujeito a autoridade (Rm.13.1,2) e que as autoridades que existem são instituídas por Deus.
 
Aquele que se opõe a autoridade (Rm.8.2) resiste a ordenação de Deus.A autoridade dos pais sobre os filhos, do esposo sobre a família; autoridade política ou religiosa; todas emanam de Deus.
 
Sendo o marido a cabeça da mulher ele é a autoridade instituída por Deus; (I Co.11.3) Não respeitar isto é afrontar a Deus.

O marido é uma autoridade instituída por Deus. -  A autoridade que é o meu próximo? Segundo a Bíblia eu devo obedecer tal autoridade para não me achar em desobediência perante Deus.
 
Foi o que aconteceu no Éden, desobediência a Deus ao comer do fruto da árvore da ciência do bem e do mal. (Gn.2.17).
 
Jesus foi crucificado pelo preço de mulher; preço este estipulado pelo próprio Deus; (Lv.27.4): Trinta moedas de prata e assim com a morte de Cristo, a  mulher teve sua honra resgatada.
 
Mas a maldição da dor no parto e o domínio do marido (ainda que não aceito) perdurarão enquanto houver vida na terra.
 
Daí o apóstolo dizer: Não permito que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido (I Tm.2.12). – (Pois isto é como usar de autoridade sobre Deus).
 
Vivendo debaixo destas maldiçoes: dores no parto e domínio do marido, porém tendo Jesus como Salvador a mulher precisa viver sobre a fé, o amor, a santificação e a modéstia; e por quê?
 
Para ser preservada de uma gravidez intensamente sofrível, e um parto de risco e morte para a mulher.
 
A mulher que obedece a autoridade constituída e vive na prática da fé em Deus, do amor a Cristo e ao esposo, mulher que busca a santificação, vida modesta, não corre o risco de morrer de parto.
 
Ainda que tivesse destinada a morrer de parto será preservada pelo fato de dá a luz: filhos ou filho.
 
A bênção da maternidade é maior que a sentença proferida por Deus da dor "multiplicada grandemente" em uma gravidez sofrida.
 
Paulo (I Tm. 2.12) não permitia que mulher falasse na Igreja mais se a autoridade constituída permitir a mulher pode falar e ensinar desde que tenha permissão para fazê-lo.

A razão para Paulo afirmar a autoridade (comando) do homem está na criação: Adão foi o primeiro e o homem (I Co 11.3) e ser o cabeça da mulher enquanto Cristo é do homem.
 
Infelizmente esta passagem bíblica tem se transformado numa interminável “guerra dos sexos” entre os cristãos.
 
E assim como a serpente disse a mulher no Éden: é certo que não morrereis (Gn.3.4) a serpente continua dizendo ainda hoje que não é assim; insinua que cada um é livre para fazer o que quer.
 
E a mulher que faz o que quer afronta a Deus e corre risco de uma gravidez sofrível e um parto de risco.
 
O fato de dar a luz a filhos não salva a alma de nenhuma mulher.
 
Mesmo ser salva da morte durante o parto não é prometida salvação da alma se a mulher não permanecer na fé, no amor, na santificação e modéstia em Cristo.
 
Se a mulher deve permanecer nestas quatro condições para ter a certeza da sua vida física após o parto, não menos deve ser requerido dela para viver em Cristo e ter sua vida eterna nele.
 
Todas as boas promessas feitas à mulher, e todos os benefícios das mesmas devem ser apropriados pela mulher através da fé em Deus.
 
O “kit” da salvação ou livramento de uma gravidez problemática e um parto sofrível está em obedecer à palavra de Deus permanecendo na fé, no amor, na santificação e na modéstia.
 
E tudo isto em Cristo e na Sua palavra.
 
 
Guganic
Voltar ao Topo Ir em baixo
conectado
 
UM “KIT” PARA UM PARTO SEM RISCOS. I Tm.2.13-15
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Os Riscos do Mau Uso da Internet
» simpatia para rival perder o bebe
» Conheça as “Piranhas de Jesus”, o ministério evangélico para prostitutas
» Um convite especial para você...
» A mega operação para a visita de Obama à Índia.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM ESTUDOS BÍBLICOS-
Ir para: