SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seLogin
Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. ” Gálatas 2:20
ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
21 usuários online :: 2 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 19 Visitantes :: 2 Motores de busca

B.V., Henrique

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» Deus é quem criou o diabo ?(mas sobre predestinação)
Hoje à(s) 22:13 por Henrique

»  Fiquei sobremodo alegre pela vinda de irmãos e pelo seu testemunho da tua verdade... DEVOCIONAL
Hoje à(s) 09:43 por Henrique

» 30 LOUVORES QUE EDIFICAM PARA OUVIR EM 2017 - As Melhores Músicas Gospel
Ontem à(s) 20:28 por Paulo Cezar

» Musicas Gospel para ouvir , Orar e Meditar.
Ontem à(s) 20:27 por Paulo Cezar

» VERSICULO DO DIA
Ontem à(s) 16:27 por Paulo Cezar

» Minuto com Deus!!!
Ontem à(s) 09:52 por Paulo Cezar

» FILHOS NUMA TERRA DISTANTE Lc. 15.11-16
Qua 30 Nov 2016, 12:29 por guganic

» Pastora Sarah Sheeva “zera” as redes sociais com post sobre seus “10 anos sem ver aquilo maravilhoso
Qua 30 Nov 2016, 08:23 por Henrique

» Frase do dia.
Ter 29 Nov 2016, 20:32 por M.Rogério

» O mal uso da internet
Ter 29 Nov 2016, 20:27 por M.Rogério

» O Evangelho não é algo a ser pregado somente aos escolhidos, mas a TODOS os homens.
Ter 29 Nov 2016, 19:59 por M.Rogério

» Dom de línguas
Ter 29 Nov 2016, 10:37 por salomão

» ESCOLA BÍBLICA, PRIMEIRA PARTE, NOVEMBRO A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO.
Ter 29 Nov 2016, 07:53 por Henrique

» Escola Bíblica, Novembro. Segunda parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:51 por Henrique

» A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO. Comentários
Ter 29 Nov 2016, 07:40 por Henrique

»  Escola Bíblica, Novembro. Terceira parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:34 por Henrique

» A origem do dia de sábado
Sex 25 Nov 2016, 20:35 por salomão

» A VERDADEIRA LIBERDADE - Para proclamar libertação aos cativos. (Lucas 4.18) DEVOCIONAL
Sex 25 Nov 2016, 10:22 por Henrique

» O ÚNICO MANDAMENTO (Jo. 2.1-11) ... DE MARIA.
Qui 24 Nov 2016, 15:53 por guganic

» SIMEÃO E A PROFUNDA AFLIÇÃO DE MARIA Lc. 2.25-35
Qui 24 Nov 2016, 15:42 por guganic

» Evangelista Mauro Ferreira , Mensagens aos jovens
Qui 24 Nov 2016, 15:10 por elizeu crepaldi

» Que a Biblia diz sobre batismo pelos mortos.
Qua 23 Nov 2016, 21:20 por Henrique

» Papa estende a todos os padres poder de perdoar aborto
Qua 23 Nov 2016, 21:09 por Henrique

»  O ALFA E ÔMEGA: O PRINCÍPIO E O FIM. Ap.1.8.
Qua 23 Nov 2016, 11:28 por jairo nuness

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

 A BACIA DA OMISSÃO DE PILATOS. ( Mt. 27.11-26)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
guganic



Mensagens : 2017
inscrito em : 08/08/2011

MensagemAssunto: A BACIA DA OMISSÃO DE PILATOS. ( Mt. 27.11-26)   Sex 25 Jul 2014, 12:07

     A BACIA DA OMISSÃO DE PILATOS
                              Mt. 27.11-26
 Vs.24
Percebendo Pilatos que não conseguia demover o povo, mas, ao contrário, um princípio de tumulto já era visível, ordenou que lhe trouxessem água, lavou as mãos diante da multidão e exclamou: Estou inocente do sangue deste homem justo. Esta é uma questão vossa.
 
Pilatos de sua cadeira (trono) de juiz evoca uma tradição judaica de obediência à Lei de Moisés (leia Dt.21.1-9) numa tentativa de esquivar-se da responsabilidade de condenar um homem justo.
Pilatos sabia (vs.18.) que Jesus era um homem justo e inocente; e, percebeu que os sacerdotes tinham-no entregue por inveja.
Para reforçar sua decisão de não condenar Jesus, (vs.19) quando Pilatos estava no tribunal foi avisado pela sua mulher para não se envolver com o justo que o povo queria condenado.
Pilatos tinha homens armados para evitar a morte de Jesus, mas não os usou em seu favor, o que tornou: inescusável; (Sl.26.6) mesmo tendo lavado as mãos como sinal de inocência.
Há alguns pecados que nos preocupam mais que outros.
Quem nunca ouviu falar de pecados que o homem comete por obras por palavras e pensamentos?
E os pecados ocultos, os pecados secretos?Onde ficam nas nossas preocupações?
Mas há um pecado que não damos a mínima importância para ele e neste aspecto lavamos nossas mãos na bacia da omissão; queremos ser declarados inocentes.
Queremos ser declarados inocentes quando deixamos de fazer o que sabemos que devemos fazer. Omissão é pecado.
É comum ouvirmos reclamações e críticas sobre pessoas que não deviam estar onde estão; assumimos que outras pessoas melhores e mais preparadas é que devia assumir o lugar delas.
Por força do pecado da omissão não fazemos nada para mudar a situação e nos achamos inocentes e de mãos “limpas” por isto.
Na obra de Deus este fato muito se repete ao ponto de tornar-se corriqueiro e comum. Pessoas preparadas que não se apresentam para fazer a obra enquanto alguns despreparados estão a fazer.
Veja o lamento do profeta Ezequiel ele nos fará entender melhor este fato: Tocaram a trombeta e tudo preparam, (Ez. 7.14), mas não há quem vá à peleja. - Sabe o que isto significa?
 Que as pessoas preparadas e convocadas para lutar infelizmente não se apresentaram para tal.
Infelizmente esta realidade se repete nas igrejas da atualidade, se repete na obra de Deus e fica um vazio inexplicável para quem os convoca.
 Quando Golias (I Sm.17.10) desafiou as companhias de Israel dizendo: dai-me um homem para que lutemos, está escrito que Saul (I Sm.17.11) e todo Israel espantaram-se e temeram muito.
No exército de Israel (I Sm.17.2) o que mais havia eram homens preparados e convocados para a peleja; mas ninguém se apresentou para enfrentar Golias, a não ser Davi tempos depois.
Davi era a pessoa menos indicada, menos preparada para empreender tal combate. Mas assim mesmo Davi confiando em Deus se apresentou para enfrentar Golias.
Golias estava bem armado, Davi não; Golias era um guerreiro experiente, Davi não. Eliabe (I Sm.17.28.) seu irmão mais velho tentou desestruturá-lo emocionalmente.
Na cultura judaica na ausência do patriarca o filho mais velho é quem dava as ordens por isto Davi deveria ter obedecido Eliabe.
O próprio rei Saul o proibiu (I Sm.17.33) dizendo abertamente: contra este filisteu não irás à peleja pois ainda és moço e ele guerreiro experiente nas batalhas.
A guerra era do exército de Israel e do próprio Saul e Davi não era soldado e sequer havia sido convocado; mas como cidadão israelita sentiu-se ofendido por Golias e se apresentou a peleja.
Davi não foi porque queria aparecer e sim: por não ser omisso à situação. Ainda que não fosse a pessoa certa e preparada.
Muitas pessoas convocadas e arregimentadas nas fileiras da obra do Senhor se omitem em defender a causa santa diante de alguns gigantes que às vezes se levantam a desafiar a obra de Cristo.
A maioria dos evangélicos não quer comprometimento com a obra de Deus e assim matem-se na política da boa vizinhança com alguns Golias da atualidade.
Milhões de almas descem à sepultura sem Deus sem paz e sem salvação por conta da omissão de muitos, em pregar o Evangelho a toda criatura.
Outros se lavam na bacia da omissão de Pilatos por se acharem incapazes, e despreparados.
Davi nãos se impressionou com as palavras contraditórias sob sua incapacidade e despreparo; nada do que ouviu o abalou.
Sabia de sua condição e por isto confiou em si mesmo e confiou em Deus. - Meu caro se você não confiar em si mesmo e em Deus vais confiar em quem? Nos omissos?
Os omissos estão acostumados a ficarem em cima do muro; são os observadores da obra que só têm palavras de desestímulos.
Davi não perdeu seu tempo dando ouvidos a este tipo de gente e não perdeu seu tempo por acreditar em Deus; sua fé não foi vã, Davi não creu à toa.
No seu cântico de vitoria Davi cantou o seguinte: Porque contigo entrei pelo meio duma tropa, (Sl.18.29) com o meu Deus saltei uma muralha.
 
Os omissos só prestam para fazer festa com os rojões alheios.
Depois da construção pronta eles estão lá para inaugurar sem ter dado um prego se quer.
Nas festas que se omitiram ajudar são eles que estão mais alegres a banquetear-se e querendo testemunhar do que nunca fizeram.
Davi apesar de inexperiente e despreparado era sim a pessoa certa no momento certo no lugar certo simplesmente porque não era um Pilatos um geneticamente omisso.
Quando vejo pessoas que quando convocadas para a obra de Deus costumam dizer: eu não consigo, eu não posso, comigo não dá certo, já tentei antes e não consegui, sou muito fraco na fé...
 Eu os aconselho: veja a vida de Davi antes de enfrentar Golias e veja depois.
Mesmo desestimulado por Eliabe e Saul, Davi não ficou em baixa estima ou se autodesvalorizando por ser inexperiente; muito pelo contrario foi ao encontro de Golias em o nome do Senhor.
Por sito ele cantou com precisão: Uns confiam em carros e cavalos outros se encurvam e caem, mas nós em o nome do Senhor nos levantamos e estamos de pé. (Sl. 20.5.-8.).
 
Todos os omissos estão decaídos da fé lavando-se na bacia da omissão de Pilatos e querendo ser reconhecidos inocentes.


Guganic
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A BACIA DA OMISSÃO DE PILATOS. ( Mt. 27.11-26)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» A BACIA DA OMISSÃO DE PILATOS. ( Mt. 27.11-26)
» Piscina
» Série Lúcius - Sob as Mãos da MISERICÓRDIA / André Luiz Ruiz
» A Lua na bacia.
» Bahiana 2014.2

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM ESTUDOS BÍBLICOS-
Ir para: