SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO.


 
InícioPortalRegistrar-seLogin
Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. ” Gálatas 2:20
ESCOLA BÍBLICA
ORAÇÕES
Quem está conectado
26 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 26 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 183 em Ter 19 Nov 2013, 18:07
Últimos assuntos
» Eu não posso viver sem ti adorar!
Hoje à(s) 19:35 por M.Rogério

» AFINAL COMEMOREMOS O NATAL OU NÃO?
Hoje à(s) 19:26 por M.Rogério

» NEEMIAS, O HOMEM MAIS IMPORTANTE DO REINO - Ne. 2.1-8. -
Hoje à(s) 12:10 por jairo nuness

» Pedi, e dar-se-vos-á. (Mateus 7.7) DEVOCIONAL
Hoje à(s) 09:34 por Henrique

» Deus é quem criou o diabo ?(mas sobre predestinação)
Ontem à(s) 18:27 por B.V.

»  MOVIDOS PELA GRAÇA At.4.32-35
Ontem à(s) 15:21 por guganic

»  Fiquei sobremodo alegre pela vinda de irmãos e pelo seu testemunho da tua verdade... DEVOCIONAL
Sex 02 Dez 2016, 09:43 por Henrique

» 30 LOUVORES QUE EDIFICAM PARA OUVIR EM 2017 - As Melhores Músicas Gospel
Qui 01 Dez 2016, 20:28 por Paulo Cezar

» Musicas Gospel para ouvir , Orar e Meditar.
Qui 01 Dez 2016, 20:27 por Paulo Cezar

» VERSICULO DO DIA
Qui 01 Dez 2016, 16:27 por Paulo Cezar

» Minuto com Deus!!!
Qui 01 Dez 2016, 09:52 por Paulo Cezar

» FILHOS NUMA TERRA DISTANTE Lc. 15.11-16
Qua 30 Nov 2016, 12:29 por guganic

» Pastora Sarah Sheeva “zera” as redes sociais com post sobre seus “10 anos sem ver aquilo maravilhoso
Qua 30 Nov 2016, 08:23 por Henrique

» Frase do dia.
Ter 29 Nov 2016, 20:32 por M.Rogério

» O mal uso da internet
Ter 29 Nov 2016, 20:27 por M.Rogério

» O Evangelho não é algo a ser pregado somente aos escolhidos, mas a TODOS os homens.
Ter 29 Nov 2016, 19:59 por M.Rogério

» Dom de línguas
Ter 29 Nov 2016, 10:37 por salomão

» ESCOLA BÍBLICA, PRIMEIRA PARTE, NOVEMBRO A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO.
Ter 29 Nov 2016, 07:53 por Henrique

» Escola Bíblica, Novembro. Segunda parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:51 por Henrique

» A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO. Comentários
Ter 29 Nov 2016, 07:40 por Henrique

»  Escola Bíblica, Novembro. Terceira parte. A VIDA, A MORTE E O DEPOIS DA MORTE DO CRISTÃO
Ter 29 Nov 2016, 07:34 por Henrique

» A origem do dia de sábado
Sex 25 Nov 2016, 20:35 por salomão

» A VERDADEIRA LIBERDADE - Para proclamar libertação aos cativos. (Lucas 4.18) DEVOCIONAL
Sex 25 Nov 2016, 10:22 por Henrique

» O ÚNICO MANDAMENTO (Jo. 2.1-11) ... DE MARIA.
Qui 24 Nov 2016, 15:53 por guganic

Navegação
______ _______ ______ ______ _______ _______ ______ _______ ______ ________
Choose Your Language
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
BÍBLIA EM ÁUDIO

Fórum grátis

DICIONÁRIO BÍBLICO



FIQUE POR DENTRO


imprimir uma pagina


Compartilhe | 
 

  HOMOSSEXUALIDADE NA IGREJA. Mt.17.12

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
guganic



Mensagens : 2018
inscrito em : 08/08/2011

MensagemAssunto: HOMOSSEXUALIDADE NA IGREJA. Mt.17.12   Ter 17 Jun 2014, 23:50

    HOMOSSEXUALIDADE NA IGREJA


Mt .17.12
Porque há eunucos que assim nasceram do ventre da mãe; e há eunucos que foram castrados pelos homens; e há eunucos que se castraram a si mesmos, por causa do reino dos céus. Quem pode receber isto, receba-o.
 
É certo que a finalidade desta mensagem não é acusar ou nem tampouco defender a homossexualidade em si, ou a quem prática; mas trazer esclarecimentos, tendo em vista os dias em que estamos vivendo.

A Bíblia chama os dias da atualidade de tempos trabalhosos, difíceis (II Tm.3.1) onde alguns abandonarão a fé (II Tm.4.1) por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios.
 
O que é ser um eunuco? É ser um homem desprovido da bolsa escrotal, emasculado, castrado, ter os ovos (as bolas) extirpados. Nesta condição o homem não tem aptidão para o sexo. (Testosterona baixíssima quase nula).

Segundo as declarações de Jesus, alguns já nasceram sem o escroto, “anorquia”, ou, congenitamente não-funcionais. Outros foram castrados pelos homens para fins libidinosos ou por castigos; e outros castraram a si mesmos.

Esta declaração por parte de Jesus tem sido interpretada por alguns como uma declaração de homossexualidade assumida inclusive pelo próprio Jesus: “Castraram-se por causas do reino dos céus”.

Dizem os que assim pensam que Cristo era um eunuco e a prova é que ele nunca casou, e só andava acompanho de homens, uma das características de quem vive esta prática.

E que o lado de Cristo que manifesta sua homossexualidade é a carinhosa predileção por João Evangelista, "o discípulo que Jesus amava”.

“Teólogos dos tempos trabalhosos” chegam a sugerir que Jesus era homossexual, pois além de nunca ter condenado o homoerotismo, conviveu predominantemente com companheiros do seu próprio gênero.

Com isto manifestando particular predileção pelo adolescente João.
 
Além disso, (dizem eles!) nunca se casou; além de revelar muita sensibilidade com as crianças.

Outra ala dos “teólogos dos tempos trabalhosos” afirma que Jesus teve relações íntimas com algumas mulheres, inclusive Maria Madalena (Lc. 8.2) de quem Ele expulsou sete demônios.
 
O que está escrito na Bíblia (Gn.1.27) é que Deus criou o homem e a mulher, macho e fêmea.

Infelizmente a ala dos “teólogos dos tempos trabalhosos” para justificar a homossexualidade afirma que: “nascido eunuco do ventre da mãe”, é a terceira via e não uma anomalia congênita.
 
Um homem castrado se não perder totalmente o interesse pelo sexo, pelos menos terá uma drástica “anafrodisia”, que é uma redução considerável da sensibilidade sexual e libido também.
Logo, sendo heterossexual ou não, creio eu que nestas condições da libido baixíssima, “anafrodisia” ela, não o levará a ter desejo, nem o empurrará em busca de nenhuma relação íntima.
 
O indivíduo poderá até submeter-se a prática do sexo, mas não pelas vias normais e sim por lugar escuso.
 
Situação que não acontece com os animais castrados: gato, cachorro, cavalo, que se tornam dóceis sem nenhum desejo de acasalar-se. E creio que aconteça isto com pessoas também.

Anomalias genéticas existem; a degeneração a mutação começou desde quando a terra foi amaldiçoada; (Gn. 3.17,18).

As mutações estáticas não afetam o organismo como um todo.
Mas as mutações em si mesmas e por si mesmas são prejudiciais.
 
Há mulheres que a vagina é dupla, o hímen tem dois orifícios separados por uma faixa membranosa, daí haver graves problemas no fluxo da menstruação.
 
No caso do eunuco congênito, e até do que foi castrado, que teve os testículos e/ou o pênis removido, no sentido figurado o termo é usado com o significado de “estéril”, “impotente”, ou “fraco”.
 
E nunca usado com a terminologia: homossexual. 

A menos que o indivíduo seja um homossexual e tenha tomado a decisão de extirpar seu órgão genital: falo, (pênis) e/ ou testículos; o ser “eunuco” não comprova a homossexualidade do indivíduo.
 
Mas os “teólogos dos tempos trabalhosos” querem a todo custo que o termo indique que o eunuco é um homossexual. E assim poderão aventar que há um respaldo bíblico para tal situação.
 
A homossexualidade começa a ter certa influência na vida do indivíduo geralmente na tenra idade e quase sempre na fase da inocência do bebê. 

“Inocentemente” a criança é despertada para o prazer. Freud explica.

A criança pelo manuseio de adultos inescrupulosos ou membros da família inescrupulosos também pode levar o recém nascido a associar o prazer com toques sistemáticos nas zonas erógenas.

Crianças que os pais sistematicamente ou inocentemente abusam do uso de supositórios contribuem e muito para tal associação.
 
Pode-se virar homossexual em qualquer fase da vida. Pois o cérebro tem a capacidade de criar zonas erógenas em qualquer parte do corpo. Tudo depende do toque, e manuseio insistente.
 
Porém as fases mais promissoras estão na infância, adolescência, e, atravessando a puberdade, na fase adulta torna-se quase sempre irreversível.

Daí o grande conflito entre a causa o efeito a prática e a palavra de Deus.

Quando a pessoa homossexual aceita a Jesus, ou já é um evangélico, ele vive um conflito de foro íntimo, muito angustiante.
 
Pois de um lado os pais, do outro lado a palavra de Deus e do outro lado ele na sua condição, sem poder externá-la abertamente.
 
Quando o desenvolvimento sexual chega à fase genital, se chama “atividade” ao masculino e “passividade” ao feminino.
 
No caso da homossexualidade: quem é o ativo e quem é passivo?
Não importa! Os dois são homossexuais e por isto ferem juntos, à poderosa Palavra de Deus.
 
Daí a pergunta: Será que a palavra de Deus condena à perdição eterna a pessoa homossexual? A pessoa não! 

A homossexualidade prática sim.Você pode ser um homossexual, se sente assim e vive assim.

Mais desde que não se relacione, não tenha nenhum tipo de junção carnal, beijos, afagos, ou abraços, ou felação, ou “coito oral” com alguém do mesmo sexo.
 
Deus não te condenará por sua homossexualidade; Ele não te condenará pelo que você é e sim pelo que eu ou você fazemos, ou praticamos.
 
A pessoa pode ser uma mentirosa, mas desde que ela não minta não pode ser condenada. Só que: a pessoa é mentirosa justamente porque mente.
 
Nunca podemos nos esquecer que antes de qualquer coisa, ou antes, de tudo, o homossexual é um ser humano, tem uma alma, e Jesus morreu na cruz do Calvário por ele.
 
É mais fácil o viciado se livrar do vicio da cocaína ou do craque, LSD ou do êxtase do que da homossexualidade.
 
Qualquer droga por mais sofrível e destruidora que seja? A pessoa pode ser desintoxicada; mas, não há desintoxicação para a homossexualidade, pois a mesma não é só de ordem física e sim mental e espiritual; psíquica.
 
Nossa vida psicológica pode ser distraída ou atenta. 

Na “vida psicológica distraída”, nossos estados interiores e os acontecimentos exteriores se sucedem, sem que lhes apliquemos ativamente o nosso espírito.
 
Na “vida psicológica atenta” concentramos nela nossas faculdades de conhecimento, e os resultados são outros.
 
Uma coisa que não funciona é você projetar a sua própria ansiedade, mais buscar em Cristo a Sua paz, e contar com irmãos amigos em Cristo que seja da sua confiança para um apoio psicológico constante.
 
Não basta o homossexual buscar saída num matrimônio com alguém do sexo oposto, pois, certamente mais cedo ou mais tarde poderá viver uma anástole apática, (não ter excitação no novo tipo de relacionamento).
 
Lutar contra sua condição leva o homossexual a viver uma “anatimia” que é uma perturbação de ordem sentimental; pela qual os sentimentos se mostram ou exaltados, ou deprimidos ou pervertidos.

Deixar de praticar é uma coisa deixar de ser é outra; só mesmo por um ato de misericórdia da parte de Deus e com todo esforço de quem quer deixar de ser e sempre vigiando para não recair.

Por isto que a saída é Jesus, com o apoio psicológico dos irmãos, parentes, pais e amigos em Cristo. Pois não é nada fácil deixar de ser, para não ser.

Descriminar jamais! Ajudar ainda mais e mais! Em nome de Jesus.
 
Que Deus tenha agora, misericórdia dos homossexuais do Brasil!
 

Guganic


Última edição por guganic em Qua 14 Out 2015, 12:06, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
guganic



Mensagens : 2018
inscrito em : 08/08/2011

MensagemAssunto: Re: HOMOSSEXUALIDADE NA IGREJA. Mt.17.12   Qua 01 Out 2014, 10:22

Do Senhor é a salvação sobre o Seu povo. (Sl.3.8.)

Guganic
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
HOMOSSEXUALIDADE NA IGREJA. Mt.17.12
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Igreja Universal ganha ação contra a Google
» O QUE TODA IGREJA DEVERIA PREGAR?
» A igreja atual é uma igreja-disnelandia?
» O arrebatamento é só da igreja "evangélica"?
» Obama felicita novo chefe da igreja ortoxa russa.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA DE DEUS - A PORTA DE DEUS PARA A SALVAÇÃO. :: FÓRUM ESTUDOS BÍBLICOS-
Ir para: